Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Reservas do Grêmio buscam empate contra o Ceará pela Primeira Liga

Desorganização prejudicou na primeira etapa, mas vontade valeu o 1 a 1 na Arena vazia.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Os reservas do Grêmio correram atrás do prejuízo e, apesar da falta de organização, buscaram um empate em 1 a 1 com o Ceará, nesta quinta-feira. Num jogo pouco empolgante para os parcos 2.944 torcedores na Arena – entre eles, Renato Portaluppi na tribuna -, o Tricolor ao menos se manteve vivo, ainda que respirando por aparelhos, na Primeira Liga. Agora o pensamento é todo Gre-Nal, no sábado.

Com o resultado, o Grêmio segue na lanterna do Grupo B da Primeira Liga, com um ponto. Mas se classifica caso vença o América-MG na Arena, em 5 de abril, quando faz a última partida da primeira fase do torneio.

A desorganização do Grêmio “alternativo” ficou evidente desde o primeiro minuto e, apesar de algumas jogadas boas de velocidade, principalmente com Rondinelly, o entrosamento do Ceará fez a diferença. O resultado apareceu no placar e nas oportunidades de gol nos primeiros 45 minutos.

Erros defensivos e prejuízo

O Tricolor até assustou aos dois minutos de jogo. Ty Sandows roubou bola no meio e lançou na esquerda. Rondinelly cruzou na área e Lima chegou batendo de primeira, mas mandou por cima. Depois disso, a equipe gremista tentou se postar atrás para sair nos contragolpes, mas acabou sofrendo gol em erros defensivos. Aos 18 minutos, pane na defesa. Machado perdeu a bola na frente da área e foi desarmado por Tontini. Ele tocou para o veterano Magno Alves que, com categoria, bateu no canto esquerdo de Bruno Grassi para o 1 a 0.

O Grêmio foi para a correria tentar pressionar e por pouco não levou o castigo cinco minutos depois. Alex Amado recebeu na esquerda, em contragolpe, e rolou bola na frente da área. Magno Alves fez o corta-luz e Tontini chegou chutando, mas mandou por cima, para sorte do Tricolor.

A melhor chance para empatar veio em confusão na área. Primeiro, Wallace Oliveira tabelou com Ty Sandows e invadiu a área. Caiu na dividida com a zaga, pedindo pênalti, mas não levou. A bola sobrou viva na área, até chegar em Lucas Coelho. Ele tentou finalizar de letra, mas chutou contra a própria perna. No apito do intervalo, derrota para o Ceará.

Empate na qualidade da bola parada

No segundo tempo, porém, a gurizada do Grêmio voltou mais ligada e foi para cima buscar o empate. Mas, no ímpeto, quase que o Ceará ampliou no contra-ataque. Aos sete minutos, Machado errou um recuo de bola e viu Magno Alves disparar pela direita. O atacante cruzou para Vitor Rangel na área, mas o companheiro chutou para fora.

O castigo veio no minuto seguinte. Wallace Oliveira cobrou falta da direita com perfeição. A bola contornou o goleiro e sobrou para Lucas Rex no segundo pau. Ele só precisou enfiar a testa na bola e correr para o abraço com o 1 a 1.

Foi o sinal para se lançar à pressão e tentar virar. E o Grêmio quase conseguiu aos 15 minutos, em mais uma falta cobrada por Wallace. Ele cruzou na pequena área, o goleiro passou lotado e Lucas Rex cabeceou com a meta descoberta, mas mandou para fora. Wallace ainda tentou uma cobrança direta aos 23 minutos, mas a bola passou tirando tinta da trave direita.

Mas o Ceará voltou a ameaçar no fim da partida. Em mais um contragolpe, Vitor Rangel foi lançado livre na área, foi pressionado por Zé Augusto e chutou desequilibrado. A bola passou por Bruno Grassi e chegou para Maxi Biancucchi, mas o primo mostrou porque não é Messi e desviou para tiro de meta.

Primeira Liga – 2ª rodada

Grêmio 1

B. Grassi, W. Oliveira (Balbino), Zé Augusto, Lucas Rex, Iago, Machado, Ty Sandows (Jean Pyerre), Jeferson Negueba, Lucas Coelho, Lima e Rondinelly (Tilica). Técnico: Felipe Endres.

Ceará 1

Everson, T. Cametá, Romário (Lucas), M. Alves, Luiz Otávio, Raul, A. Amado, F. Tontini, Richardson, Rafael Pereira e V. Rangel. Técnico: Givanildo Oliveira.

Gols: Magno Alves (18min/1ºT), para o Ceará; Lucas Rex (8min/2ºT), para o Grêmio.

Cartão amarelo: Wallace Oliveira (G).

Árbitro: Rodrigo D’Alonso (SC).

Local: Arena.

Público: 2.944.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Decisão foi tomada em reunião no início da noite desta quinta-feira, dia 21.

Foto: Lucas George Wendt / Divulgação

Evento será no teatro da instituição às 18h

Fotos: Divulgação / PRF

Acidente entre três caminhões ocorreu no KM 254 da rodovia.

Foto: Divulgação

Acordo entre líderes aprovou destaque do PPS para adiar o prazo.