Giro do Vale

Giro do Vale

quarta-feira, 19 de junho de 2024

Em Lajeado, falso médico tenta aplicar golpe em familiares de pacientes

Um falso médico estaria ligando para familiares de pacientes internados no Hospital Bruno Born de Lajeado, solicitando um depósito de R$ 1,5 mil para a realização de exames médicos particulares. A casa de saúde emitiu, na tarde desta quarta-feira, dia 12, uma nota oficial de orientação à comunidade sobre a fraude.

Nota emitida pelo HBB:

Novamente o Hospital Bruno Born (HBB) de Lajeado e familiares de pacientes internados na UTI Adulto estão sendo vítimas de uma fraude, assim como ocorreu em setembro de 2014.

A fraude consiste em um trote telefônico onde um indivíduo se passava por um médico da Central de Regulação de Leitos de UTIs do Estado do Rio Grande do Sul. O mesmo solicita os dados dos pacientes internados na UTI Adulto, como é rotina da Central de Regulação de Leitos de UTIs do RS. São solicitados nome, idade e telefone destes pacientes.

Com estes dados em mãos, o suposto médico liga para familiares do paciente, se passando pelo médico que estava de plantão naquele momento na UTI Adulto do HBB. Ele mente para a família dizendo que precisava ser realizado um exame de urgência no paciente, mas que o aparelho do SUS estava estragado, e devido a isto seria necessário utilizar um aparelho particular.

Para se utilizar este aparelho particular seria necessário depositar R$ 1.500,00 em um número de conta informada pelo indivíduo. O falso médico alega que se o depósito não for feito, não poderia se fazer o exame e o paciente viria a falecer em 4 horas.

Por isso, o HBB orienta a comunidade de que estas atitudes não são rotinas da instituição e que em momento nenhum exames de origem SUS são cobrados. Pede-se para que se familiares receberem ligações do mesmo tipo, desconsiderem, pois é fraude!

 

Grupo Independente

Compartilhe:

Comentários

  • Anônimo
    14 agosto, 2015

    Mds…

Os comentários estão fechados no momento.

Leia também