Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter confirma contratação de Paolo Guerrero

Jogador desembarcará em Porto Alegre na quarta-feira.

Foto: Inter / Divulgação

Acabou a “novela”. Paolo Guerrero é jogador do Inter. Dias após o vice de futebol, Roberto Melo, revelar que o Colorado desejava contar com o atleta na disputa do Brasileirão, obter os recursos necessários para fazer a oferta e concretizar a negociação, no sábado, o clube anunciou a transferência oficialmente através das suas redes sociais.

O pensamento da direção é reforçar o grupo e mostrar que o Inter volta a ser competitivo no mercado de negociações, abandonando a estratégia de contratar atletas que não exigiam valores para a liberação. Além disso, demonstra desejo de se firmar entre os primeiros colocados da competição e passar a trabalhar o título como algo bem tangível.

Guerrero chega para ser o titular da posição, mas terá que provar nos treinamentos que o período sem jogar – após a Copa ele atuou apenas em quatro oportunidades – não afetou sua perfomance e que está pronto para ajudar na reta final do Brasileirão. No Inter, ele terá a concorrência de Leandro Damião, Jonatan Alvez, Brenner e William Pottker, que foi utilizado na função e vem marcando gols.

O acerto

Na última quarta-feira, a direção acertou todos os detalhes. No encontro, acenou com um contrato de três anos e uma remuneração que pode chegar a R$ 800 mil mensais entre prêmios e salários. Com isso, o jogador aceitou abrir mão da vida no Rio de Janeiro e se transferir para Porto Alegre.

O Colorado tinha a concorrência do Flamengo, que esperou até próximo do final do contrato para começar a negociar e não aceitava um novo contrato de, no mínimo dois anos e meio, e o Al-Wehda, do técnico Fábio Carille, que queria levá-lo para a Arábia Saudita. “É um dos grandes atacantes da América do Sul. Para fazer uma contratação deste nível, é preciso fazer algumas concessões”, revelou uma fonte ligada a diretoria colorada.

O executivo de futebol do Inter, Rodrigo Caetano, que levou o atleta para o Flamengo e o chamou de craque na apresentação do atacante, em 7 de julho de 2015 teve participação importante na nova negociação e garantiu que o jogador chegará a Porto Alegre em condições físicas para as necessidades do futebol brasileiro.

Inter é o sétimo clube

A estreia de Guerrero no rubro-negro carioca foi justamento contra o Inter e terminou com vitória dos cariocas com gol e assistência do peruano. O Flamengo foi o sexto clube do peruano, contando o Alianza Lima, onde iniciou a trajetória em 1992.

Ainda na base, se transferiu para o Bayern de Munique. Em 2006, foi para o Hamburgo e ficou mais seis anos. Em 2012, chegou ao Brasil para vestir a camisa do Corinthians e, já no primeiro ano, conquistou o Mundial de Clubes marcando gols na semifinal e na final. Segundo o site Futdados, foram 126 com 52 gols e 13 assistências.

Três anos depois, se transferiu para o Flamengo em 29 de maio de 2015. Após o bom início, Guerrero passou cinco meses sem balançar as redes. Mesmo assim, marcou 14 gols em 36 jogos e deu oito assistências. No ano seguinte, foram 43 jogos, 18 gols e quatro passes para gol. Em 2017, foram 44 partidas, 20 tentos e seis assistências.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

A moto furtada está avaliada em cerca de R$ 15 mil

Escolas e serviços essenciais, de urgência e emergência, terão expediente normal

O Leilão ocorrerá às 10h, no Auditório do Centro Administrativo

Segundo presidente eleito, projeção foi feita pelo economista Paulo Guedes