Giro do Vale / Destaque / Geral / Internacional

Novo ataque deixa seis civis e um policial feridos na Espanha

Segundo ataque ocorreu na localidade de Cambrils e provocou um tiroteio entre policiais e os supostos terroristas.

Foto: EFE / Divulgação

Foto: EFE / Divulgação

Seis civis e um policial ficaram feridos na madrugada desta sexta-feira quando um veículo foi atirado contra a multidão em uma localidade ao sul de Barcelona, horas após uma van atropelar e matar treze pessoas nas Ramblas da capital catalã, informou um porta-voz do governo regional.

O segundo ataque ocorreu na turística localidade de Cambrils e provocou um tiroteio no qual a polícia matou “quatro supostos terroristas e feriu um quinto homem”. “Os supostos terroristas circulavam em um Audi A3 e, ao que parece, atropelaram diversas pessoas até baterem em um carro da Mossos d’Esquadra (polícia regional da Catalunha), quando começou o tiroteio”.

A polícia vincula o atropelamento em Cambrils ao ataque que matou 13 pessoas e deixou mais de 100 feridos na tarde desta quinta-feira, dia 17, nas Ramblas, reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico, e à explosão na madrugada de quinta-feira em Alcanar, 200 km ao sul de Barcelona, supostamente quando era preparada uma bomba.

Segundo a polícia regional, a situação em Cambrils está sob controle, mas agentes ainda investigam se os “supostos terroristas carregavam cinturões explosivos”. “Nos próximos minutos deveremos fazer várias explosões controladas”. Duas pessoas – um espanhol e um marroquino – foram detidas durante a tarde em relação ao ataque em Barcelona, mas o motorista da van conseguiu fugir.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Time colorado joga pelo empate fora de casa nesta primeira fase.

Uma terceira vítima foi encaminhada ao hospital e não corre risco de morte.

Por motivos desconhecidos um Astra, que seguia em direção a Arroio do Meio, teria invadido a pista contrária e colidido de frente com a Saveiro.

Homem que arremessou objetos para o interior do pátio do presídio, chegou a disparar um tiro contra um policial.