Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio empata com Santos e perde chance de reduzir diferença para Corinthians

Tricolor dominou a partida encerrada em 1 a 1, mas não conseguiu a vitória após sair atrás na Arena.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

O Grêmio apenas empatou por 1 a 1 com o Santos neste domingo na Arena e perdeu a oportunidade de reduzir a diferença para o Corinthians – que igualou pelo mesmo placar com o Flamengo – em jogo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols da partida foram marcados no primeiro tempo. David Braz abriu o placar para o Peixe enquanto Fernandinho empatou para o Tricolor.

Com o empate, o Grêmio vai a 33 pontos e segue oito atrás do Corinthians. O Santos é o terceiro com 31. O Tricolor terá nova chance de reduzir a distância para o Timão na quarta-feira, quando enfrenta o lanterna Atlético-GO, no Serra Dourada, enquanto a equipe paulista vai a Belo Horizonte encarar o Atlético-MG. Edílson, suspenso neste domingo, e Geromel, que levou o terceiro amarelo, serão desfalques em Goiânia.

O jogo

O Grêmio entrou em campo motivado pelo empate do Corinthians com o Flamengo e a oportunidade de reduzir para seis pontos a diferença para o líder do Brasileirão. Sem Arthur, que sentiu uma indisposição, o técnico Renato Portaluppi optou por uma escalação mais ofensiva recuando Ramiro e promovendo a entrada de Fernandinho para formar uma quarteto ofensivo com Luan, Pedro Rocha e Everton.

Com o time mais leve, o Grêmio encontrou um pouco de dificuldade nos primeiros minutos. O Santos iniciou a partida tendo a posse de bola e chegando à área do Grêmio. Foi aí que Kannemann apareceu bem. O argentino mostrou segurança e conseguiu cortar três chegadas do time santista.

A partir dos 10 minutos, o Grêmio começou a se impor no jogo e foi empilhando chances para marcar. A primeira veio aos 15 minutos em belo passe de Luan para Everton, que só não terminou em gol porque Vanderlei saiu bem do gol para antecipar ao atacante gremista. Dois minutos depois, Edílson achou Fernandinho dentro da área, mas o domínio não foi bom e David Braz conseguiu o corte.

O Grêmio seguia em cima. Aos 20, Luan invadiu a área e dribles e só parou após dividida com Jean Mota. Os jogadores gremistas pediram pênalti, mas o árbitro Braulio da Silva Machado mandou seguir. O Tricolor voltou a pedir pênalti em lance de Everton novamente com Jean Mota na sequência, mas mais uma vez a arbitragem mandou seguir. A bola ainda sobrou para Luan, que chutou cruzado e mandou perto.

Se estava difícil conseguir o gol em lances dentro da área, Ramiro decidiu arriscar de fora. O goleiro Vanderlei acabou dando rebote e bola sobrou limpa para Everton, que mandou para fora.

O Santos seguia sem sequer finalizar contra o gol de Marcelo Grohe. Até que aos 44 em um raro escanteio, o time paulista chegou ao gol. Lucas Lima fez a cobrança, Bruno Henrique desviou no primeiro pau e David Braz apareceu livre para cabecear sem chances para Marcelo Grohe.

O Grêmio, porém, mais uma vez mostrou maturidade. Mesmo com o gol nos minutos finais, o time de Renato Portaluppi teve forças para ir ao ataque e foi premiado com o empate antes do intervalo. Aos 46, Edílson cruzou, Everton chutou e Vanderlei novamente fez a defesa. A bola, no entanto, sobrou para Fernandinho que cabeceou para o fundo do gol, 1 a 1, placar final do primeiro tempo.

Os dois times voltaram sem mudanças para a etapa final. O Grêmio seguiu com a iniciativa da partida nos primeiros minutos. Logo aos 7, o Tricolor teve boa chance em chute de Pedro Rocha defendido por Vanderlei.

A posse de bola seguia com o Grêmio, mas aos poucos o time foi perdendo o poder de criação. O Santos foi encontrando sua marcação e as chegadas à área da equipe paulista se tornaram raras para os atacantes gremistas.

Se havia encontrado uma forma de marcar o Grêmio, faltava ao Santos conseguiu levar perigo ao gol de Marcelo Grohe. Assim, o técnico Levir Culpi mexeu no seu ataque aos 23 minutos. Sacou o centroavante Ricardo Oliveira, de atuação apagada, e mandou Thiago Ribeiro, de maior movimentação, a campo. A troca, entretanto, não surtiu o efeito esperado e o goleiro gremista seguiu sem ter trabalho.

O técnico Renato Portaluppi também decidiu mexer na equipe do Grêmio. E foi uma estreia. O equatoriano Arroyo foi chamado aos 30 minutos para entrar no lugar de Everton, que não conseguiu repetir as recentes boas atuações.

Arroyo entrou como homem mais avança do ataque gremista. Sua participação no jogo, no entanto, foi curta. Aos 39, ele recebeu cruzamento de Maicon e tentou o cabeceio, mas se chocou com Victor Ferraz e levou a pior. Com um grande inchaço no rosto, o equatoriano teve que deixar o campo 10 minutos após entrar.

Sem ter outro atacante no banco, o técnico Renato Portaluppi optou pela entrada de Jaílson para substituir Arroyo. Com isso, Maircon e Ramiro foram adiantados.

Já nos acréscimos, Edílson, que já tinha amarelo, trocou empurrões com Thiago Ribeiro e acabou expulso. Por reclamação no mesmo lance, Geromel levou cartão amarelo, seu terceiro, e também não enfrentará o Atlético-GO na quarta-feira.

O Grêmio ainda teve uma chance no último minuto do jogo, mas Vanderlei foi no canto para fazer uma grande defesa em chute de Luan e manter o placar de 1 a 1.

Campeonato Brasileiro – 17ª rodada

Grêmio – 1

Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Ramiro, Fernandinho, Luan e Pedro Rocha; Everton (Arroyo, depois Jaílson). Técnico: Renato Portaluppi.

Santos – 1

Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Alison (Leandro Donizete), Yuri, Lucas Lima, Bruno Henrique, Copete e Ricardo Oliveira (Thiago Ribeiro). Técnico: Levir Culpi.

Gols: Fernandinho (46min/1ºT); David Braz, Vanderlei (44min/1ºT)

Cartões amarelos: Maicon, Geromel (GRE); Yuri, Thiago Ribeiro, Lucas Lima (SAN)

Cartão vermelho: Edílson (GRE)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC), auxiliado por Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back (Fifa/SC)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

tempo

Com mudança de tempo, marcas não devem passar dos 25°C

Foto: Divulgação

Provas estão previstas para acontecer no dia 23 de dezembro

Imagem: Ilustração

Mais informações podem ser obtidas na prefeitura ou pelo telefone (51) 3766-1255

Foto: Divulgação

Presidente deve aproveitar a internação para passar por avaliação do procedimento urológico a que foi submetido