Giro do Vale / Destaque / País / Polícia

Rebelião é controlada em presídio do Rio Grande do Norte; 10 morreram

Número de 10 mortos pode subir após polícia acessar penitenciária.

Foto: Divulgação / BM

Foto: Divulgação / BM

A rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, região metropolitana de Natal (RN), foi controlada no começo da manhã deste domingo, dia 15, após 14 horas. O governo confirma dez mortos. O número de feridos não foi divulgado até o momento.

Imagens divulgadas pela polícia comprovam que houve decapitações. Elas mostram três cabeças jogadas na área externa da unidade prisional. Segundo o governo estadual, o motim teve início por volta das 17h desse sábado e foi contido às 7h30 de hoje, depois que policiais entraram no estabelecimento.

De acordo com o governo, a rebelião começou após uma briga entre presos de dois diferentes pavilhões, o 4 e o 5. Não há registros de fugas, mas os internos ainda vão ser recontados. O número de vítimas também pode mudar após os policiais inspecionarem as celas. As autoridades apuram se a confusão tem relação com disputas entre facções criminosas rivais.

O governo estadual informou, por meio da assessoria de imprensa, que também foi instalado um grupo de monitoramento com as autoridades de segurança pública.

O Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes espera pedido de auxílio do Rio Grande do Norte para agir em relação à rebelião.

Presídio superlotado
A Penitenciária de Alcaçuz é considerada a maior unidade prisional do estado. Ela é formada por cinco pavilhões e tem 5.900 m² de área construída. São cerca de 1,2 mil presos. Mas a unidade está superlotada, pois a capacidade é de 620 internos.

Neste ano, outras duas grandes rebeliões resultaram na decapitação e assassinato de 56 presos no presídio Anísio Jobim, em Manaus, no dia 2 de janeiro, e quatro dias depois, em Roraima, 33 foram decapitados e esquartejados.

 

Rádio Gaúcha

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Passo do Sobrado, também no Vale do Rio Pardo, foi outra cidade com registro de destelhamento de casas.

Outra pessoa morreu de overdose, antes do desabamento da estrutura.

Time colorado joga pelo empate fora de casa nesta primeira fase.

Uma terceira vítima foi encaminhada ao hospital e não corre risco de morte.