Giro do Vale / Destaque / País / Política

Eduardo Cunha será julgado pelo juiz Sérgio Moro por contas na Suíça

O deputado Eduardo Cunha ainda não comentou a decisão do STF.

Foto: Wilson Dias / Agência Brasil / Divulgação

Foto: Wilson Dias / Agência Brasil / Divulgação

O Supremo Tribunal Federal autorizou a abertura de ação penal contra o deputado federal cassado Eduardo Cunha sobre as contas na Suíça. A publicação no Diário de Justiça permite que a ação penal seja remetida definitivamente ao juiz federal Sérgio Moro, a quem caberá analisar o caso.

A mulher de Cunha, Claudia Cruz, já é alvo de ação penal em relação ao tema. Agora, o casal passa a responder pelo caso em Curitiba. Será a primeira ação contra Cunha que chegará às mãos de Moro, o juiz responsável pela operação Lava Jato, que apura a corrupção na Petrobras.

O deputado Eduardo Cunha ainda não comentou a decisão do STF, mas negou publicamente as acusações.

 

Rádio Gaúcha

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Evento que ocorreria domingo, foi transferido para esta quarta-feira, dia 20.

Foto: Alfredo Estrella / AFP / Divulgação

Pelo menos 45 edifícios ficaram totalmente destruídos na capital do país

Foto: Apu Gomes / Divulgação

Tricolor busca vaga nas semifinais da Libertadores a partir das 21h45min

Foto: Divulgação

Uma das vítimas precisou ser transferida para o HPS de Canoas