Giro do Vale / Destaque / Estado / Polícia

Força Nacional de Segurança fica no RS por tempo indeterminado

Em reunião com ministro, Sartori pediu ampliação do efetivo de 136 agentes.

Foto: Daniela Barcellos / Palácio Piratini / Divulgação

Foto: Daniela Barcellos / Palácio Piratini / Divulgação

A Força Nacional de Segurança permanecerá no Rio Grande do Sul por tempo indeterminado. A prorrogação do período em atividade no Estado foi confirmada nesta terça-feira, dia 8, pelo ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. Ele se reuniu com o governador José Ivo Sartori, em Brasília. Ambos trataram sobre a crise de segurança no Estado.

Sartori solicitou ampliação do efetivo, englobando também policiais civis e peritos criminais, para reforçar as investigações. O governador salientou que o quadro de pessoal segue insuficiente na área. Atualmente, 136 agentes da Força Nacional atuam no Rio Grande do Sul.

A Força Nacional está presente no Rio Grande do Sul desde o fim de agosto. O efetivo foi mobilizado logo em seguida da queda de Wantuir Jacini do comando da Secretaria Estadual de Segurança Pública.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Ele foi detido por uma guarnição da Brigada Militar (BM) na Estação Rodoviária, no Florestal, onde aguardava um ônibus.

Condutor do veículo que atropelou a vítima, deixou o local sem prestar socorro.

Tempo fica instável, mas sol aparece com nuvens em várias cidades.

Com decisão, ex-presidente seguirá preso para cumprir condenação no caso do triplex.