Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Fernandinho comanda triunfo do Grêmio sobre Vitória

Tricolor fez 3 a 1 no Barradão na noite desta quarta-feira.

Foto: Marcelo Malaquias / FramePhoto / Folhapress

Foto: Marcelo Malaquias / FramePhoto / Folhapress

Sem esforço e ao natural, o Grêmio venceu o Vitória por 3 a 1 na noite desta quarta-feira no estádio do Barradão, em Salvador. Fernandinho foi o destaque do jogo ao marcar um gol e dar assistência para o de Arthur. Kanu descontou, mas Ramiro fez o terceiro no segundo tempo. O duelo foi válido pela 15ª rodada do Brasileirão.

Com o resultado de hoje, o Grêmio chegou aos 31 pontos e segue na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso do Tricolor será contra o São Paulo, no Morumbi. A partida está marcada para a próxima segunda-feira, às 20h.

Grêmio abre vantagem e controla Vitória 

Sem Luan, o Grêmio foi surpreendido por um desfalque de última hora, minutos antes de entrar em campo para enfrentar o Vitória. Geromel, sentiu um desconforto no aquecimento e foi retirado do jogo pelo técnico Renato Portaluppi. Em seu lugar, o treinador colocou Rafael Thyere.

Com a bola rolando, o Grêmio precisou de sete minutos para mostrar o seu cartão de visita. Fernandinho escapou da marcação no meio-campo e sofre falta na entrada da área. Ele mesmo partiu para a cobrança e colocou a bola no canto esquerdo do goleiro Fernando Miguel, abrindo o placar no Barradão.

A partir do 1 a 0, o Grêmio abriu mão do jogo ofensivo, passando apenas a controlar as ações do Vitória, que não eram muitas. O Tricolor controlou o primeiro tempo e não deixou o quarteto ofensivo dos baianos funcionar. Carlos Eduardo, Cleiton Xavier, Tréllez e André Lima foram figura decorativas em campo.

O Tricolor não sentiu falta de Luan. A aposta de Renato em Fernandinho surtia o efeito esperado, com um atacante se transformando no principal fiador das jogadas ofensivas do Grêmio. Aos 43, ele recebeu a bola dentro da área de Pedro Rocha e, com tranquilidade, driblou o marcador e serviu Arthur, que entrava como homem surpresa. Sem marcação, o volante concluiu o lance e fez 2 a 0.

Vitória esboça reação, mas Ramiro decreta vitória com golaço 

Insatisfeito com a produção do seu time no primeiro tempo, o técnico Alexandre Gallo modificou a sua formação inicial retirando o volante Renê Santos para a entrada de um atacante, Deivid. Dessa forma, a proposta do Vitória contra o Grêmio era ser muito mais agressivo do que foi nos 45 minutos iniciais.

Apesar da aparente tranquilidade no jogo, o Grêmio voltou um pouco mais ligado para a etapa complementar e até avançou as linhas para conter as iniciativas dos donos da casa. O Tricolor, no entanto, não contava com a bola aérea do adversário. Aos 13 minutos, após a cobrança de um escanteio, Alan Costa cabeceou e Kanu completou o lance para o fundo das redes de Grohe.

O Vitória foi para o ataque com a faca entre os dentes, correndo atrás do empate a qualquer custo. O Grêmio, que tomou um susto com o gol dos baianos, acordou para o jogo e ampliou a vantagem aos 17 minutos. Alan Costa afastou mal um ataque gremista e Everton cruzou para a área. Ramiro, livre de marcação, dominou a bola e chutou forte, de peito de pé, para fazer 3 a 1. Um golaço.

O gol de Ramiro devolveu ao Grêmio a tranquilidade do começo do segundo tempo. A partir daí, o time gaúcho cedeu terreno ao Vitória e passou a explorar somente os contra-ataques, principalmente com a entrada de Everton. A equipe baiano investia, principalmente, na bola aérea e poucas foram as jogadas trabalhadas no chão.

Aos 33 minutos, o Grêmio quase chegou ao quarto gol com Everton. Gefferson e Alan Costa se chocaram dentro da área e deixaram a bola passar para o atacante gremista, que chutou forte. Para a sorte do Vitória, a bola subiu muito e passou longe do gol de Fernando Miguel.

Nos minutos finais, o Tricolor apenas administrou o jogo e usou o desespero do Vitória para garantir o resultado e mais três pontos. Consolidado na vice-liderança, o Grêmio segue firme na perseguição ao Corinthians.

Brasileirão 2017 – 15ª rodada

Vitória 1

Fernando Miguel; Caíque Sá (Patrc), Kanu, Alan Costa e Geferson; Renê Santos (Deivid), Santiago Tréllez, Uillian Correia, Cleiton Xavier (Yago) e Carlos Eduardo; André Lima. Técnico: Alexandre Gallo.

Grêmio 3

Marcelo Grohe; Edílson, Rafael Thyere, Kannemann e Cortez; Maicon (Jailson), Arthur, Ramiro e Fernandinho; Pedro Rocha (Marcelo Oliveira) e Barrios (Everton). Técnico: Renato Portaluppi.

Gols: Fernandinho, aos 7/1º; Arthur, aos 43/1º; Kanu, aos 13/2º; Ramiro, aos 17/2º

Cartões Amarelos: Rafael Thyere (G); Renê Santos (V); Kannemann (G); Deivid (V); Tréllez

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (PE/CBF)

Auxiliares: Clovis Amaral da Silva (PE/CBF) e Cleberson do Nascimento Leite (PE/CBF)

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

tempo

Com mudança de tempo, marcas não devem passar dos 25°C

Foto: Divulgação

Provas estão previstas para acontecer no dia 23 de dezembro

Imagem: Ilustração

Mais informações podem ser obtidas na prefeitura ou pelo telefone (51) 3766-1255

Foto: Divulgação

Presidente deve aproveitar a internação para passar por avaliação do procedimento urológico a que foi submetido