Giro do Vale / Destaque / Estrela / Geral

Começa a obra de pavimentação da ERS-129, em Arroio do Ouro, Estrela

Primeira etapa da pavimentação de trecho, tem Ordem de Início de Serviço assinada entre Prefeitura e Conpasul.

Prefeito Mallmann e Olivar Basso assinam Ordem. (Foto: Rodrigo Angeli/Prefeitura de Estrela)

Prefeito Mallmann e Olivar Basso assinam Ordem. (Foto: Rodrigo Angeli/Prefeitura de Estrela)

Um ato realizado na manhã desta quarta-feira, dia 30, no Salão Nobre da Prefeitura, marcou a assinatura da Ordem de Início de Serviço da primeira etapa da pavimentação da ERS-129, em Arroio do Ouro. O encontro firmou o contrato entre Prefeitura e a empresa Conpasul Construção e Serviços, vencedora da concorrência, dando o aval para o início das obras e à concretização de um antigo sonho da comunidade local, também de motoristas que utilizam o trecho diariamente em deslocamento pessoal ou profissional. Pouco depois da assinatura, máquinas já estavam na pista e a partir desta terça-feira operários devem executar as primeiras obras.      ‘

A ERS-129 faz a ligação entre Estrela e Bom Retiro do Sul, e é uma das principais vias de escoamento da produção daquela região. O asfalto é uma reivindicação de mais de 30 anos. A obra compreende a pavimentação, drenagem e sinalização num trecho de 3.280 metros, compreendido entre a Rua Júlio de Castilhos e a estrada que dá acesso ao Distrito de Delfina. Será asfaltado em três etapas. Conforme a licitação, o prazo para a execução de cada lote será de três meses, contados da emissão da Ordem de Início de Serviço. O investimento do Governo de Estrela nesta obra é de R$ 3,436 milhões. Para possibilitar o asfaltamento, o município firmou convênio com o Governo do Estado, através da Secretaria dos Transportes, que autorizou a pavimentação.

Máquinas já estão na pista para asfaltamento do primeiro trecho. (Foto Divulgação / Conpasul)

Máquinas já estão na pista para asfaltamento do primeiro trecho. (Foto Divulgação / Conpasul)

O ato contou com a presença do prefeito de Estrela, Rafael Mallmann; do vice Valmor Griebeler; de Olivar Basso, sócio-administrador da Conpasul; do presidente da Câmara Municipal, Ernani de Castro; do Presidente da Cacis, Pedro Barth; além de vereadores, secretários municipais, demais autoridades, moradores e líderes da Comunidade de Arroio do Ouro. Entre eles estava Sandra Weber. A agricultora mora há 22 anos no local, mas sabe que a luta é mais antiga. “A gente fica feliz por nós e também pelos que não puderam ver isso se tornar realidade. Hoje, quando passei e vi as estacas no chão, nem acreditei. Adeus pó”, disse ela, sem esconder a felicidade.

Mallmann destacou o quanto foi necessário lutar para que a obra enfim saísse do papel. “Foram muitos empecilhos superados. Foi preciso o empenho de muita gente, dos mais diversos setores municipais e políticos, muito esforço e negociação para que estivéssemos aqui hoje, neste momento tão importante.” Castro e Griebeler destacaram a importância da obra não somente para a comunidade local, mas para todo o município e região. “Todos ganham. Mais uma grande conquista de nossa Administração. E como é bom vermos que teremos no comando desta obra uma empresa também nossa e tão respeitada como a Conpasul”, avaliou o vice-prefeito. “E faremos o máximo para entregarmos a melhor rodovia possível para uma comunidade que tanto batalhou por isto. Obrigado pela confiança”, ressaltou Basso. “A comunidade de Arroio do Ouro vai voltar a se valorizar muito nos mais diversos setores”, finalizou Barth. Se as condições climáticas colaborarem a previsão é de que o primeiro trecho seja entregue em até dois meses.

 

AI Prefeitura

Veja mais imagens

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Criminosos levaram dinheiro do caixa, e não foram mais localizados.

Os proprietários possuem três lojas, e todas foram alvo de furto ou roubo nos últimos meses. 

As vítimas registraram as ocorrências na delegacia. 

Soldados subiram as escadas e, após tratativas, conseguiram agarrar o cidadão, evitando a queda.