Giro do Vale / País / Política

Câmara adia mais uma vez votação de projeto de socorro a Estados endividados

Governador Sartori viajou a Brasília para acompanhar a votação.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Por falta de quórum, a Câmara dos Deputados adiou para a manhã desta quinta-feira, dia 6 a votação do projeto de lei que estabelece a recuperação dos Estados em crise fiscal. Apresentada pelo Palácio do Planalto no início do ano, a proposta prevê a suspensão do pagamento de parcelas das dívidas estaduais com a União por três anos, prorrogáveis por mais três.

O motivo do adiamento foi o receio da base governista de não conseguir os votos suficientes para aprovar a proposta. Por se tratar de um projeto de lei complementar, seriam necessários 257 votos favoráveis ao texto. O regime de recuperação fiscal poderá ser acessado por Estados que comprovarem estar em crise financeira.

A expectativa é que o programa atenda a Estados como Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. O novo texto está para ser votado na Câmara há duas semanas, entretanto, como não há consenso em torno das exigências aos governos estaduais, deputados contrários têm inviabilizado a análise do projeto para tentar barrar as contrapartidas. O governador José Ivo Sartori viajou a Brasília para acompanhar a votação.

 

Rádio Gaúcha

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Três pessoas teriam sofrido ferimentos, mas sem gravidade.

Bando fez cordão humano com vítimas.

Alunas aprendem noções iniciais de informática, manuseio do mouse e teclado, editor de textos, internet e e-mail.

O recurso foi destinado pelo Deputado Federal Covatti Filho (PP) por solicitação da executiva municipal do partido.