Giro do Vale

Giro do Vale

sexta-feira, 21 de junho de 2024

Cebolla pode ser surpresa do Grêmio no Gre-Nal

Foto: Lucas Uebel / Flickr Grêmio / Divulgação

Foto: Lucas Uebel / Flickr Grêmio / Divulgação

Em treino fechado de Felipão, nunca o time da parte aberta é o que realmente começa a partida seguinte. Normalmente, a escalação já conta com ao menos quatro ou cinco alterações. Basicamente, apenas metade da equipe é aquela que sairá jogando. Assim foi ontem. Quando a imprensa teve acesso, muitos já haviam deixado a atividade. Entre eles Cristian Rodríguez, indicando que o uruguaio pode ser a surpresa na escalação do Grêmio que começa o clássico. A comissão técnica tricolor acredita que o jogador tem condições para jogar 45 minutos.

Além do meia, Rhodolfo, Marcelo Oliveira, Fellipe Bastos e Yuri Mamute também não estavam mais no treinamento. De concreto, estava a formação dos reservas. Com três volantes e um meio-campo em forma de losango, com Araújo, Arthur, Galhardo e Lincoln (depois Gustavo Xuxa), o técnico armou o time exatamente como o Inter iniciou o Gre-Nal na Arena.

Em campo, os titulares tinham Marcelo Grohe, Matías Rodríguez, Gabriel Silva, Erazo e Júnior; Walace, Maicon, Giuliano, Douglas e Luan; Braian Rodríguez. Chamou a atenção a ausência de Cristian Rodríguez, mais que a de alguns titulares. Normalmente Felipão saca alguns atletas mais desgastados na parte final dos treinos. Os atletas medem cada palavra quando vão falar do trabalho com os portões fechados. “Só posso falar que a gente tem um elenco de muita qualidade. O Felipão vem aqui amanhã (hoje) e pode falar, senão vai puxar a minha orelha”, brincou Rhodolfo.

O capitão terá a incumbência de erguer o troféu caso o Grêmio conquiste o Gauchão. Aliás, até já imaginou o momento praticamente inédito na carreira. “Já cheguei até a sonhar em levantar a taça. Tive essa oportunidade em um torneio com o Atlético-PR. Tomara que se repita”, exaltou o defensor.

 

Correio do Povo

Compartilhe:

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados no momento.

Leia também