Giro do Vale / Esporte / Inter

Com reservas, Inter vence o Santos e avança à semifinal da Copa do Brasil

Aylon e Sasha marcaram os gols colorados na vitória de 2 a 0 no Beira-Rio.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter está na semifinal da Copa do Brasil. Mesmo com a decisão de Celso Roth de preservas os titulares, o Colorado bateu o Santos por 2 a 0 na noite desta quarta-feira no Beira-Rio e garantiu a classificação. Aylon, logo no começo da partida, e Sasha, aos 42 do segundo tempo, marcaram os gols da vitória colorada.

Com a classificação, o Inter chega à semifinal da Copa do Brasil pela quarta vez em sua história. Nas três ocasiões anteriores, em duas avançou à final – 1992 quando conquistou o título e 2009 quando perdeu a decisão para o Corinthians. O rival por uma vaga na decisão será o Atlético-MG, que superou o Juventude nos pênaltis, na noite desta quarta.

O jogo de ida da semifinal acontece já na próxima quarta-feira em local que será definido pela CBF em sorteio amanhã. Antes, o Colorado entra em campo pelo Brasileirão. No próximo domingo, vai à Arena enfrentar o Grêmio no Gre-Nal decisivo na briga contra o rebaixamento.

Pressão inicial do Inter tem resultado

Apesar de jogar com um time praticamente todo reserva – apenas três titulares iniciaram a partida, Danilo Fernandes, Alex e Ernado –, o Inter começou o jogo pressionando o Santos em seu campo. Nos primeiros 10 minutos foi um massacre do time de Celso Roth. E não demorou para o Colorado desfazer a vantagem obtida pelo Peixe na Vila Belmiro.

A primeira oportunidade colorada veio aos 7 minutos, quando Alex bateu falta, a bola desviou na barreira e sobrou limpa para Sasha. O atacante colorado, porém, não teve precisão no chute e mandou muito alto. Mas o gol veio logo depois. Aos 9, Alex bateu escanteio da esquerda e Aylon, sem nem precisar sair do chão, cabeceou no canto esquerdo sem chances para o goleiro Vanderlei. O 1 a 0 já dava ao Inter a classificação por ter feito um gol na Vila Belmiro .

Santos vai para cima e Danilo Fernandes vira herói

O gol fez a partida mudar de característica. O Inter deixou de pressionar e passou a jogar em seu campo. O Santos, por sua vez, foi para cima. Aí que apareceu o Danilo Fernandes. O goleiro colorado fez três grandes defesas no primeiro tempo para manter a vantagem colorada.

A primeira aparição de Danilo Fernandes veio logo após o gol de Aylon. Aos 13, Lucas Lima arriscou um chute em curva que ia no ângulo quando o goleiro colorado apareceu para defender. O camisa 10 santista e o 1 colorado voltaram a duelar aos 28. Dessa vez, o chute foi rasteiro, mas novamente Danilo Fernandes pulou para defender.

Com menos posse de bola – o primeiro tempo terminou com 71,3% a 28,7% para o Santos –, o Inter teve chance para ampliar com Sasha aos 33. Após lateral batida por Geferson para a área, a zaga do Peixe falhou e a bola sobrou para o camisa 9 colorado, que bateu de primeira, mas a bola saiu desviada e se perdeu pela linha de fundo.

Antes do apito final do primeiro tempo, Danilo Fernandes apareceu novamente como salvador. Aos 43, Lucas Lima cruzou da direita, Ricardo Oliveira subiu sozinho e cabeceou no ângulo para nova grande defesa do goleiro colorado.

Inter acerta marcação e controla vantagem

As duas equipes voltaram sem mudanças para a etapa final. O segundo tempo iniciou no ritmo do final do primeiro com o Santos pressionando bastante. Logo a 2 minutos, o gol dos visitantes quase veio. Em escanteio batido por Lucas Lima, a bola chegava a Paulinho quando Eduardo Henrique apareceu para cabecear para a linha de fundo e salvar o Inter.

Aos poucos, o Inter foi conseguindo acertar a marcação e afastar o perigo do gol de Danilo Fernandes. Fabinho, em dois chutes de fora da área, finalizou com força, mas em ambas a bola foi por cima do gol.

Logo depois, Roth teve de mexer no time por lesão. Aos 16, Eduardo torceu a perna em um lance com Alan Costa e teve de sair para a entrada de Ceará. Logo depois, o treinador fez uma mexida técnica: Valdívia por Andrigo. A tentativa era aproveitar os espaços que o Santos começava a deixar na busca pelo empate. Aos 28, o Inter quase fez o segundo gol. Após escanteio batido por Alex, Aylon desviou no primeiro pau e Ernando acertou um belo chute que explodiu no travessão de Vanderlei.

Sasha garante confirma classificação colorada

Logo depois, Dorival Jr. fez uma mudança ousada no Santos. Entrou o meia Rafael Longuine no lugar do zagueiro David Braz. Com isso, Thiago Maia passou a jogar na zaga. Vendo o espaço deixado pela mexida de Dorival, Celso Roth apostou em Vitinho. O camisa 11 entrou no lugar de Aylon um minuto após a troca no Santos.

E a estratégia de Roth de apostar no contra-ataque deu resultado. Aos 42 minutos, Eduardo Henrique tocou para Sasha, que, já dentro da área, deu um toque por cima de Vanderlei e mandou para o fundo do gol, 2 a 0 e Inter garantido na semifinal da Copa do Brasil.

Copa do Brasil 2016 – quartas de final

Inter 2

Danilo Fernandes; Eduardo (Ceará), Ernando, Alan Costa e Geferson; Fabinho, Eduardo Henrique, Sasha, Alex, Andrigo (Valdívia); Aylon (Vitinho). Técnico: Celso Roth

Santos 0

Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz (Rafael Longuine), Zeca; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima, Paulinho (Joel) e Copete; Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior

Gols: Aylon (9min/1ºT), Eduardo Sasha (42min2°)

Cartão amarelo: Andrigo

Árbitro: Wagner Magalhães (RJ), auxiliado por Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)

Local: estádio Beira-Rio

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Dia ainda começa com sol em alguns pontos e máximas chegam a 35°C

Cristiano Ronaldo, de falta, marcou o gol que deu ao time espanhol o sexto título

Programação ocorrerá no Bairro San Diego a partir das 17h.

Vinte e dois anos depois, o clube gaúcho tem nova chance de reconquistar o planeta.