Giro do Vale / Esporte / Inter

Com reservas, Inter vence o Santos e avança à semifinal da Copa do Brasil

Aylon e Sasha marcaram os gols colorados na vitória de 2 a 0 no Beira-Rio.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter está na semifinal da Copa do Brasil. Mesmo com a decisão de Celso Roth de preservas os titulares, o Colorado bateu o Santos por 2 a 0 na noite desta quarta-feira no Beira-Rio e garantiu a classificação. Aylon, logo no começo da partida, e Sasha, aos 42 do segundo tempo, marcaram os gols da vitória colorada.

Com a classificação, o Inter chega à semifinal da Copa do Brasil pela quarta vez em sua história. Nas três ocasiões anteriores, em duas avançou à final – 1992 quando conquistou o título e 2009 quando perdeu a decisão para o Corinthians. O rival por uma vaga na decisão será o Atlético-MG, que superou o Juventude nos pênaltis, na noite desta quarta.

O jogo de ida da semifinal acontece já na próxima quarta-feira em local que será definido pela CBF em sorteio amanhã. Antes, o Colorado entra em campo pelo Brasileirão. No próximo domingo, vai à Arena enfrentar o Grêmio no Gre-Nal decisivo na briga contra o rebaixamento.

Pressão inicial do Inter tem resultado

Apesar de jogar com um time praticamente todo reserva – apenas três titulares iniciaram a partida, Danilo Fernandes, Alex e Ernado –, o Inter começou o jogo pressionando o Santos em seu campo. Nos primeiros 10 minutos foi um massacre do time de Celso Roth. E não demorou para o Colorado desfazer a vantagem obtida pelo Peixe na Vila Belmiro.

A primeira oportunidade colorada veio aos 7 minutos, quando Alex bateu falta, a bola desviou na barreira e sobrou limpa para Sasha. O atacante colorado, porém, não teve precisão no chute e mandou muito alto. Mas o gol veio logo depois. Aos 9, Alex bateu escanteio da esquerda e Aylon, sem nem precisar sair do chão, cabeceou no canto esquerdo sem chances para o goleiro Vanderlei. O 1 a 0 já dava ao Inter a classificação por ter feito um gol na Vila Belmiro .

Santos vai para cima e Danilo Fernandes vira herói

O gol fez a partida mudar de característica. O Inter deixou de pressionar e passou a jogar em seu campo. O Santos, por sua vez, foi para cima. Aí que apareceu o Danilo Fernandes. O goleiro colorado fez três grandes defesas no primeiro tempo para manter a vantagem colorada.

A primeira aparição de Danilo Fernandes veio logo após o gol de Aylon. Aos 13, Lucas Lima arriscou um chute em curva que ia no ângulo quando o goleiro colorado apareceu para defender. O camisa 10 santista e o 1 colorado voltaram a duelar aos 28. Dessa vez, o chute foi rasteiro, mas novamente Danilo Fernandes pulou para defender.

Com menos posse de bola – o primeiro tempo terminou com 71,3% a 28,7% para o Santos –, o Inter teve chance para ampliar com Sasha aos 33. Após lateral batida por Geferson para a área, a zaga do Peixe falhou e a bola sobrou para o camisa 9 colorado, que bateu de primeira, mas a bola saiu desviada e se perdeu pela linha de fundo.

Antes do apito final do primeiro tempo, Danilo Fernandes apareceu novamente como salvador. Aos 43, Lucas Lima cruzou da direita, Ricardo Oliveira subiu sozinho e cabeceou no ângulo para nova grande defesa do goleiro colorado.

Inter acerta marcação e controla vantagem

As duas equipes voltaram sem mudanças para a etapa final. O segundo tempo iniciou no ritmo do final do primeiro com o Santos pressionando bastante. Logo a 2 minutos, o gol dos visitantes quase veio. Em escanteio batido por Lucas Lima, a bola chegava a Paulinho quando Eduardo Henrique apareceu para cabecear para a linha de fundo e salvar o Inter.

Aos poucos, o Inter foi conseguindo acertar a marcação e afastar o perigo do gol de Danilo Fernandes. Fabinho, em dois chutes de fora da área, finalizou com força, mas em ambas a bola foi por cima do gol.

Logo depois, Roth teve de mexer no time por lesão. Aos 16, Eduardo torceu a perna em um lance com Alan Costa e teve de sair para a entrada de Ceará. Logo depois, o treinador fez uma mexida técnica: Valdívia por Andrigo. A tentativa era aproveitar os espaços que o Santos começava a deixar na busca pelo empate. Aos 28, o Inter quase fez o segundo gol. Após escanteio batido por Alex, Aylon desviou no primeiro pau e Ernando acertou um belo chute que explodiu no travessão de Vanderlei.

Sasha garante confirma classificação colorada

Logo depois, Dorival Jr. fez uma mudança ousada no Santos. Entrou o meia Rafael Longuine no lugar do zagueiro David Braz. Com isso, Thiago Maia passou a jogar na zaga. Vendo o espaço deixado pela mexida de Dorival, Celso Roth apostou em Vitinho. O camisa 11 entrou no lugar de Aylon um minuto após a troca no Santos.

E a estratégia de Roth de apostar no contra-ataque deu resultado. Aos 42 minutos, Eduardo Henrique tocou para Sasha, que, já dentro da área, deu um toque por cima de Vanderlei e mandou para o fundo do gol, 2 a 0 e Inter garantido na semifinal da Copa do Brasil.

Copa do Brasil 2016 – quartas de final

Inter 2

Danilo Fernandes; Eduardo (Ceará), Ernando, Alan Costa e Geferson; Fabinho, Eduardo Henrique, Sasha, Alex, Andrigo (Valdívia); Aylon (Vitinho). Técnico: Celso Roth

Santos 0

Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz (Rafael Longuine), Zeca; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima, Paulinho (Joel) e Copete; Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior

Gols: Aylon (9min/1ºT), Eduardo Sasha (42min2°)

Cartão amarelo: Andrigo

Árbitro: Wagner Magalhães (RJ), auxiliado por Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)

Local: estádio Beira-Rio

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Material estava em tonéis, e foi levado em ação que durou cerca de 5 minutos.

O suspeito, que já foi três vezes preso por furto em pouco mais de um mês, estava no interior do carro.

Veículo estava abandonado em uma rua do Bairro Pinheiros.

Decisões no mês de agosto fazem comissão técnica pensar em preservar jogadores importantes.