Giro do Vale / Esporte / Inter

Na raça, Inter bate o Flamengo e sai do Z4

Sasha e Vitinho marcaram os gols que deixam o colorado com 36 pontos.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Em mais um jogo emocionante no estádio Beira-Rio, o Inter venceu o Flamengo, por 2 a 1, de virada, e saiu do Z4 do Brasileirão. Após sofrer gol de Réver, Sasha empatou e Vitinho, que tinha criado as melhores chances da partida, marcou o gol da vitória do Colorado já nos minutos finais do confronto.

Com o resultado, os comandados de Celso Roth assumem temporariamente a 14ª colocação, com 36 pontos. Porém, ainda pode ser ultrapassado na 31ª rodada pelo Sport, que tem 34, e recebe o Vitória, que tem 35. O São Paulo, que tem 36, enfrenta o Fluminense, na segunda-feira, no estádio de Edson Passos, às 20h.

No próximo domingo, às 17h, o Inter vai a Arena enfrentar o Grêmio no clássico do segundo turno do Brasileiro. No mesmo dia e horário, o Flamengo recebe o Corinthians, no Maracanã.

Inter inicia pressionando, mas Flamengo tem maior posse de bola

O Inter iniciou a partida pressionando o Flamengo, mas rapidamente os cariocas reagiram e criaram a primeira oportunidade de gol. Aos oito, desatento, Rodrigo Dourado perdeu a bola no meio de campo ofensivo e Diego foi lançado na esquerda de ataque. O meia cortou para o meio e chutou forte, de fora da área. Danilo espalmou para o lado para afastar o perigo.

Três minutos depois a melhor chance do Inter no primeiro tempo. Ceará cobrou o lateral pela direita ofensiva, Dourado desviou de cabeça e Pará, pressionado por Vitinho, atrasou na direção da meta do Flamengo, obrigando Muralha a espalmar. Até os 20 minutos, as duas equipes alternaram momentos de domínio, mas sem criar chances claras de gol. A partir deste momento da partida, o rubro-negro passou a dominar a posse de bola.

Aos 21, Gabriel levantou da esquerda, Guerrero pulou mais alto que os marcadores e cabeceou, a bola quicou dentro da área e passou próxima ao poste esquerdo de Danilo Fernandes. O Inter aproveitava a presença constante do adversário no campo ofensivo para tentar contra-atacar em velocidade, principalmente, com Vitinho, mas sem criar chances claras.

Os visitantes chegaram a ter 60% de posse de bola contra 40% do Inter aos 30 minutos. Mesmo assim, o Flamengo tinha dificuldades para criar chances claras devido a forte marcação do colorado. Aos 40, Alex passou para Anselmo, na intermediária ofensiva. O volante ajeitou e bateu sobre a meta do Flamengo.

Inter busca a virada na raça

O Inter voltou modificado para a segunda etapa, com Sasha na vaga de Ferrareis. Logo a dois minutos, Vitinho cercado por três adversários, próximo à linha lateral pela direita, e bateu forte. A bola quicou dentro da área e Muralha ficou com a bola. Dois depois, Seijas aproveitou rebote da defesa do Flamengo e chutou da intermediária próximo ao poste superior de Muralha.

O rubro-negro abriu o placar aos 11 minutos. Diego cobrou falta da esquerda de ataque, Réver se antecipou aos marcadores e, de testa, empurrou para o fundo das redes. Flamengo 1 a 0. Dois minutos depois, o Colorado perdeu boa oportunidade para empatar.

Dourado levantou a bola no interior da grande área, Sasha desviou de cabeça para Vitinho, que errou a bicicleta. Seijas ficou com a sobra e, no momento do chute, se chocou com o marcador. A torcida pediu pênalti, mas o árbitro Wilton Sampaio entendeu como jogada normal e mandou seguir.

Aos 18, Vitinho passou por um marcador, ganhou no “pé de ferro” no segundo e bateu da entrada da grande área, obrigando Muralha a espalmar para afastar o perigo. Dois minutos depois, Paulão disputou de cabeça próximo a lateral direita, a bola foi na direção da área, Dourado ajeitou de cabeça para Sasha. O meia e atacante deixou ela quicar dentro da área e bateu forte e cruzado para empatar. Inter 1 a 1 Flamengo.

Cinco minutos depois, Sasha deixou para Vitinho dentro da área e, no momento do chute, na frente de Muralha, Rafael Vaz deu com o bico na bola e evitou a finalização. Aos 27, Vitinho cobrou falta da esquerda de ataque, próximo à quina da área e obrigou o goleiro do Flamengo saltar para espalmar pela linha de fundo. O duelo Vitinho x Muralha seguiu pouco depois: a bola sobrou para Vitinho próximo a linha de fundo. O atacante bateu forte e obrigou o goleiro a fazer mais uma boa defesa.

A pressão do Colorado se transformou em virada aos 35. Após chute de Valdívia de fora da área, Muralha espalmou e Vitinho se livrou da marcação e chutou com força para o fundo das redes, fazendo o Beira-Rio explodir na comemoração.

As emoções, entretanto, não pararam aí. No minuto seguinte à virada do Inter, Guerrero arriscou de fora da área e obrigou Danilo a fazer um grande defesa. Dois minutos depois, Vaz arriscou de fora da área e a bola passou próximo ao poste direito de Danilo Fernandes. O Inter também teve suas chances, em contragolpes com Vitinho e Valdívia. O terceiro gol não veio, mas desta vez não fez falta.

Campeonato Brasileiro 31ª rodada

Inter 2

Danilo; Ceará, Paulão, Ernando e Geferson; Dourado, Anselmo (Fabinho), Ferrareis (Sasha), Alex e Seijas (Valdívia); Vitinho. Técnico: Celso Roth.

Flamengo 1

Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo (Emerson Sheik), Willian Arão, Éverton (Fernandinho), Diego e Gabriel (Alan Patrick); Leandro Damião. Técnico: Zé Ricardo.

Gols: Réver (11min/2ºT) e Sasha (20min/2ºT) e Vitinho (35min/2ºT)

Cartões amarelos: Alex e Paulão (I) e Paolo Guerreiro (F);

Público: 35.510 torcedores

Renda: R$ 640.755,00

Arbitragem: Wilton Sampaio (GO)

Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO).

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Reprodução / RBS TV

Voto popular vai definir o vencedor entre as três entidades tradicionalistas que estão na disputa.

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale / Arquivo

Primeiro jogo acontece neste domingo, e o jogo da volta na próxima semana.

Foto: Divulgação / PRF

Após a colisão, veículos pegaram fogo.

Foto: Divulgação

Vítima sofreu apenas escoriações e foi atendida no Hospital Ouro Branco de Teutônia.