Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Geral

Trecho da ERS-129 em Bom Retiro do Sul deve receber pavimentação asfáltica

Administração de Bom Retiro do Sul e DAER assinam convênio para realização da obra em um trecho de 2 Km.

Silvio, Edmilson, Rogério e Leur na assinatura do convênio. (Foto: Fernando Dias / Divulgação)

Na tarde da sexta-feira, dia 22, o prefeito de Bom Retiro do Sul Edmilson Busatto, esteve no Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER), em Porto Alegre, para assinar um convênio de R$ 2,1 milhões  para pavimentar cerca de 2 km da ERS-129, entre o Bairro Goiabeira e a  localidade de Pedreira.

Participaram do encontro o Rogério Uberti, Diretor Geral do DAER, Leur  Faleiro, Coordenador de Indústria e Comércio do município, e o vereador Silvio Roberto Portz (MDB).

O prefeito classificou essa notícia como uma grande conquista para a comunidade, que segundo ele, há anos reivindicava esta obra que trará mais segurança, além de melhorar substancialmente a mobilidade urbana.

“Desde que assumimos a administração sabíamos que isso seria possível.  Falávamos em época de campanha que um de nossos desejos seria ao menos tentar. Batalhamos e hoje temos a felicidade de anunciar o começo da realização deste sonho da comunidade. Com o apoio dos deputados estadual Edson Brum (MDB) e federal Alceu Moreira (MDB), do vereador Silvio Portz, e do empenho competente de toda a nossa administração, que trabalha neste projeto desde 2017, temos a alegria de anunciar que firmamos com o DAER o convênio para a pavimentação de 2 km da ERS-129, entre o Bairro  Goiabeira, passando pela Saibreira, até a Pedreira. É uma obra importante que vai trazer benefícios para todos que moram neste local e para todos que utilizam a rodovia”, destacou Edmilson.

Com o convênio assinado, o DAER irá lançar o edital para a contratação da empresa que irá executar a obra de pavimentação do trecho.

Comentários

  1. Anonimo disse:

    Aleluia

Publicidade

Últimas Notícias

O motociclista negou o teste do etilômetro, sendo autuado administrativamente.

Na justificativa da proposta, o senador Airton Sandoval cita estudos feitos em países diversos que vinculam a adoção do horário de verão com o desenvolvimento de problemas de saúde.

Máxima pode chegar aos 30°C em algumas cidades do Estado

Indivíduo, que ainda não teve a identidade confirmada, teria sido alvejado por quatro disparos de arma de fogo.