Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter confirma contratação de Paolo Guerrero

Jogador desembarcará em Porto Alegre na quarta-feira.

Foto: Inter / Divulgação

Acabou a “novela”. Paolo Guerrero é jogador do Inter. Dias após o vice de futebol, Roberto Melo, revelar que o Colorado desejava contar com o atleta na disputa do Brasileirão, obter os recursos necessários para fazer a oferta e concretizar a negociação, no sábado, o clube anunciou a transferência oficialmente através das suas redes sociais.

O pensamento da direção é reforçar o grupo e mostrar que o Inter volta a ser competitivo no mercado de negociações, abandonando a estratégia de contratar atletas que não exigiam valores para a liberação. Além disso, demonstra desejo de se firmar entre os primeiros colocados da competição e passar a trabalhar o título como algo bem tangível.

Guerrero chega para ser o titular da posição, mas terá que provar nos treinamentos que o período sem jogar – após a Copa ele atuou apenas em quatro oportunidades – não afetou sua perfomance e que está pronto para ajudar na reta final do Brasileirão. No Inter, ele terá a concorrência de Leandro Damião, Jonatan Alvez, Brenner e William Pottker, que foi utilizado na função e vem marcando gols.

O acerto

Na última quarta-feira, a direção acertou todos os detalhes. No encontro, acenou com um contrato de três anos e uma remuneração que pode chegar a R$ 800 mil mensais entre prêmios e salários. Com isso, o jogador aceitou abrir mão da vida no Rio de Janeiro e se transferir para Porto Alegre.

O Colorado tinha a concorrência do Flamengo, que esperou até próximo do final do contrato para começar a negociar e não aceitava um novo contrato de, no mínimo dois anos e meio, e o Al-Wehda, do técnico Fábio Carille, que queria levá-lo para a Arábia Saudita. “É um dos grandes atacantes da América do Sul. Para fazer uma contratação deste nível, é preciso fazer algumas concessões”, revelou uma fonte ligada a diretoria colorada.

O executivo de futebol do Inter, Rodrigo Caetano, que levou o atleta para o Flamengo e o chamou de craque na apresentação do atacante, em 7 de julho de 2015 teve participação importante na nova negociação e garantiu que o jogador chegará a Porto Alegre em condições físicas para as necessidades do futebol brasileiro.

Inter é o sétimo clube

A estreia de Guerrero no rubro-negro carioca foi justamento contra o Inter e terminou com vitória dos cariocas com gol e assistência do peruano. O Flamengo foi o sexto clube do peruano, contando o Alianza Lima, onde iniciou a trajetória em 1992.

Ainda na base, se transferiu para o Bayern de Munique. Em 2006, foi para o Hamburgo e ficou mais seis anos. Em 2012, chegou ao Brasil para vestir a camisa do Corinthians e, já no primeiro ano, conquistou o Mundial de Clubes marcando gols na semifinal e na final. Segundo o site Futdados, foram 126 com 52 gols e 13 assistências.

Três anos depois, se transferiu para o Flamengo em 29 de maio de 2015. Após o bom início, Guerrero passou cinco meses sem balançar as redes. Mesmo assim, marcou 14 gols em 36 jogos e deu oito assistências. No ano seguinte, foram 43 jogos, 18 gols e quatro passes para gol. Em 2017, foram 44 partidas, 20 tentos e seis assistências.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Também foram encontradas aproximadamente 20 buchas de crack, bem como dinheiro trocado, característico do tráfico de drogas

Estrutura tem condição de grave e iminente risco à saúde e à integridade física dos 353 trabalhadores

Criminosos, um homem e quatro mulheres, são de Porto Alegre