Giro do Vale

Giro do Vale

domingo, 16 de junho de 2024

Inter vence The Strongest e confirma primeiro lugar do Grupo 4

Foto: Diego Vara  / Agencia RBS

Foto: Diego Vara / Agencia RBS

O Inter bateu o The Strongest por 1 a 0 na tarde desta quarta-feira diante de mais de 40 mil torcedores no Beira-Rio e garantiu o primeiro lugar do Grupo 4 da Libertadores da América. O gol foi marcado por Valdivia aos 30 minutos da primeira etapa.

Com a vitória, o Inter termina a primeira fase da Libertadores com 13 pontos e pode ser o terceiro melhor primeiro colocado. Para se manter nessa condição, o Colorado torce por um tropeço do Corinthians contra o São Paulo nesta noite, às 22h. A derrota eliminou o The Strongest – foi ultrapassado pelo Emelec, que venceu a Universidad de Chile por 2 a 0 no Equador.

Valdivia sai do banco e abre o placar para o Inter
Com posse de bola sempre beirando os 70%, o Inter teve total domínio do primeiro tempo no Beira-Rio. O The Strongest só chegou perto do gol de Alisson em escanteio cobrado por Pablo Escobar aos 15 minutos, mas a jogada nem se tornou perigosa porque Rodrigo Dourado afastou. No mais, apenas o time de Diego Aguirre jogou.

Nos primeiros minutos, o Inter teve dificuldade para transformar o domínio em chances para marcar. As primeiras finalizações, aos 16 com Eduardo Sasha e aos 17 com Nilmar, passaram longe do gol defendido por Daniel Vaca. Aos 18, Aguirre teve que mexer no time. Jorge Henrique sentiu lesão e foi substituído por Valdivia. A alteração mudou a partida.

Dos pés de Valdivia saíram as primeiras oportunidades claras de gol do Inter. Aos 21, ele cruzou da direita para Nilmar, que desviou e mandou raspando à trave esquerda. Oito minutos depois, Valdivia ficou com a bola após chute de Aránguiz e bateu cruzado obrigando Daniel Vaca a fazer uma grande defesa.

Quando o primeiro tempo se encaminhava para o fim, o gol do Inter. E foi de Valdivia. D’Alessandro lançou Eduardo Sasha, que foi ao fundo e cruzou com perfeição e ele apareceu no meio dos zagueiros para marcar, 1 a 0. D’Ale ainda teve a chance de ampliar aos 45 após erro defensivo do The Strongest, mas pegou mal na bola.

Inter diminui ritmo, mas garante vitória

As duas equipes voltaram sem mudanças para a segunda etapa. Com a vantagem, o Inter diminuiu o ritmo em relação ao primeiro tempo. O Colorado teve uma chance aos 3 minutos em cruzamento fechado de Valdivia, mas depois seguiu sem agressividade. O The Strongest, mesmo precisando virar para classificar, não saia de trás nos primeiros minutos.

A defesa do Inter, que bem postada não oferecia chances para o ataque do The Strongest, quase viu o gol boliviano após um erro de D’Alessandro. O argentino tentou driblar na entrada da área e foi desarmado por Chumacero, que finalizou com força para grande defesa de Alisson aos 12 minutos.

A oportunidade fez o The Strongest acordar. O técnico boliviano viu o bom momento e mandou Melgar para o lugar de Soliz e Cuesta na vaga de Castro na tentativa de tornar a equipe mais ofensiva. Apesar disso, faltava qualidade ao time visitante, que só levava perigo em erros do Inter, como aos 27, quando novamente D’Alessandro foi desarmado próximo à área, mas desta vez ele mesmo voltou e desarmou o adversário.

Na reta final da partida, Aguirre fez as duas últimas mudanças no time. Primeiro, Rafael Moura entrou no lugar de Nilmar. Depois, Alex foi chamado para o lugar de Sasha. O Inter não jogou bem nos minutos finais, viu o The Strongest ameaçar, mas sem qualidade para marcar. Terminou assim no Beira-Rio: Inter 1 x 0 The Strongest.

Libertadores 2015 – Primeira fase

Inter – 1
Alisson; Ernando, Paulão, Juan e Geferson; Rodrigo Dourado, Aránguiz, Jorge Henrique (Valdivia), D’Alessandro e Sasha (Alex); Nilmar (Rafael Moura). Técnico: Diego Aguirre.

The Strongest
– 0
Daniel Vaca; Torrico, Martelli, Centurión e Cabrera; Chumacero, Veizaga, Raúl Castro (Cuesta) e Soliz (Melgar); Pablo Escobar e Ramallo. Técnico: Juan Paz García.

Gols: Valdivia (40min/1ºT)
Cartões amarelos: Valdivia (INT); Martelli, Veizaga, Centurion (TS)

Local: Estádio do Beira-Rio, Porto Alegre.
Árbitro: Enrique Cáceres.

 

Correio do Povo

Compartilhe:

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados no momento.

Leia também