Giro do Vale

Giro do Vale

domingo, 23 de junho de 2024

Grêmio perde para o Criciúma e se complica na Copa do Brasil

Foto: Diego Vara  / Agencia RBS

Foto: Diego Vara / Agencia RBS

O Grêmio parou na retranca armada por Petkovic no Criciúma. Por 1 a 0, o time de Roger perdeu na Arena e depende de uma vitória na próxima terça-feira, dia 21, fora de casa, para avançar para as oitavas de final da Copa do Brasil.

O time de Roger entrou em campo, contra o Criciúma, praticamente sem as principais virtudes que o treinador imprimiu ao Grêmio. A intensidade, que virou a marca da equipe desde que o novo técnico assumiu o comando, cedeu espaço à falta de objetividade.

Na maior parte do tempo, foi o Criciúma quem manteve a bola em suas posses na Arena. Bem armado defensivamente, o time de Petkovic impediu que o Grêmio encontrasse espaços para infiltrações.

Retrato dessa postura defensiva adotada pelos visitantes foi uma jogada gremista aos 15 minutos. O time tocou a bola por cerca de um minuto até Maicon encontrar espaço para arriscar da entrada da área. Forte demais, o chute saiu por cima do gol.

Aos 22, Pedro Rocha recebeu de Luan e, com um toque, encobriu o goleiro e marcou o gol, que foi anulado pelo árbitro. O impedimento foi assinalado de maneira equivocada pelo auxiliar, pois o atacante estava alinhado com o defensor do Criciúma.

Apesar de ter marcado gol, o Grêmio ainda não conseguia jogar o futebol que colocara o time no topo da tabela do Brasileirão. Com meia hora de jogo, Geromel falhou e cedeu o contrataque ao Tigre. Na direita, Rodrigo alçou para a área e Lucca subiu junto com Pedro Rocha. Nas imagens, é possível perceber o gol contra, mas o árbitro colocou o nome de Lucca na súmula como dono do tento.

Depois de levar 1 a 0, os gremistas tentaram pressionar. Em dois minutos, três chances de empatar. Na primeira, Erazo não conseguiu o cabeceio. Na segunda, Pedro Rocha deixou a zaga do Criciúma para trás e arriscou na entrada da área. Luiz se esticou e evitou o gol. E, na terceira, Luan chutou de dentro da área, mas o goleiro fez a defesa sem dificuldade.

Criciúma fechado

A conversa no vestiário pareceu ter mexido com o ânimo gremista. Logo no início, Marcelo Hermes, em velocidade, teve duas chances pela esquerda. Uma delas, um chute cruzado, raspou a trave direita de Luiz.

A nova atitude teve reflexos da substituição de Roger, logo aos 12 minutos da etapa complementar. O técnico sacou Douglas e colocou Fernandinho. A entrada do atacante deu mais velocidade ao time.

O Grêmio teve boas chances, mas a postura defensiva do Criciúma dificultava a vida do tricolor. Fernandinho, de dentro da área, chutou fraco demais, aos 21. Pedro Rocha também tentou, mas exagerou na força.

No jogo de volta, em Criciúma, na próxima terça-feira (21), o Grêmio precisa de uma vitória por dois gols de diferença para avançar às oitavas de fina da Copa do Brasil. Qualquer empate dá a vaga ao Tigre. Um novo 1 a 0, só que a favor do Grêmio, leva a partida para os pênaltis.

Aos 44 minutos, afobado, Galhardo deu um chute “de rosca” ao receber, sozinho, dentro da área. O lateral tinha espaço para dominar e tentar uma finalização de melhor qualidade.

Ficha Técnica
Grêmio 0x1 Criciúma
Local: Arena do Grêmio
Público: 17.439

Grêmio: Marcelo Grohe; Rafael Galhardo, Pedro Geromel, Erazo e Marcelo Hermes; Walace, Maicon, Giuliano e Douglas (Fernandinho); Luan (Braian Rodríguez) e Pedro Rocha (Yuri Mamute). Técnico: Roger Machado
Criciúma: Luiz; Maicon Silva, Wanderson, Adalberto e Guilherme Santos; Wellington, Marcão e Rodrigo (Jefferson); Paulo Sérgio, Juba e Lucca. Técnico: Petkovic

Gol: Lucca, aos 33 minutos do primeiro tempo
Cartões amarelos: Guilherme Santos, Paulo Sérgio, Rodrigo e Wellington (CRI)

Compartilhe:

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados no momento.

Leia também