Giro do Vale / Esporte / Inter

Lomba fecha o gol e Inter e São Luiz empatam pelo Gauchão

Goleiro faz defesas difíceis em 0 a 0 no Estádio do Vale.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter voltou a empatar pelo Gauchão. Novamente usando um time reserva, a equipe colorada teve diante de si um bem postado São Luiz, que chegou a criar as melhores oportunidades do jogo deste domingo, terminado 0 a 0 no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo. A partida foi válida pela nona rodada do Gauchão.

Com o resultado, o Inter volta a assumir provisoriamente a liderança do Gauchão, com os mesmos 17 pontos do Brasil de Pelotas, mas com saldo melhor e um jogo a mais. O São Luiz permanece em sexto, com 10 pontos. O Inter volta a campo nesta quinta-feira, quando enfrenta o Cianorte, pela Copa do Brasil. Pelo Gauchão, o time colorado volta a campo na outra semana, quando enfrenta o Cruzeiro, mesmo adversário do São Luiz, no próximo domingo.

Marcelo Lomba reserva?

Foi o São Luiz que partiu para cima no início da partida. Sem se fazer de rogado, a equipe de Ijuí adiantou a marcação e aproveitou-se da falha de entrosamento da zaga colorada para aprontar no ataque. Só não foi perfeito porque esbarrou num inspirado goleiro Marcelo Lomba.

As chances se avolumaram entre 5 e 10 minutos. Foram três gritos de “uh” da torcida. A primeira e mais clara foi com Michel. Lançado por trás da zaga, ele recebeu na entrada da área e bateu já partindo para o abraço. A mão de Lomba, porém, evitou o gol. Na cobrança de escanteio na sequência, a bola se ofereceu para Éder, que prensou com Moledo na pequena área.

O gol, de novo, não saiu por pouco aos 10. Depois de jogada pela direita, Lomba interveio no cruzamento e, na confusão da área a seguir, Thales chutou e Michel botou o pé, fazendo a bola sair do lado da trave. A resposta do Inter veio aos 14. Wellington Silva fez boa jogada pela esquerda, se livrou de dois na marcação e cruzou. A bola beijou o travessão ao sair.

Marcelo Lomba voltou a brilhar aos 19. Michel cabeceou como um bom centroavante, para baixo e no canto. Só que Lomba foi lá e espalmou. Aos 34, o Inter chegou relativamente perto depois de cobrança de falta de Camilo. A bola foi passando por todo mundo até que se perdeu na linha de fundo, mas chute a gol mesmo só aos 41. Após boa troca de passes, a bola sobrou para Camilo, na entrada da área. Ele mandou rasteiro e o goleiro Jonatas fez sua primeira defesa na partida.

Nico melhora o Inter, mas não tira o 0 do placar

O Inter voltou com maior ímpeto ofensivo do vestiário. Marcinho, que entrara no lugar de Ruan, protagonizou o primeiro lance ofensivo de mais força – e polêmico. Ele recebeu na ponta direita, buscou o drible e ficou no chão. O árbitro, porém, mandou seguir. Na sequência, os colorados trocaram diversos passes na frente da área do time de Ijuí, que manteve a defesa bem postada e escapou de perigos maiores.

Passada a pressão inicial, Odair Hellmann fez a segunda alteração no Inter, trocando Wellington Silva por Nico López, aos 19. Em seguida à mudança, contudo, quem chegou com força foram os rivais. Depois de cobrança de escanteio, Henrique cabeceou forte. Marcelo Lomba brilhou de novo e espalmou.

Nico foi criar uma boa chance aos 27. Ele fez jogada na ponta esquerda e cruzou na medida para Roger. Sozinho, o centroavante subiu e cabeceou ao lado do gol. A dupla voltou a tabelar cinco minutos depois, desta vez pelo chão. Roger chegou a deixar um dos marcadores no chão, mas apareceu outro. Ele, então, puxou para a perna esquerda e chutou.

Aos 37, Henrique cometeu falta e foi expulso, transformando o jogo num ataque contra defesa. A equipe de Ijuí fechou-se e evitou perigos maiores. Na principal conclusão colorada, Richard – que entrou no lugar de Camilo – arriscou quase da intermediária e fez o goleiro se esticar para buscar no canto. Nos acréscimos, Tairone ainda cometeu falta forte em Nico López e foi expulso.

Gauchão – 9ª rodada

Inter 0

Marcelo Lomba; Ruan (Marcinho), Rodrigo Moledo, Thales e Uendel; Charles, Gabriel Dias, Welington Silva (Nico López), Juan Alano e Camilo (Richard); Roger. Técnico: Odair Hellmann

São Luiz 0

Jonatas; Maicon, Tairone, Ricardo e Márcio Goiano; Henrique, Prill, Éder (Danilo) e Gustavo Xuxa (Rudiero); Michel e Hugo Sanches (Thomas). Técnico: Paulo Henrique Marques

Cartões amarelos: Charles e Nico López; Maicon, Henrique, Michel

Expulsões: Henrique e Tairone

Árbitro: Érico Andrade

Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Ele foi detido por uma guarnição da Brigada Militar (BM) na Estação Rodoviária, no Florestal, onde aguardava um ônibus.

Condutor do veículo que atropelou a vítima, deixou o local sem prestar socorro.

Tempo fica instável, mas sol aparece com nuvens em várias cidades.

Com decisão, ex-presidente seguirá preso para cumprir condenação no caso do triplex.