Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio faz 5 a 0 no Sport e diminui distância para Corinthians

Edilson e Fernandinho comandaram goleada do Tricolor na Arena.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Depois da tempestade, enfim a bonança. Após uma semana para digerir a eliminação da Copa do Brasil, saídas de jogadores e lesões, o Grêmio reencontrou a paz na tarde deste sábado ao golear o Sport na Arena. Edilson, com um gol e uma assistência, e Fernandinho, com dois tentos, comandaram a vitória por 5 a 0. Everton e Dionathã completaram a goleada. Com o resultado, o Tricolor diminuiu a distância para o líder Corinthians para sete pontos.

Edilson desequilibra e Grêmio abre vantagem 

Após viver uma semana só de más notícias, o Grêmio entrou em campo neste sábado contra o Sport para recuperar o astral e retornar à briga pelo Campeonato Brasileiro. O reencontro com Vanderlei Luxemburgo se desenhava difícil, visto que o time pernambucano faz boa campanha na competição.

Bem montado, o Sport conseguiu segurar o Grêmio nos primeiros minutos de jogo. A marcação alta facilitou o trabalho da defesa, principalmente nos momentos em que a bola era roubada ainda no campo de ataque pelo Leão da Ilha. O Tricolor parecia meio disperso, ainda tentando se encontrar dentro do gramado com o novo ataque, encabeçado por Fernandinho e Everton.

A partida permaneceu equilibrada até os 18 minutos, quando Fernandinho caiu perto da grande área. Na cobrança de falta, Edilson soltou uma bomba e a bola foi parar no fundo das redes do goleiro Magrão: 1 a 0 Grêmio. O gol animou o Grêmio, que passou a jogar um futebol próximo daquele que vinha jogando em compromisso anteriores.

Rendido em campo, o Sport não conseguia criar e o trio de atacantes, André, Diego Souza e Oswaldo, passava fome. Aos 25 e aos 26 minutos, o Grêmio criou duas chances, dando o alerta de que já era o senhor da partida. No primeiro lance, Everton tabelou com Artur e ficou na frente do gol para marcar o segundo. O atacante tentou colocar a bola, mas a Magrão fez um milagre na Arena. Na sequência, Fernandinho recebeu a bola pela esquerda e chutou forte e rasteiro. Ramiro e Everton vinham na segunda trave, mas não conseguiram alcançar o cruzamento.

Aos 34, o jogador que desequilibrou o confronto apareceu novamente. Edilson deu duas meias-luas em marcadores diferentes no lado direito e cruzou para Everton, que só teve o trabalho de encostar na bola para fazer 2 a 0 e consolidar de vez o domínio gremista do jogo. A vantagem confortável foi levada para o intervalo, mas ainda faltavam mais 45 minutos para o Grêmio validar o resultado.

Passeio gremista no segundo tempo 

Ao melhor estilo Luxemburgo, o Sport retornou para o segundo tempo com duas mudanças, um claro sinal de que o técnico não gostou da equipe no primeiro tempo. Sem mudanças, o Grêmio voltou do vestiário com o objetivo de ao menos preservar a vitória parcial de 2 a 0.

Apesar das modificações do Sport, o Grêmio passou incólume pelos primeiros 10 minutos da etapa complementar. Com um adversário mais agressivo, o Tricolor teria a chance de explorar os contra-ataques, usando a velocidade de Everton e Fernandinho.

O jogo voltou a ficar movimentado a partir dos 22 minutos. Ramiro foi derrubado por Samuel Xavier dentro da área e o árbitro da linha de fundo assinalou falta. O lance foi confirmado como penalidade pelo árbitro André Luiz Freitas de Castro. Na cobrança, Fernandinho bateu forte no canto esquerdo de Magrão, que ainda tocou na bola, mas não o suficiente para impedir que a vitória se transformasse em goleada: 3 a 0.

Dois minutos depois, o Grêmio se aproveitou de um cochilo da defesa do Sport e chegou ao quarto gol. Arthur lançou Ramiro na meia-direita, que de cabeça fez assistência para Fernandinho. Livre, o atacante apenas cumprimentou Magrão e fez o 4 a 0, praticamente decretando a vitória gremista na Arena.

Mas havia tempo para mais. Dionathã, que entrou na vaga de Ramiro, foi o autor do último gol da goleada. Aos 38, Fernandinho fez boa jogada pela direita e serviu o garoto na entrada da área. O camisa 54 dominou e colocou a bola no canto de Magrão. Com a vitória, o Grêmio resgatou a boa fase e agora já aparece no retrovisor do Corinthians.

Brasileirão 2017 – 22ª rodada

Grêmio 5

Marcelo Grohe; Edílson, Bressan, Kannemann e Cortez; Michel, Arthur, Ramiro (Dionathã), Léo Moura (Patric) e Fernandinho; Everton.

Técnico: Renato Portaluppi

Sport 0

Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Henriquez e Sander; Anselmo (Patric), Rithely e Wesley; Diego Souza, André e Osvaldo (Everthon Felipe).

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Gols: Edilson, aos 18/1º; Everton, aos 34/1º; Fernandinho, aos 22/2º e aos 24/2º; Dionathã, aos 38/2º;

Cartões Amarelos: Ronaldo Alves (S); Samuel Xavier (S); Diego Souza (S); Cortez (G);

Arbitragem: André Luiz de Freitas Castro (GO), auxiliado por Fabrício Vilarinho da Silva (GO-Fifa) e Leonel Carvalho Rocha (GO)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Expectativa da Secretaria da Fazenda é quitar em dia vencimentos de até R$ 1,3 mil

Foto: Departamento de Trânsito de Lajeado / Divulgação

O veículo havia sido furtado nas imediações

arma

Há uma suspeita de que o crime possa estar relacionado ao envolvimento com drogas

Foto: Divulgação

Região pode ter máxima de 32°C