Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Com força total, Grêmio estreia em casa pela Libertadores contra Deportes Iquique

Bola começa a rolar na Arena a partir das 21h45.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Desde a tão intensamente comemorada conquista da Copa do Brasil, que deu fim à seca de títulos, o torcedor gremista vem esperando por ela. A competição que é a prioridade de todos os times do continente. A chance de expandir o sucesso recente. O sonho do Tri. Quatro meses depois, chegou a hora. O reencontro será na noite desta terça-feira. A Copa Libertadores volta à Arena a partir das 21h45, quando o Grêmio faz, contra o Deportes Iquique, seu primeiro jogo em casa pelo torneio.

Depois da excelente estreia longe de seus domínios, quando venceu o Zamora na Venezuela por 2 a 0, o Grêmio oscilou no Campeonato Gaúcho e na Primeira Liga. Porém, embalou na hora certa e hoje enfrenta os chilenos com a confiança em alta. Para completar, recebe o reforço de um de seus principais jogadores. O capitão Maicon treinou ontem e foi relacionado para a partida, após ter sido desfalque na goleada contra o Veranópolis.

Ainda assim, o mistério continua. A maior parte do treinamento foi realizada com os portões da Arena fechados. No momento em que foi a atividade foi aberta, Maicon estava em campo. Mas foi o seu substituto, Michel, quem foi designado para dar entrevista coletiva, uma prerrogativa usualmente concedida a titulares em véspera de jogos. E o volante tratou de manter a dúvida.

“O Maicon treinou, mas ainda não se sabe quem vai jogar. Está na cabeça do Renato”, afirmou o volante. “Não teve divisão de colete. O Renato fez alguns trabalhos fundamentais, mas não teve formação de time. Se o Maicon não jogar e eu for o escolhido, já sei o que devo fazer”, despistou.

O zagueiro Kannemann, o lateral Marcelo Oliveira e o atacante Pedro Rocha não participaram do treinamento, apenas correram em volta do campo. Porém, não preocupam e estão à disposição para a partida de hoje.

Os jogadores comemoram a boa fase recente e esperam repetir o desempenho na competição continental. “Temos que jogar da forma como jogamos contra o Juventude, contra o Veranópolis. Não podemos mudar essa característica de toque de bola e de ser agressivo na hora certa”, definiu Leo Moura. “Foi importante para o nosso ânimo fazer boas partidas e com placares elásticos. Dá uma tranquilidade maior”, diz Michel. Com três pontos e saldo 2, o Grêmio defende a liderança do Grupo 8 da Libertadores.

Oponente aposta na velocidade

Derrotado na estreia da Libertadores pelo Guaraní do Paraguai, em casa, o Deportes Iquique vive fase inversa no Campeonato Chileno. Com cinco vitórias e quatro empates, está invicto e é o líder isolado da competição nacional, à frente de clubes muito mais tradicionais, como Colo-Colo, Universidad de Chile e Universidad Católica. O jogo no Brasil contra o Grêmio é tido como histórico para o Iquique, que disputa a Libertadores pela segunda vez na história. Sua principal arma para o confronto desta noite é a velocidade no contragolpe. Ao menos é o que espera o Grêmio.

“É um time rápido, que sai bem no contra-ataque. Já sabemos a forma como eles jogam e vamos procurar neutralizar essas jogadas”, garantiu Leo Moura. Apesar de elogiar o adversário, o meia gremista esbanjou otimismo. “Igualando na pegada e na vontade, na técnica vamos nos sobressair”, acredita. “Na frente da torcida temos que ser fortes e buscar os três pontos”.

Copa Libertadores – fase de grupos

Grêmio

Marcelo Grohe; Edilson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Ramiro, Maicon (Michel), Leo Moura, Miller Bolaños e Pedro Rocha; Luan. Técnico: Renato Portaluppi.

Deportes Iquique

Naranjo; Hernán López, Zenteno, Tómas Charles e Misael Dávila; Rafael Caroca, M. Riquero, Bustamante e Misael Cubillos; Bielkiewickz e Álvaro Ramos. Técnico: Jaime Vera.

Árbitro: Esteban Ostojich (URU).

Local: Arena.

Início: 21h45min.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Material estava em tonéis, e foi levado em ação que durou cerca de 5 minutos.

O suspeito, que já foi três vezes preso por furto em pouco mais de um mês, estava no interior do carro.

Veículo estava abandonado em uma rua do Bairro Pinheiros.

Decisões no mês de agosto fazem comissão técnica pensar em preservar jogadores importantes.