Giro do Vale

Giro do Vale

terça-feira, 25 de junho de 2024

Sindicato dos metalúrgicos de Gravataí teme demissões após GM anunciar férias coletivas

Foto: José Ernesto / Divulgação

Foto: José Ernesto / Divulgação

A General Motors do Brasil informou que vai dar férias coletivas aos trabalhadores do Complexo Industrial de Gravataí, na Região Metropolitana. A justificativa é ajustar o volume de produção às demandas do mercado. Os trabalhos estarão parados entre os dias 8 e 28 de setembro. Com isso, deixarão de ser produzidos veículos dos modelos Ônix e Prisma durante o período. O diretor Jurídico do Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí, Edson Dorneles, teme que, após o período de férias, ocorram demissões em massa.

“Se estão dando férias agora, estão estourando todos os mecanismos coletivos, e o sindicato está muito preocupado. Estamos conversando com os trabalhadores no chão da fábrica e nos deixa temerosos, principalmente pelo que tem acontecido em outras plantas. Estamos preocupados com o que pode acontecer após este período de férias dos servidores”, ressaltou Dornelles.

Cerca de 9 mil funcionários atuam no complexo Industrial da GM em Gravataí. Conforme o Sindicato dos Metalúrgicos, cerca de 800 funcionários foram demitidos nos últimos 12 meses. Cerca de 30 mil veículos estão parados em estoque no estacionamento da GM, em Gravataí, e nos autódromos de Tarumã, em Viamão, e no Velopark, em Nova Santa Rita, na Região Metropolitana.

 

Correio do Povo

Compartilhe:

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados no momento.

Leia também