Giro do Vale / Lajeado / Polícia

Homem é morto a tiros no bairro Conservas em Lajeado

A polícia trabalha com as possibilidades de crime passional ou por vingança.

Foto: Marcio Steiner / Grupo Independente

Foto: Marcio Steiner / Grupo Independente

Duas hipóteses estão sendo trabalhadas pela Polícia Civil a respeito da motivação do homicídio de Alisson Henrique Gomes Bittencourt (27), ocorrido na tarde de terça-feira, dia 6, no Bairro Conservas. O morador do bairro foi executado a tiros no cruzamento das ruas João Avelino Maria e Manoel Vicente, próximo à divisa com o bairro Jardim do Cedro. Um dos tiros atingiu a cabeça da vítima, que morreu no local. O Instituto Geral de Perícias (IGP) realizou levantamentos na cena do crime.

De acordo com o delegado Juliano Stobbe, agentes da Seção de Investigações foram ao local e conversaram com populares e familiares da vítima. A polícia trabalha com as possibilidades de crime passional ou por vingança. Ainda conforme o delegado, Bittencourt tinha antecedentes por furto e roubo. Este foi o 15º homicídio registrado em Lajeado em 2017. O último caso havia sido no dia 13 de maio, no Bairro Jardim do Cedro.

O corpo de Alisson está sendo velado no ginásio do bairro Conservas e o sepultamento será em horário a ser definido, no Cemitério Municipal do Jardim do Cedro.

 

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Ainda há veículos furtados no município, que estão desaparecidos.

Ação policial iniciou após criminosos terem roubado uma moto nas imediações da Cervejaria Salva em Bom Retiro do Sul.

Homem é um dos sócios de outro envolvido e ambos teriam pago R$ 25 mil por ritual macabro.

Decisão foi feita após processo movido por um grupo de advogados trabalhistas.