Giro do Vale / Estado / Geral

Estado inicia pagamento da folha de agosto quitando salários de até R$ 1.300

Serão 77,2 mil vínculos atendidos antes da virada do mês, o que representa 23% do funcionalismo

O governo do Rio Grande do Sul inicia o pagamento da folha do mês de agosto quitando, nesta sexta-feira, dia 31, os salários para quem ganha líquido até R$ 1.300. Desta maneira, serão contemplados 77,2 mil vínculos, o que representa 23% do funcionalismo ligado ao Executivo. Também será depositada a oitava parcela já corrigida do 13º salário de 2017 para todos os servidores, assim como a indenização pelos dias de atraso dos vencimentos de julho.

Após os ajustes no fluxo financeiro adotadas ao longo da semana, a Secretaria da Fazenda reuniu em caixa um total de R$ 201,6 milhões.  Para pagar salários de até R$ 1.300 foram necessários R$ 82,1 milhões. A parcela do 13º salário representa outros R$ 118 milhões e mais R$ 1,5 milhão corresponde à indenização por conta do atraso da folha anterior. Os créditos estarão disponíveis nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira, dia 31.

Próximo pagamento

Considerando o calendário de recolhimento do ICMS e a variação dos saldos do caixa único, a Fazenda está programando quitar até 13 de setembro os salários líquidos de até R$ 7 mil. Com este valor, serão 90% dos vínculos com a folha integralizada até esta data, o que representa 308.700 matrículas. A quitação aos servidores que ganham acima deste salário líquido será efetuada de acordo com o comportamento da receita a partir desta data.

A parte líquida da folha de agosto fechou em R$ 1,208 bilhão, sem considerar os valores das consignações. Ao todo, o Executivo contempla mais de 341,4 mil vínculos entre ativos, inativos e pensionistas.

 

rs.gov.br

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Homem é apreendido com crack em Teutônia

Próximo a ele, enterrado em um monte de saibro, foram localizadas 21g de cocaína e 221g de maconha

Motoqueiro colidiu na lateral do automóvel na Avenida Benjamin Constant

Apostas podem ser feitas até às 19h

Escolas, creches e postos de saúde permanecerão com expediente normal