Giro do Vale

Giro do Vale

sábado, 20 de julho de 2024

Grêmio perde a quinta partida seguida pelo Brasileirão

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Nem quando foi rebaixado, em 2021, houve cinco derrotas consecutivas. É preciso voltar mais no tempo para encontrar um cenário como o de agora. Data de 2004, coincidentemente outro ano em que o destino foi a Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, o Grêmio perdeu para o Fortaleza por 1 a 0 e ficou pela segunda rodada seguida na zona do rebaixamento. E sábado tem Gre-Nal.

Nem mesmo uma chuva estava sendo capaz de mudar a temperatura do primeiro tempo no Castelão. Ainda que tenha finalizado duas vezes a gol, primeiro com Rodrigo Ely e depois com Du Queiroz, ambas sem perigo, contra apenas uma menos perigosa do adversário, esse pequeno dado a favor dos gaúchos ficou escondido na morosidade das duas equipes. Até que um lance aos 36 minutos alterou o clima e o placar.

Tinga deu uma bicicleta sem direção ao gol, mas a bola resvalou na mão de Rodrigo Ely. O zagueiro reclamou ter sido deslocado por Tite. Entre a marcação do pênalti após revisão no VAR, uma confusão na meia-lua entre os jogadores posicionados para o rebote e a cobrança foram cinco minutos. Até que Luchero bateu deslocando Marchesín: 1 a 0.

Logo em seguida, a situação ficou ainda pior. Com o gramado embarrado, Pepê não conseguiu frear a tempo um carrinho, acertou Martínez e foi expulso. A coisa não ficou ainda pior porque Marchesín salvou um chute de Pochetino cara a cara.

Com um a menos, Renato voltou com Nathan Fernandes no lugar de João Pedro Galvão formando o ataque que era esperado para o começo do jogo. Sem forças para chegar à frente, o Grêmio não conseguiu construir nenhuma conclusão sequer sem perigo para o gol de João Ricardo.

Do outro lado, o Fortaleza, cauteloso porque também não atravessa bom momento, saía só com segurança. Em mais de uma vez conseguiu arrematar. Martínez acertou uma cabeçada na trave e depois Breno Lopez parou nas mãos de Marchesín, destaque tricolor. Carballo, Edenilson, Nathan e Cristaldo foram para campo mais para dar um fôlego do que para qualquer outra coisa, pois a equipe, mesmo mudando nomes, não alterou o desempenho na sexta derrota em oito rodadas até aqui, a quinta seguida e a segunda na semana Gre-Nal. Nos acréscimos, Ely chutou uma bola na trave.

Para o clássico em Curitiba retornam Geromel, Kannemann e Cristaldo. O time começa agora por Marchesín, a partir de agora o titular da posição.

Brasileirão 2024 – 10ª Rodada

Fortaleza 1

João Ricardo, Tinga, Titi, Cardona e Felipe Jonathan; Pedro Augusto (Lucas Sasha), Hércules (José Welison), Emanuel Martínez (Yago Pikachu) e Pochettino (Calebe); Breno Lopes (Machuca) e Lucero. Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Grêmio 0

Marchesín, João Pedro (Cristaldo), Rodrigo Ely, Gustavo Martins e Reinaldo; Dodi (Nathan), Du Queiroz (Carballo) e Pepê; Pavón (Edenilson), JP Galvão (Nathan Fernandes) e Gustavo Nunes. Técnico: Renato Portaluppi.

Gol: Lucero (35/1ºT).

Expulsão: Pepê.

Árbitro: João Vitor Gobi (SP).

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Público: 16.935 torcedores.

 

Correio do Povo
Compartilhe:

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados no momento.

Leia também