Giro do Vale / Estado / Política

Governo Sartori prepara nova fase com discurso do RS que dá certo

Declarações de integrantes da administração e de partidos da base aliada também serão realinhadas.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O governo José Ivo Sartori está preparando guinada para marcar uma nova etapa da administração. O discurso da crise financeira e a necessidade de colocar as contas em dia, que sustentaram iniciativas polêmicas e que foram as principais bandeiras da administração desde a chegada do peemedebista ao Piratini, não serão abandonadas, mas darão espaço para um Rio Grande do Sul que dá certo.

Uma das ações para marcar o “novo momento”, é vídeo institucional que já está sendo veiculado. Na gravação, um ator destaca pontos positivos do Estado, “independentemente de todas as crises”, como a produção de alimentos para o mundo e os recordes de safras anuais.

“Vejo atitude e grandes reformas acontecendo, algumas difíceis de encarar, mas todas para que nosso futuro se chame esperança. Na real, nós todos queremos a mesma coisa. Educação, saúde, segurança e desenvolvimento. Por que o nome do futuro é a gente que dá. Qual o nome do seu futuro? O meu é Rio Grande do Sul”, diz o interlocutor para a câmera.

O discurso de integrantes do governo e de partidos da base aliada também será realinhado. Segundo o secretário de Comunicação, Cleber Benvegnú, o tema da crise não ficará em segundo plano, mas será destacado também que há um Rio Grande do Sul que dá certo, visando a um clima de otimismo e de esperança.

Plebiscito

O discurso de articuladores do governo é o de que a situação de deputados que votarem a favor da PEC que acaba com a necessidade de plebiscito para privatização da CEEE, CRM e Sulgás, é mais confortável do que a dos contrários. “Os contra terão discurso por alguns meses. Os favoráveis, pelo resto da vida. Quando as empresas não valerem mais nada, nós diremos que avisamos”, disse integrante do Executivo à coluna.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Material estava em tonéis, e foi levado em ação que durou cerca de 5 minutos.

O suspeito, que já foi três vezes preso por furto em pouco mais de um mês, estava no interior do carro.

Veículo estava abandonado em uma rua do Bairro Pinheiros.

Decisões no mês de agosto fazem comissão técnica pensar em preservar jogadores importantes.