Giro do Vale / Destaque / Estrela / Polícia

Manifestante é baleado durante protesto de caminhoneiros em Estrela

Brigada Militar prendeu o atirador na BR-386 em Bom Retiro do Sul.

Foto: Reprodução WhatsApp

Um homem de 40 anos, natural de Teutônia, foi baleado na manifestação dos caminhoneiros, em Estrela. O fato ocorreu na RSC-386, nas imediações do acesso ao Porto de Estrela, por volta das 13h.

Conforme os manifestantes que presenciaram o ato, ao furar o bloqueio em Estrela o motorista de uma caminhonete D20, com placa de Porto Alegre, teria alvejado um dos manifestantes. O homem, de 60 anos, é morador da Capital.

O manifestante ferido no abdômen, foi levado ao Hospital Estrela, onde recebe atendimento médico. Ainda não há informações sobre o seu estado de saúde.

Brigada Militar prendeu o atirador na BR-386. (Foto: Agora no Vale)

Prisão

O condutor da caminhonete foi detido minutos depois na BR-386, em Bom Retiro do Sul, pela Brigada Militar de Fazenda Vilanova. A situação está sendo registrada e a apuração do caso ficará a cargo do delegado de Polícia Civil de Estrela, José Romaci Reis. A arma que ele utilizava está registrada em seu nome.

Justificativa do motorista

De acordo com o policiamento militar de Fazenda Vilanova, que atende à ocorrência, o condutor diz que o seu carro foi alvejado por cones na concentração de motoristas em Lajeado, no Km 341 da BR-386. Ainda segundo o idoso, na altura de Estrela, os manifestantes impediram a passagem do seu veículo, o tirando do carro e o agredindo. Esse teria sido o momento em que ele teria feito dois disparos. Já segundo um dos manifestantes, que não se identifica, o homem que teria provocado o grupo.

 

Grupo Independente

Veja mais imagens

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Comentários

  1. um aí disse:

    A arma está registrada, mas ele tem permissão pra portar a arma? Pelo que sei o cidadão pode registrar uma arma e ter em casa, mas não portar.

  2. Alguem disse:

    Está ai um dos porques nao eh qualquer pessoa que pode ter uma arma,pensa se tudo passar a ser resolvido dessa forma.

Publicidade

Últimas Notícias

O motociclista negou o teste do etilômetro, sendo autuado administrativamente.

Na justificativa da proposta, o senador Airton Sandoval cita estudos feitos em países diversos que vinculam a adoção do horário de verão com o desenvolvimento de problemas de saúde.

Máxima pode chegar aos 30°C em algumas cidades do Estado

Indivíduo, que ainda não teve a identidade confirmada, teria sido alvejado por quatro disparos de arma de fogo.