Giro do Vale / Destaque / País / Política

Eduardo Cunha será julgado pelo juiz Sérgio Moro por contas na Suíça

O deputado Eduardo Cunha ainda não comentou a decisão do STF.

Foto: Wilson Dias / Agência Brasil / Divulgação

Foto: Wilson Dias / Agência Brasil / Divulgação

O Supremo Tribunal Federal autorizou a abertura de ação penal contra o deputado federal cassado Eduardo Cunha sobre as contas na Suíça. A publicação no Diário de Justiça permite que a ação penal seja remetida definitivamente ao juiz federal Sérgio Moro, a quem caberá analisar o caso.

A mulher de Cunha, Claudia Cruz, já é alvo de ação penal em relação ao tema. Agora, o casal passa a responder pelo caso em Curitiba. Será a primeira ação contra Cunha que chegará às mãos de Moro, o juiz responsável pela operação Lava Jato, que apura a corrupção na Petrobras.

O deputado Eduardo Cunha ainda não comentou a decisão do STF, mas negou publicamente as acusações.

 

Rádio Gaúcha

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Passo do Sobrado, também no Vale do Rio Pardo, foi outra cidade com registro de destelhamento de casas.

Outra pessoa morreu de overdose, antes do desabamento da estrutura.

Time colorado joga pelo empate fora de casa nesta primeira fase.

Uma terceira vítima foi encaminhada ao hospital e não corre risco de morte.