Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Com reservas, Grêmio vence o Flamengo e recupera confiança antes da Libertadores

Jael foi o grande nome da partida com um gol e uma assistência para Marinho.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

A noite deste sábado foi perfeita para o técnico Renato Portaluppi, que conseguiu poupar seus titulares visando à Libertadores da América e ainda assim viu o Grêmio vencer o Flamengo na Arena em jogo válido pela 17ª rodada do Brasileirão. Com gols de Jael e Marinho, o Tricolor bateu o líder do campeonato por 2 a 0 e recuperou a confiança após o frustrante empate contra o mesmo Flamengo pela Copa do Brasil na última quarta-feira.

Com a vitória, o Grêmio sobe para o terceiro lugar no Campeonato Brasileiro e diminui para quatro pontos a distância para o líder Flamengo – 34 a 30. O Tricolor volta a campo nesta terça-feira diante do Estudiantes, na Argentina, em partida de ida das oitavas de final da Libertadores. Pelo Brasileirão, o próximo compromisso é gremista é no dia 12 de agosto, contra o Vitória na Arena.

O jogo

O técnico Renato Portaluppi repetiu a estratégia da partida contra a Chapecoense no último final de semana escalou a equipe reserva para enfrentar o Flamengo. Cortez, que não atuou na quarta-feira pela Copa do Brasil, foi o único titular escalado. No lado carioca, Maurício Barbieri optou por poupar apenas três titulares: Réver, Léo Duarte e Diego.

Com a maioria dos titulares em campo, o Flamengo teve o controle da bola ao longo de todo o primeiro tempo na Arena. O Rubro-Negro, porém, praticamente não ameaçou o gol de Paulo Victor. O Grêmio reserva tinha muitas dificuldades, em vários momentos correu atrás da bola e teve de apelar para faltas para parar os cariocas, mas conseguiu ser objetivo.

Mesmo sem jogar bem, o Grêmio teve uma grande chance para marcar aos 24 minutos. Cortez cruzou e a bola bateu no braço de Rodinei na área. O árbitro Rafael Traci marcou pênalti. Mesmo com Douglas em campo, Jael foi para a cobrança. E bateu muito mal. Em chute fraco do camisa 9, o goleiro Diego Alves pulou no canto certo e fez a defesa para manter o placar em 0 a 0.

Somente após o pênalti perdido por Jael que o Flamengo finalizou pela primeira vez. E nem foi um lance perigoso. Vitinho bateu falta e acertou a barreira, Lucas Paquetá pegou o rebote e chutou fraco para defesa tranquila de Paulo Victor. Aos 33 minutos, o Grêmio perdeu Bressan, por lesão. Renato Portaluppi mandou o jovem volante Matheus Henrique a campo. Com isso, Jaílson foi atuar na zaga.

Mesmo com improvisações e claramente sem entrosamento, o Tricolor conseguiu seu gol. No último lance do primeiro tempo, Léo Gomes deu um belo cruzamento e encontrou Jael e Marinho na área. Os dois jogadores foram na bola, mas foi o camisa 9 foi quem cabeceou para se redimir do pênalti perdido e abrir o placar, 1 a 0. No lance, Jael se chocou com Marinho e sofreu um corte no rosto. Sangrando, Jael saiu correndo para comemorar em uma imagem para ficar marcada na Arena.

Gol no último minuto do primeiro tempo, gol no segundo minuto da etapa final. Logo a 2 do segundo tempo, o Grêmio ampliou sua vantagem. E novamente teve Jael como protagonista. Dessa vez, o camisa 9 deu assistência que encontrou Marinho, que teve calma para desviar de Diego Alves e ampliar a vantagem gremista, 2 a 0.

O segundo gol do Grêmio logo no começo da etapa final desarrumou o Flamengo. O clube carioca não conseguiu repetir o seu bom toque de bola do primeiro tempo e passou a oferecer espaços para o contra-ataque gremista. O técnico Mauricio Barbieri até tentou tornar o time mais vertical com Geuvânio no lugar de Jean Lucas, mas a troca não teve efeito.

Diante de um Flamengo já desorganizado defensivamente, Pepê teve a chance para o terceiro aos 14 minutos. A oportunidade veio após uma grande jogada de Jael, que carregou a bola até encontrar o meia-atacante, que bateu cruzado para defesa de Diego Alves.

Barbieri ainda tentou mais duas mudanças. Primeiro, Marcelo Moreno entrou no lugar do discreto Vitinho. Depois, o herói flamenguista na última quarta-feira Lincoln ingressou na vaga de Everton Ribeiro, mas nada foi suficiente para ameaçar a vitória do Grêmio, que mostrou maturidade para controlar o adversário e manter o controle da partida. Final de jogo: Grêmio 2 x 0 Flamengo.

Brasileirão 2018 – 17ª Rodada

Grêmio – 2

Paulo Victor; Léo Gomes, Paulo Miranda, Bressan (Matheus Henrique) e Cortez; Jailson, Thaciano, Marinho (Alisson), Douglas e Pepê (Thonny Anderson); Jael.. Técnico: Renato Portaluppi

Flamengo – 0

Diego Alves; Rodinei, Juan, Thuler e Renê; Cuéllar; Everton Ribeiro (Lincoln), Jean Lucas (Geuvânio), Paquetá e Vitinho (Marlos Moreno), Uribe. Técnico: Maurício Barbieri.

Gols: Jael (45min/1T); Marinho (2min/2T)

Cartões amarelos: Jaílson, Matheus Henrique, Thaciano (GRE); Juan, Cuéllar, Renê (FLA)

Arbitragem: Rafael Traci, auxiliado por Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta (trio do Paraná)

Local: Arena, em Porto Alegre

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Motorista perdeu o controle da direção em uma curva. Num primeiro momento, não foi verificado vazamento

Foram contabilizados 73 acidentes em todo o estado. O número de feridos chegou a 92

Em revista, foram localizados 12 invólucros de substância semelhante a cocaína

O lote inclui restituições residuais de 2008 a 2017