Giro do Vale / País / Saúde

Brasil registra 28 mortes por febre amarela nos últimos sete dias

Balanço desde julho de 2017 aponta 213 casos confirmados e 81 óbitos

O Ministério da Saúde (MS) divulgou, na última terça-feira, dia 30, dados atualizados sobre os registros de febre amarela no país. Desde o dia 23, quando foi apresentado o último balanço, foram mais 83 casos de febre amarela, com 28 mortes confirmadas.

Ao todo, entre os dias 1º de julho de 2017 e 30 de janeiro de 2018, foram confirmados 213 casos de febre amarela no país e 81 mortes. A pasta também detalhou que 1.080 casos suspeitos foram analisados, sendo que 432 foram descartados e 435 continuam em investigação.

A circulação do vírus da febre amarela em áreas mais amplas do que vinha sendo observado nos anos anteriores – incluindo cidades com maior concentração de pessoas – tem gerado preocupação na população e busca por vacina em postos de saúde. Por isso, o governo federal decidiu a antecipar a campanha de imunização, com doses fracionadas, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

O número de casos entre julho de 2016 e janeiro de 2017 foi maior que o que tem sido observado. Segundo o ministério, naquela época foram 468 casos confirmados e 147 óbitos. Para viabilizar ações de combate à doença, a pasta se comprometeu a encaminhar aos estados R$ 54 milhões. Do total, já foram repassados R$ 15,8 milhões para São Paulo e R$ 30 milhões para Rio de Janeiro, onde na segunda-feira o número de mortes pela doença chegou a nove, conforme informou a Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Vítima foi encontrada por um pescador, que estava em um barco.

A Brigada Militar (BM) foi acionada e fez buscas, mas o assaltante não foi encontrado.

Havia cerca de 10,5 mil aves no momento do incêndio, mas não houve perda significativa

Após ser levado a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) ele seria conduzido ao presídio.