Giro do Vale / Esporte / Inter

Na raça, Inter bate o Flamengo e sai do Z4

Sasha e Vitinho marcaram os gols que deixam o colorado com 36 pontos.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Em mais um jogo emocionante no estádio Beira-Rio, o Inter venceu o Flamengo, por 2 a 1, de virada, e saiu do Z4 do Brasileirão. Após sofrer gol de Réver, Sasha empatou e Vitinho, que tinha criado as melhores chances da partida, marcou o gol da vitória do Colorado já nos minutos finais do confronto.

Com o resultado, os comandados de Celso Roth assumem temporariamente a 14ª colocação, com 36 pontos. Porém, ainda pode ser ultrapassado na 31ª rodada pelo Sport, que tem 34, e recebe o Vitória, que tem 35. O São Paulo, que tem 36, enfrenta o Fluminense, na segunda-feira, no estádio de Edson Passos, às 20h.

No próximo domingo, às 17h, o Inter vai a Arena enfrentar o Grêmio no clássico do segundo turno do Brasileiro. No mesmo dia e horário, o Flamengo recebe o Corinthians, no Maracanã.

Inter inicia pressionando, mas Flamengo tem maior posse de bola

O Inter iniciou a partida pressionando o Flamengo, mas rapidamente os cariocas reagiram e criaram a primeira oportunidade de gol. Aos oito, desatento, Rodrigo Dourado perdeu a bola no meio de campo ofensivo e Diego foi lançado na esquerda de ataque. O meia cortou para o meio e chutou forte, de fora da área. Danilo espalmou para o lado para afastar o perigo.

Três minutos depois a melhor chance do Inter no primeiro tempo. Ceará cobrou o lateral pela direita ofensiva, Dourado desviou de cabeça e Pará, pressionado por Vitinho, atrasou na direção da meta do Flamengo, obrigando Muralha a espalmar. Até os 20 minutos, as duas equipes alternaram momentos de domínio, mas sem criar chances claras de gol. A partir deste momento da partida, o rubro-negro passou a dominar a posse de bola.

Aos 21, Gabriel levantou da esquerda, Guerrero pulou mais alto que os marcadores e cabeceou, a bola quicou dentro da área e passou próxima ao poste esquerdo de Danilo Fernandes. O Inter aproveitava a presença constante do adversário no campo ofensivo para tentar contra-atacar em velocidade, principalmente, com Vitinho, mas sem criar chances claras.

Os visitantes chegaram a ter 60% de posse de bola contra 40% do Inter aos 30 minutos. Mesmo assim, o Flamengo tinha dificuldades para criar chances claras devido a forte marcação do colorado. Aos 40, Alex passou para Anselmo, na intermediária ofensiva. O volante ajeitou e bateu sobre a meta do Flamengo.

Inter busca a virada na raça

O Inter voltou modificado para a segunda etapa, com Sasha na vaga de Ferrareis. Logo a dois minutos, Vitinho cercado por três adversários, próximo à linha lateral pela direita, e bateu forte. A bola quicou dentro da área e Muralha ficou com a bola. Dois depois, Seijas aproveitou rebote da defesa do Flamengo e chutou da intermediária próximo ao poste superior de Muralha.

O rubro-negro abriu o placar aos 11 minutos. Diego cobrou falta da esquerda de ataque, Réver se antecipou aos marcadores e, de testa, empurrou para o fundo das redes. Flamengo 1 a 0. Dois minutos depois, o Colorado perdeu boa oportunidade para empatar.

Dourado levantou a bola no interior da grande área, Sasha desviou de cabeça para Vitinho, que errou a bicicleta. Seijas ficou com a sobra e, no momento do chute, se chocou com o marcador. A torcida pediu pênalti, mas o árbitro Wilton Sampaio entendeu como jogada normal e mandou seguir.

Aos 18, Vitinho passou por um marcador, ganhou no “pé de ferro” no segundo e bateu da entrada da grande área, obrigando Muralha a espalmar para afastar o perigo. Dois minutos depois, Paulão disputou de cabeça próximo a lateral direita, a bola foi na direção da área, Dourado ajeitou de cabeça para Sasha. O meia e atacante deixou ela quicar dentro da área e bateu forte e cruzado para empatar. Inter 1 a 1 Flamengo.

Cinco minutos depois, Sasha deixou para Vitinho dentro da área e, no momento do chute, na frente de Muralha, Rafael Vaz deu com o bico na bola e evitou a finalização. Aos 27, Vitinho cobrou falta da esquerda de ataque, próximo à quina da área e obrigou o goleiro do Flamengo saltar para espalmar pela linha de fundo. O duelo Vitinho x Muralha seguiu pouco depois: a bola sobrou para Vitinho próximo a linha de fundo. O atacante bateu forte e obrigou o goleiro a fazer mais uma boa defesa.

A pressão do Colorado se transformou em virada aos 35. Após chute de Valdívia de fora da área, Muralha espalmou e Vitinho se livrou da marcação e chutou com força para o fundo das redes, fazendo o Beira-Rio explodir na comemoração.

As emoções, entretanto, não pararam aí. No minuto seguinte à virada do Inter, Guerrero arriscou de fora da área e obrigou Danilo a fazer um grande defesa. Dois minutos depois, Vaz arriscou de fora da área e a bola passou próximo ao poste direito de Danilo Fernandes. O Inter também teve suas chances, em contragolpes com Vitinho e Valdívia. O terceiro gol não veio, mas desta vez não fez falta.

Campeonato Brasileiro 31ª rodada

Inter 2

Danilo; Ceará, Paulão, Ernando e Geferson; Dourado, Anselmo (Fabinho), Ferrareis (Sasha), Alex e Seijas (Valdívia); Vitinho. Técnico: Celso Roth.

Flamengo 1

Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo (Emerson Sheik), Willian Arão, Éverton (Fernandinho), Diego e Gabriel (Alan Patrick); Leandro Damião. Técnico: Zé Ricardo.

Gols: Réver (11min/2ºT) e Sasha (20min/2ºT) e Vitinho (35min/2ºT)

Cartões amarelos: Alex e Paulão (I) e Paolo Guerreiro (F);

Público: 35.510 torcedores

Renda: R$ 640.755,00

Arbitragem: Wilton Sampaio (GO)

Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO).

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Time colorado joga pelo empate fora de casa nesta primeira fase.

Uma terceira vítima foi encaminhada ao hospital e não corre risco de morte.

Por motivos desconhecidos um Astra, que seguia em direção a Arroio do Meio, teria invadido a pista contrária e colidido de frente com a Saveiro.

Homem que arremessou objetos para o interior do pátio do presídio, chegou a disparar um tiro contra um policial.