Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter joga mal e perde para o Flamengo no Maracanã por 2 a 0

Colorado ainda perdeu William Pottker, expulso, para o Gre-Nal.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter teve uma tarde para esquecer no Maracanã. Com escolhas questionáveis do técnico Odair Helmman, o time teve uma atuação ruim e foi batido pelo Flamengo por 2 a 0, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Lucas Paquetá e Everton Ribeiro marcaram os gols no segundo tempo.

Além do resultado negativo, o Inter voltará do Rio de Janeiro com um desfalque para o Gre-Nal. O atacante William Pottker foi expulso e não vai enfrentar o Grêmio no próximo sábado, às 16h, na Arena.

A derrota ainda deixa o Inter em situação ruim na tabela do Campeonato Brasileiro. Após quatro jogos o Colorado soma quatro pontos com apenas uma vitória e deixou o grupo dos 10 primeiros colocados no complemento da rodada.

O jogo

O técnico Odair Hellmann apostou na entrada de Gabriel Dias para substituir o lesionado Edenilson. O treinador também mexeu no posicionamento da equipe e escalou o Inter no 4-1-4-1 com Dias e Patrick à frente de Rodrigo Dourado. D’Alessandro foi escalado aberto pelo lado direito com Pottker sendo deslocado para a esquerda.

Desde os primeiros minutos ficou clara a estratégia de Odair Hellmann. Com maior poder de marcação no centro do campo, ele tentou bloquear as ações de Everton Ribeiro e Lucas Paquetá. A ideia era tomar a bola e tentar organizar com D’Alessandro as saídas em busca de Damião e Pottker. Na prática, porém, não funcionou. O Inter conseguiu ter duas boas chances de gol, mas foi completamente dominado ao longo do primeiro tempo.

O Inter até iniciou bem o jogo e teve a primeira chance de gol aos 12 minutos. Fabiano cruzou do lado direito e encontrou Leandro Damião no segundo pau, que cabeceou para defesa de Diego Alves. Na sequência, entretanto, o Flamengo assumiu o controle do jogo.

O Rubro Negro se postou no campo do Inter, que tinha dificuldade para sair. Com Pottker mal no jogo, o Colorado ficou quase sem opção de velocidade para as saídas. Patrick e Gabriel Dias até cumpriram a função de desarmar, mas não poucas vezes entregaram de volta a bola para jogadores do Flamengo.

O time carioca teve volume de jogo, mas poucas chances. Muito disso em razão da boa atuação da dupla de zaga colorada formada por Moledo e Cuesta. A primeira oportunidade carioca ocorreu aos 21. A jogada teve início no lado esquerdo e chegou até o direito, onde Geuvânio cruzou e o lateral Rodinei apareceu dentro da área para finalizar. O gol só não saiu pela boa defesa de Danilo Fernandes.

O Flamengo voltou a chegar com perigo novamente pelo lado direito. Dessa vez Rodinei cruzou e Henrique Dourado apareceu. Rodrigo Moledo conseguiu chegar junto com o centroavante flamenguista, que chutou prensado e mandou raspando à trave esquerda. Mesmo mal na partida, o Inter ameaçou novamente nos acréscimos. Em uma rara boa saída pelo lado esquerdo, Pottker cruzou para Damião, que cabeceou procurando o ângulo, mas Diego Alves, bem colocado, fez a defesa.

Gols no segundo tempo

Odair não trocou nomes, só que mexeu no posicionamento do Inter para o segundo tempo. O treinador abriu Gabriel Dias pelo lado direito e centralizou D’Alessandro. O Flamengo seguiu melhor na etapa final, mas o Colorado conseguiu ter mais volume de jogo e ações no campo ofensivo.

No começo do segundo tempo, os dois times tiveram chances para abrir o placar. A primeira foi flamenguista, aos 7, com Geuvânio, que bateu cruzado para defesa de Danilo Fernandes. O Inter respondeu em falta batida por D’Alessandro, que Dourado cabeceou e Diego Alves defendeu.

Com o Flamengo tendo dificuldades para finalizar, técnico interino Maurício Barbieri chamou Paolo Guerrero aos 12 minutos. O peruano, assim, voltava a campo após 199 dias de suspensão por ter sido flagrado em exame antidoping nas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Logo após a entrada de Guerrero, Odair Hellmann também mexeu no ataque do Inter. Lucca foi chamado. No entanto, foi a mudança do Flamengo que deu melhor resultado.

A entrada de Guerrero animou a torcida, que passou a empurrar mais o Flamengo. O peruano teve chance para marcar em falta aos 22 minutos. O chute passou à direita do gol de Danilo Fernandes. Três minutos depois, em mais uma falta, veio o gol do rubro-negro. Dessa vez foi Lucas Paquetá quem fez a cobrança, que estourou na barreira. O garoto pegou o rebote e bateu de primeira, a bola ainda desviou no caminho e morreu no fundo das redes, 1 a 0.

Logo após o gol, Odair Hellmann fez a mudança esperada. Tirou Gabriel Dias e colocou em campo o atacante o Brenner. O problema para o técnico do Inter foi na seuência, aos 32, William Pottker se envolveu em confusão. Primeiro, trocou empurrões com Lucas Paquetá e, depois, fez um movimento brusco com a cabeça em direção a Vinicius Jr., que caiu. O árbitro Luiz Flavio de Oliveira entendeu o gesto como uma agressão e deu o cartão vermelho para o atacante colorado, que mais uma vez não enfrentará o Grêmio.

Com um jogador a menos, o Inter tentou atacar e acabou dando espaços. Aos 41, Everton Riveiro partiu em velocidade, passou por Dourado e Iago e bateu da entrada da área superar Danilo Fernandes e definir o placar da partida, 2 a 0.

Brasileirão – 4ª rodada

Flamengo – 2

Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Lucas Paquetá, Cuéllar, Éverton Ribeiro, Geuvânio e Vinícius Junior; Henrique Dourado (Guerrero).

Técnico: Maurício Barbieri.

Inter – 0

Danilo Fernandes; Fabiano, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Dourado; D’Alessandro, Gabriel Dias (Brenner), Patrick, William Pottker; Leandro Damião. Técnico: Odair Hellmann.

Gols: Lucas Paquetá

Cartões amarelos: Henrique Dourado, Lucas Paquetá, Vinicius Jr., Geuvânio (FLA); Rodrigo Dourado, Fabiano (INT)

Cartão vermelho: Pottker (INT)

Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira (SP/Fifa), auxiliado Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Fabio Rogerio Baesteiro

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

O homem fugiu e a vítima foi até a Delegacia de Polícia denunciar a situação

Familiares encontraram a vítima caída em um galpão da propriedade, em Linha Paisandu.

Máximas ficam mais amenas no Estado, inclusive no litoral Norte

Vigilância Sanitária havia solicitado alterações no local. Após adequações, cirurgias serão retomadas a partir de segunda-feira, dia 18