Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Com reservas, Grêmio joga mal e perde para o Atlético-PR

Tricolor abriu o placar, mas cedeu virada para os paranaenses.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

O Grêmio foi derrotado pelo Atlético-PR na noite deste sábado em Curitiba por 2 a 1 em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dessa vez, o time reserva gremista não conseguiu repetir as boas atuações e acabou dominado pelos paranaenses. Cícero, de pênalti, abriu o placar para o Tricolor, mas Pablo e Jonathan viraram para o CAP.

Com a derrota, o Grêmio para nos 37 pontos e perde a chance de se aproximar dos líderes do Brasileirão. O Atlético-PR subiu para 21 e deixou a zona de rebaixamento. O próximo compromisso gremista é na terça-feira, às 21h45min, diante do Estudiantes em jogo de volta das oitavas de final da Libertadores. Uma vitória simples de 1 a 0 basta para o Tricolor avançar.

O jogo

O técnico Renato Portaluppi optou por deixar Jael e André em Porto Alegre com o grupo que treina visando o jogo com o Estudiantes pela Libertadores. Sem nenhum centroavante de ofício em Curitiba, Alisson foi escalado como homem mais adiantado do ataque gremista. A ideia era ter movimentação no setor com as constantes chegadas de Marinho e Pepê pelos lados. A estratégia funcionou logo aos 4 minutos. Cícero fez o lançamento e Pepê aproveitou o espaço deixado pela movimentação de Alisson para receber livre. Ele dominou e bateu acertando a trave.

Logo depois, o Grêmio chegou ao seu gol. Aos 7, Paulo Miranda foi empurrado por Léo Pereira após cobrança de falta. O árbitro Marcelo Aparecido de Souza viu e marcou pênalti. Coube a Cícero bater e mostrou qualidade. Ele esperou o goleiro Santos cair no lado direito e bateu no esquerdo para abrir o placar, 1 a 0. Cícero quebrou, assim, uma sequência  ruim do Grêmio, que tinha desperdiçado suas quatro cobranças de pênaltis no Brasileirão.

A vantagem do Grêmio, porém, durou pouco. Aos 12, Pablo recebeu passe de Lucho González dentro da área, fez o giro sobre a marcação de Bressan e chutou sem chances para Paulo Victor, 1 a 1.

O gol animou o Atlético-PR, que partiu para cima do Grêmio. A equipe da casa conseguiu exercer uma pressão, mas sem finalizações perigosas. A melhor chance veio em escanteio aos 23. A bola desviou em Marcelo Oliveira e quase foi no gol de Paulo Victor.

Nos minutos finais do primeiro tempo, o Grêmio conseguiu tirar o Atlético-PR do seu campo. As duas equipes voltaram a ter chances já nos acréscimos. Aos 46, Alisson chutou colocado, mas a bola desviou no caminho e foi afastada por Léo Pereira. No contra-ataque, Nikão arriscou da entrada da área e mandou raspando a trave esquerda de Paulo Victor.

Segundo tempo

Os dois times voltaram para a etapa final sem mudanças. E o ritmo do jogo caiu no começo do segundo tempo. Nenhuma das equipes conseguia criar chances. A partida teve apenas uma finalização nos primeiros 15 minutos, do Atlético-PR com Nikão, mas sem perigo.

Os treinadores começaram então a mexer nas equipes. Tiago Nunes fez logo duas mudanças aos 15 minutos. Entraram Bruno Guimarães e Bruno Nazário nos lugares de Wellington e Nikão. Renato respondeu dois minutos depois com Thonny Anderson na vaga de Marinho. Thonny Anderson entrou como centroavante, o que mexeu no posicionamento de Alisson, que passou a jogar aberto pelo lado direito.

Renato nem teve tempo de ver o resultado de suas mudanças, pois aos 25 minutos o Atlético-PR virou. Jonathan fez a jogada pelo lado direito e invadiu a área do Grêmio. O lateral deixou Marcelo Oliveira para trás e só teve o trabalho de tocar na saída de Paulo Victor: 2 a 1.

Logo após o gol, Renato fez outra troca. Douglas, de atuação discreta, saiu para a entrada do garoto Jean Pyerre. Lincolm ainda entrou no lugar de Thaciano, mas o Grêmio seguiu com dificuldades para criar. Thonny Anderson, em falta de dois toques, fez a única finalização tricolor.

O Atlético-PR foi quem conseguiu ser mais perigoso em dois contra-ataques em que Paulo Miranda apareceu na hora certa para salvar. Mas o placar da partida estava mesmo definido: Atlético-PR 2 x 1 Grêmio, resultado que tira o time paranaense da zona de rebaixamento do Brasileirão.

Campeonato Brasileiro – 21ª rodada

Atlético-PR  (2)

Santos; Jonathan, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington (Bruno Guimarães), Lucho González, Raphael Veiga (Marcio Azevedo) e Nikão (Bruno Nazário); Marcinho e Pablo.

Técnico: Tiago Nunes

Grêmio  (1)

Paulo Victor, Léo Gomes, Paulo Miranda, Bressan e Marcelo Oliveira; Thaciano (Lincoln), Cícero, Marinho (Thonny Anderson), Douglas (Jean Pyerre), Pepê e Alisson

Técnico: Renato Portaluppi.

Gols: Pablo (12min/1T) Jonathan (25min(2/T); Cícero (7min/1T)

Cartões amarelos: Nikão (CAP); Paulo Miranda, Marinho, Bruno Nazário (GRE)

Arbitragem: Marcelo Aparecido de Souza, auxiliado por Anderson José Coelho e Bruno Salgado Rizo.

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

O motociclista negou o teste do etilômetro, sendo autuado administrativamente.

Na justificativa da proposta, o senador Airton Sandoval cita estudos feitos em países diversos que vinculam a adoção do horário de verão com o desenvolvimento de problemas de saúde.

Máxima pode chegar aos 30°C em algumas cidades do Estado

Indivíduo, que ainda não teve a identidade confirmada, teria sido alvejado por quatro disparos de arma de fogo.