Giro do Vale / Destaque / Fazenda Vilanova / Geral

A pequena Estefany precisa de ajuda, e sua solidariedade pode fazer a diferença

Família precisa arrecadar R$ 84 mil para fazer cirurgia de reconstrução da face da menina de um ano e meio.

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Em momentos de impaciência, a pequena larga a boneca para receber um colo da mãe. (Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale)

Um caso está comovendo o Vale do Taquari, e se transformando em uma grande corrente de solidariedade para ajudar a menina Estefany Fátima da Luz, moradora de Fazenda Vilanova. A pequena, de apenas um ano e seis meses, nasceu com A Síndrome Banda Amniótica. A patologia faz com que a bebê tenha nascido com várias fendas em sua face. Além disso ela não tem a visão em um dos olhos, e também apresenta deficiência nas pernas.

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

No celular da mãe a pequena encontra distração assistindo vídeos infantis. (Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale)

Uma menina agitada, que entre um intervalo e outro gosta de brincar com sua bonequinha de cabelos azuis, e também assiste vídeos infantis no celular de sua mãe. Talvez ela tenha nesses pequenos detalhes, momentos de distração diante das dores que sente, resultado da síndrome.

Para a reconstrução de sua face, a família conseguiu a realização de procedimento cirúrgico custeado pelo SUS, porém o material da cirurgia teria que ser pago pelos pais da menina. As seis placas e 30 parafusos necessários para a reconstrução da face da pequena Estefany custam R$ 84 mil.

A família da menina é humilde, e não tem condições de custear a compra desse material. A mãe Eliane Fátima Pertile (36), dedica-se em tempo integral aos cuidados especiais que a filha necessita. O pai João Vilmar Martins da Luz (45), é operador de máquina na prefeitura de Fazenda Vilanova e divide o tempo entre o trabalho e o auxílio no cuidado da filha.

Após já ter passado por quatro intervenções cirúrgicas, Estefany segue a espera do seu próximo procedimento sob os cuidados especiais. A mãe conta que permanentemente o bebê da casa recebe cuidados. De hora em hora é necessária a colocação de colírio nos olhos, e também procedimentos de limpeza das fendas proporcionadas pela síndrome em seu rosto. A menina também tem seguidas crises de vômito, o que segundo Eliane, acaba alterando também o humor de sua filha.

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

A menina de um ano e meio conta com sua solidariedade para realizar a cirurgia de reconstrução da face. (Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale)

Como ajudar?

Para arrecadar o valor necessário, e com isso possibilitar que Estefany possa passar pela cirurgia no Hospital de Clínicas, onde ela já realiza tratamento, a família e amigos voluntários estão promovendo uma série de ações.

As pessoas podem doar qualquer valor financeiro no banco Banrirul, agência 1108, conta 39.173.214-08 em nome de Estefany Fátima da Luz, CPF: 987.057.410-68. Essa conta foi criada especialmente para o recebimento das doações. Uma conta está sendo aberta também no Sicredi e terá os dados divulgados nos próximos dias.

Leilão de camisetas, e ação entre amigos

Um voluntário na luta pela causa da pequena Estefany é o estrelense Claudiomiro Silva. Na sua página da rede social Facebook ele está promovendo o leilão de camisetas oficiais de clubes de futebol, para arrecadar fundos para a cirurgia.

Nos próximos dias começarão a serem vendidos números de uma ação entre amigos. A rifa terá 5 mil números ao valor de R$ 5 cada. Os prêmios dessa rifa foram doados por colaboradores de várias cidades do Vale do Taquari.

Evento beneficente

O sorteio da ação entre amigos será realizado no dia 7 de maio – um domingo – no evento beneficente em prol de Estefany que será realizado no Salão da Comunidade Católica de Concórdia em Fazenda Vilanova, próximo à antiga praça de pedágio, às margens da BR-386.

O evento que começará na parte da manhã, terá além do sorteio da rifa, mateada, almoço ao valor de R$ 20 por pessoa – crianças até 10 anos não pagam, e a tarde haverá ainda música ao vivo com grupos que estão se dispondo em tocar de forma voluntária. Também haverá brinquedos infláveis para as crianças presentes. Pessoas interessadas em colaborar nesse evento, podem entrar em contato pelo telefone (51) 99657-2819 com Claudiomiro.

 

Giro do Vale

Veja mais imagens

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Clique para ampliar

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Clique para ampliar

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Clique para ampliar

Comentários

  1. Anônimo disse:

    Papai e mamãe tenham muita fé ,vai dar tudo certo .A fé em Deus. VOCÊS têm muitos amigos isto é muito bom. Abraços.

  2. Andreia disse:

    Lindo gesto.Quero saber se precisa reservar o almoço q é destinado para Estefany.

  3. Elaine disse:

    Estou arrecadando od colirios fraldas e lenços umedecidos.E tbm o suplemento que a Estefy precisa.Agradeço a todos meus amigos que estão colaborando.!!Amigos do bem!

  4. Rodrigo disse:

    Com certeza vamos ajudar, e aos pais tenham sempre fé….

  5. Leandro (indio) disse:

    boa noite papai e mama mamae da estefany , acabei de ver o relato de sua filinha e fiquei muito comovido e emocionado , e queria dizer que sim nós aquí de garibaldi e região vamos ajudar , conheco muita gente por jogar por aqui e tenho muitas amizades com pessoas que também se comoveram com essa doenca da estefany e iram ajudar também , gostaria que me mandassem seu número pra combinar de talves também fazer uma rifa por aqui e poder vender aquí na serra , se conseguirem agradeço,e tenham fé em Deus pois ele tudo pode e concerteza ele vai tocar no coração das pessoas pra ajudar como trocou no meu , Abraço pra vcs e pra estefany.

  6. Noémia Bizarro disse:

    Número das fraldas, nome do colírio. Pode ser enviado via correio?

  7. Vilqluer disse:

    Tudo vai dar certo!

  8. Deise Laureano disse:

    Diga a esta família, que a justiça gratúita consegue tudo com uma liminar, no ato. Manda cumprir e pronto.

  9. Patricia disse:

    Acho muita válidas tais iniciativas. Mas a família precisa ser orientada a procurar o Ministério Público ou a Defensoria Pública a fim de ingressar com ação judicial e garantir a gratuidade total do procedimento cirúrgico. De qualquer modo as doações devem continuar a fim de auxiliar a família com outras despesas certamente necessárias ao cuidado da criança.

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Reprodução / WhatsApp

O condutor sofreu ferimentos e foi encaminhado ao Hospital Bruno Born.

Foto: Divulgação

Veículo de carga teria obstruído a frente do condutor da moto.

trafico-venancio-696x392

Um suspeito chegou a ser capturado, mas acabou liberado.