Giro do Vale / País / Política

Câmara adia mais uma vez votação de projeto de socorro a Estados endividados

Governador Sartori viajou a Brasília para acompanhar a votação.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Por falta de quórum, a Câmara dos Deputados adiou para a manhã desta quinta-feira, dia 6 a votação do projeto de lei que estabelece a recuperação dos Estados em crise fiscal. Apresentada pelo Palácio do Planalto no início do ano, a proposta prevê a suspensão do pagamento de parcelas das dívidas estaduais com a União por três anos, prorrogáveis por mais três.

O motivo do adiamento foi o receio da base governista de não conseguir os votos suficientes para aprovar a proposta. Por se tratar de um projeto de lei complementar, seriam necessários 257 votos favoráveis ao texto. O regime de recuperação fiscal poderá ser acessado por Estados que comprovarem estar em crise financeira.

A expectativa é que o programa atenda a Estados como Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. O novo texto está para ser votado na Câmara há duas semanas, entretanto, como não há consenso em torno das exigências aos governos estaduais, deputados contrários têm inviabilizado a análise do projeto para tentar barrar as contrapartidas. O governador José Ivo Sartori viajou a Brasília para acompanhar a votação.

 

Rádio Gaúcha

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Decisão foi tomada em reunião no início da noite desta quinta-feira, dia 21.

Foto: Lucas George Wendt / Divulgação

Evento será no teatro da instituição às 18h

Fotos: Divulgação / PRF

Acidente entre três caminhões ocorreu no KM 254 da rodovia.

Foto: Divulgação

Acordo entre líderes aprovou destaque do PPS para adiar o prazo.