Giro do Vale

Giro do Vale

terça-feira, 25 de junho de 2024

Corpo de Bombeiros completa um ano de atividades em Taquari

Foto: Juliano Kern / Divulgação

Foto: Juliano Kern / Divulgação

O dia 13 de junho marcou o aniversário de um ano de atividades da unidade do Corpo de Bombeiros de Taquari. O batalhão tem sua sede no Pavilhão Arthur da Costa e Silva, localizado no Parque de Exposições Nardy de Farias Alvim. A conquista foi possível graças a inúmeras tratativas e reuniões encabeçadas pelo poder público. De casos pequenos a ocorrências de grandes sinistros, a equipe de nove militares já realizou atendimentos das mais diversas naturezas, em Taquari e também em parceria com corporações da região.

Segundo o tenente Jorge Oscar da Silva Soares, um dos profissionais que auxiliam a unidade, o trabalho de prevenção executado pelos Bombeiros em Taquari fez o número de ocorrências no município diminuir ao longo dos meses. “Nossa fiscalização abrange locais que possuem CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica), basicamente. Não chegamos às casas multifamiliares, pois a lei não obriga as pessoas a terem extintores. Nas empresas é o contrário. Por exemplo, quando ocorrem eventos no município, costumamos fazer uma base temporária, com vistoria em barracas, lojas etc.”, afirma.

Para Jorge, a atuação dos militares em Taquari é algo que deve ser avaliado pela comunidade. “Quem pode comprovar o benefício de ter um Corpo de Bombeiros na cidade é o próprio cidadão. Agora, ele sabe que não vamos demorar horas para chegar até as casas. Eu vejo que o município e a administração estão empenhados para isso. Recentemente, uma residência acabou incendiada em Taquari, e levamos cerca de dez minutos no deslocamento até o local. Está tudo registrado. Infelizmente, quando chegamos o fogo já havia consumido praticamente tudo, mas ninguém se feriu. Não podemos simplesmente chegar e apagar na mesma hora. É preciso avaliar as condições, a natureza do sinistro”, revela.

Quando completou dois meses de trabalho no município, o sargento Carlos Alberto da Silva Bastos, que está há mais de duas décadas na profissão, exaltou a receptividade da população. “Nossa equipe é composta por nove pessoas, que se revezam por turnos. Os militares gostaram bastante da cidade. Quando eles vieram para cá, pensaram em outro ambiente, mas se surpreenderam”, relatou.

A contribuição dos setores públicos de Saúde com os militares nos casos de acidente também foi ressaltada pelo sargento. “Na maioria das ocorrências, nossa equipe pôde contar com o apoio de ambulâncias, da Secretaria da Saúde e dos serviços fúnebres, pois eles têm materiais e pessoas preparadas para situações de teor grave. Os casos mais comuns são de acidentes com veículos nas rodovias, e também envolvendo motocicletas”, disse.

Na cerimônia de inauguração, ocorrida em 13 de junho do ano passado, o prefeito Emanuel Hassen de Jesus, o Maneco, lembrou que há muito tempo Taquari necessitava de um Corpo de Bombeiros. “Trabalhamos silenciosamente, desde o início da gestão, para que isso se tornasse realidade. Com a coordenação de Defesa Civil que criamos, em um ano e meio trouxemos o maior sonho da nossa comunidade”, destacou na oportunidade.

De acordo com Maneco, a instalação do efetivo foi um ganho para todos. “Para nós, Taquari é uma cidade grande e precisa se comportar como uma. Além de garantir mais segurança à comunidade, a unidade nos favorece de diversas formas. Na hora de se buscar novas empresas, por exemplo, uma das questões levantadas é a presença de uma unidade de Corpo de Bombeiros. Agora, temos mais esse ponto a favor na hora de buscar crescimento”, completou.

Ocorrências de diversas naturezas são atendidas pela corporação

O Corpo de Bombeiros recebeu um chamado especial na tarde da última segunda-feira, dia 15. Através do 193, a unidade taquariense resgatou um cachorro que passava por apuros nas imediações do Loteamento Zé Luiz. Segundo moradores próximos, o cão, que estava preso na corrente dentro de uma residência, pulou um cercado de madeira e acabou ficando imobilizado pela coleira. Comandados pelo sargento Bastos, os militares conseguiram salvar o animal em segurança, sem qualquer ferimento.

Em caso de emergências ou necessidades, a comunidade pode entrar em contato com a corporação pelos telefones (51) 3653.7210, (51) 9529.8982 ou 193. “Esses chamamentos são frequentes. É importante lembrar que não atendemos apenas casos considerados extremos. Muitas vezes nos ligam para resolver situações que envolvem animais em perigo, enxame de abelhas etc.”, esclarece o sargento.

Força-tarefa de fiscalização começa na próxima semana

O Corpo de Bombeiros, junto com representantes de órgãos regionais, fará uma intensa fiscalização em salões de festa e nos comércios de Taquari a partir da semana que vem. O objetivo, segundo o tenente Bastos, é verificar as condições estruturais e os alvarás de funcionamento de cada local.

 

AI

Compartilhe:

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados no momento.

Leia também