Giro do Vale

Giro do Vale

quinta-feira, 13 de junho de 2024

Grêmio vence o Santos na Vila Belmiro e chega a liderança provisória do Brasileirão

Foto: Luiz Fernando Menezes / Fotoarena/Lancepress!

Foto: Luiz Fernando Menezes / Fotoarena/Lancepress!

O Grêmio venceu o Santos, por 3 a 1, na tarde deste domingo, em jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. A vitória é a segunda na história dos confrontos entre os dois times na Vila Belmiro. Pedro Rocha, Galhardo e Mamute marcaram os gols gremistas. Ricardo Oliveira descontou para os donos da casa

Com a vitória, o Tricolor chega aos 23 pontos, mesmo do Sport, mas assume a primeira colocação temporariamente devido as sete vitórias do clube gaúcho contra seis dos pernambucanos. O Atlético-MG, que tem saldo melhor, se vencer o Inter ultrapassa o Grêmio.

Na próxima quarta-feira, às 19h30min, o Grêmio vai a Chapecó, enfrentar a Chapecoense na Arena Condá. Já o clube paulista, no mesmo dia e horário, vai ao Serra Dourada enfrentar o Goiás.

Gol cedo, segurança defensiva e expulsão de santista

O Grêmio iniciou aguardando o Santos em seu gramado, mas sem abdicar de procurar o ataque. Logo a quatro minutos, Guliano fez passe para Luan dentro da área, o atacante cruzou rasteiro, Pedro Rocha se antecipou ao marcador e empurrou para o fundo das redes. Grêmio 1 a 0 Santos.

Dois minutos depois, David Brás atrasou errado, Luan bateu prensado e a bola sobrou para Vanderlei. Após esse lance, o Santos passou a dominar a posse de bola, mas sem conseguir passar pelos 11 jogadores gremistas que marcavam a partir da linha de meio de campo. Aos 25 minutos, segundo a Rádio Guaíba, a posse era de 68% para os paulistas contra 32% para os gaúchos.

O Tricolor voltou a levar perigo 29 min, depois que Geuvânio foi expulso. Giuliano recebeu passe na direita de ataque, ajeitou e bateu forte, porém, a bola saiu próximo ao poste direito de Vanderlei. Na jogada seguinte, o meia chegou a driblar o goleiro, mas Caju conseguiu afastar a bola. No rebote, Douglas chutou alto.

Com um a mais em campo, o Grêmio começou a dividir com o Santos o domínio da posse de bola e aparecer com mais frequência no campo ofensivo. Entretanto, foi o clube paulista que criou a primeira oportunidade. Aos 43 min, após triangulações com passes rápidos, Ricardo Oliveira ajeitou para Lucas Otário. O volante bateu de primeira, mas o chute saiu fraco, fácil para a defesa de Grohe.

Três minutos depois, Ricardo Oliveira recebeu passe pela esquerda e chutou de primeira. Porém, a bola bateu na rede, após sair pela linha de fundo. Aos 49, Douglas cobrou falta da esquerda, Marcelo Oliveira se antecipou aos marcadores e cabeceou próximo ao poste direito de Vanderlei.

Grêmio amplia no início, sofre gol, mas termina com dois de vantagem

Com Mamute na vaga de Pedro Rocha, o Grêmio marcou o segundo gol logo a três minutos. Giuliano fez passe para Galhardo pela direita de ataque, o lateral invadiu a área e bateu forte, rasteiro no canto direito de Vanderlei. Tricolor 2 a 0 contra o Santos.

Com a vantagem ampliada, a equipe de Roger Machado seguiu insistindo para ampliar. Aos 13, Douglas cobrou falta da direita de ataque, mas a bola subiu e passou próximo ao poste superior de Vanderlei. Seis meses depois, Walace errou passe, Lucas Lima passou para Ricardo Oliveira, sem marcação, dentro da grande área. O Centroavante bateu de primeira no ângulo direito de Marcelo Grohe e diminuiu a diferença. Grêmio 2 a 1 Santos.

Logo após o gol, Marcelo Oliveira não marcou devido a grande defesa de Vanderlei. O volante recebeu passe dentro da grande área e bateu forte, o goleiro, no reflexo, impediu o aumento da vantagem. Aos 24, Nilson fez lançamento para Ricardo Oliveira, que chutou cruzado e a bola passou perto do poste esquerdo de Grohe.

Após o lance, o Grêmio voltou a dominar as ações ofensivas e pressionar o Santos. Aos 35 minutos, Mamute recebeu excelente assistência de Edinho e chutou por baixo das pernas de Vanderlei para ampliar. Grêmio 3 a 1. Mesmo vencendo, o Tricolor insistiu até o apino final, mas não conseguiu melhorar o saldo de gols. Aos 47, Luan tentou por cobertura , mas a bola passou a esquerda de Vanderlei.

Brasileirão 2015 – 11ª Rodada

Santos 1
Vanderlei; Victor Ferraz, Paulo Ricardo, David Braz e Caju; Thiago Maia (Neto Berola), Lucas Otávio (Rafael Longuine) e Lucas Lima; Geuvânio, Gabriel (Nilson) e Ricardo Oliveira. Técnico: Marcelo Fernandes.

Grêmio 3
Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Rhodolfo (Erazo) e Marcelo Oliveira; Edinho, Walace, Douglas (Moisés), Giuliano e Pedro Rocha (Yuri Mamute); Luan. Técnico: Roger Machado.

Gols: Pedro Rocha (4min/1ºT), Galhardo (3min/2ºT) e Mamute (35min/2ºT) ; Ricardo Oliveira (29min/2ºT)
Cartões amarelos: Geuvânio, Caju, David Braz e Gabriel (S)
Cartão vermelho: Geuvânio (S)

Local: Vila Belmiro.
Árbitro: Felipe da Silva (PR – Asp. Fifa).
Auxiliares: Rafael Trombeta e Luciano Roggenbaum (ambos do PR).

 

Correio do Povo

Compartilhe:

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados no momento.

Leia também