Giro do Vale

Giro do Vale

domingo, 23 de junho de 2024

Escolas Estaduais de Bom Retiro do Sul que paralisaram ontem, reiniciaram as aulas hoje

No CEJA alunos voltaram às salas de aula após um dia de paralisação contra parcelamento de salários. (Foto: Juliano Beppler da Silva / Giro do Vale)

No CEJA alunos voltaram às salas de aula após um dia de paralisação contra parcelamento de salários. (Foto: Juliano Beppler da Silva / Giro do Vale)

Nesta terça-feira, dia 4, as aulas voltaram a normalidade nas escolas estaduais de Bom Retiro do Sul que haviam paralisado as atividades na segunda-feira, dia 3 – dia em que os alunos retornariam das férias. O Colégio Estadual Jacob Arnt (CEJA) e a Escola Estadual de Brasília retomaram as atividades normais, após o dia de protesto contra o parcelamento de salários dos servidores promovido pelo Governo do RS.

A paralisação ocorreu em várias escolas da rede estadual de ensino, já que muitos funcionários da área da educação do Estado foram afetados com o parcelamento de salários. Algumas escolas do Vale do Taquari seguem com turno reduzido durante esta semana, ainda em forma de manifesto contra a medida do Governo.

Mais manifestações

Segundo a diretora do CEJA Martinha Dullius, a escola está programando uma atividade de reflexão para o Dia do Estudante, comemorado no dia 11 de agosto. Ela ainda frisa que no dia 18 de agosto o corpo docente do educandário participará de uma assembleia unificada em Porto Alegre, que poderá definir uma greve geral no RS.

“Não é apenas os salários que estão sendo alvo desses protestos, é também a dignidade dos trabalhadores da educação e a qualidade do ensino”, frisou Martinha.

CPM auxilia com recursos para realização de obras de infraestrutura no CEJA. (Foto: Juliano Beppler da Silva / Giro do Vale)

CPM auxilia com recursos para realização de obras de infraestrutura no CEJA. (Foto: Juliano Beppler da Silva / Giro do Vale)

Repasses cada vez mais escassos

O estrangulamento dos repasses feitos pelos governos também dificultam o trabalho desenvolvido nas escolas. O CEJA consegue realizar algumas melhorias através do Círculo de Pais e Mestres (CPM), exemplo disso é a melhoria que está sendo realizada na frente da escola com a construção de uma nova cerca. Alguns podem passar em frente a escola e questionares que estamos reclamando de salário, mas estamos em obras, porém esse recurso não tem nada a ver com o Estado, e sim com o nosso CPM que consegue arrecadar esses fundos através de promoções na escola”, destacou.

 

LEIA TAMBÉM

Duas escolas estaduais de Bom Retiro do Sul paralisam nesta segunda-feira

No Vale do Taquari algumas escolas paralisam, BM e bancos trabalham normalmente

Servidores do RS terão pagamento de salários parcelado

 

Giro do Vale

Compartilhe:

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados no momento.

Leia também