Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio vence o Ceará de virada na Arena

Geromel, Thonny Anderson e Luan marcaram os gols da vitória na Arena.

Foto: Lucas Uebel / Divulgação

O Grêmio venceu o Ceará, por 3 a 2, de virada, na manhã e tarde deste domingo, na Arena. A equipe de Renato Portaluppi chegou a ficar duas vezes atrás no placar, mas passou à frente em um lance de bola parada. Com a vitória, o Tricolor chegou a 47 pontos e, até os jogos das 16h, voltou a ocupar a quarta colocação. A partir das 16h, torce por um empate entre Flamengo, 45 pontos, e Atlético-MG, 42, no Maracanã, para permanecer no G-4 até o final da rodada.

No primeiro tempo, o Grêmio dominou as ações ofensivas, mas ficou duas vezes atrás do placar e conseguiu empatar com Geromel e Thonny Anderson, em duas jogadas de bola parada. O tricolor ainda teve um lance que a bola bateu na mão de um defensor, mas o árbitro entendeu como jogada normal. Na etapa final, Luan marcou, de falta, o gol da vitória.

O próximo compromisso do Grêmio no Campeonato Brasileiro é contra o Fluminense, no sábado, às 16h, no Engenhão. Já o Vovô recebe, no Castelão, a Chapecoense, no dia 30, às 19h.

Ceará passa duas vezes na frente, mas Grêmio iguala o placar

O Grêmio iniciou o jogo pressionando o adversário em seu campo defensivo. Usando as laterais e as triangulações no meio de campo, os comandados de Renato Portaluppi buscavam o gol inicial com infiltrações e também com cruzamentos para o meio da área. Já o Ceará, se defendia como podia e especulava em rápidos contra-ataques, mas sem conseguir furar o bloqueio gremista.

A primeira oportunidade ocorreu a quatro minutos, Grêmio roubou a esférica na intermediária e ela chegou a Thonny Anderson, que tirou o marcador e bateu rasteiro. A bola saiu fraca, mas perto do poste esquerdo de Everson. Quatro minutos depois foi a vez de Everton arriscar e levar perigo ao time cearense, mas, mais uma vez, a bola perto do poste.

Apesar da maior posse de bola gremista e maior presença ofensiva, foi o Ceará que abriu o placar. Aos 13, a Juninho Quixadá cruzou da esquerda de ataque, Geromel tentou cabecear, mas não encontrou a bola, que acabou batendo no joelho de Luiz Otávio e foi parar no fundo das redes. Atrás no placar, o Tricolor partiu para cima do adversário.

Sete minutos depois, após escanteio da direita de ataque cobrado por Luan, Geromel pulou sozinho, no marca do pênalti, e cabeceou no canto direito de Everson. Aos 27, sete depois do gol do Tricolor, Juninho Quixadá recebeu nas costas da defesa e chutou. Grohe espalmou para o meio da área e Arthur chutou para o fundo das redes.

Aos 32, Everton invadiu a área e, no momento do chute, caiu, pressionado pelo marcador, mas o paraense Dewson Fernando Freitas da Silva entendeu como jogada normal e mandou seguir. Quatro depois, Cícero bateu forte da intermediária e Everson espalmou para fora do gramado sobre o travessão. Everton ainda teve a oportunidade de empatar aos 40.

Após cruzamento da direita de ataque, o atacante matou no peito e chutou, sem deixar de cair, mas a bola passou rente ao poste superior de Everson. O gol de empate ocorreu aos 44. Léo Moura cruzou da direita e Thonny Anderson, sem marcação, cabeceou para o fundo das redes. Grêmio 2 a 2 Ceará.

Dois minutos depois, Luan, dentro da área, chutou e a bola bateu no braço do zagueiro de Tiago Alves. O árbitro entendeu como jogada normal e mandou seguir.

Luan garante a vitória com gol em cobrança de falta

A segunda etapa iniciou com um ritmo inferior ao primeiro, mas com as duas equipes buscando o gol. Posicionado em uma linha do gramado mais próximo do gol, o Ceará aumentou o bloqueio defensivo e obrigou ao tricolor arriscar chutes de fora da área. Cícero, Ramiro e Luan tentaram, mas com chutes desviados.

A melhor oportunidade ocorreu aos 16. Maicon rolou para a direita de ataque, na entrada da grande área, e Geromel mandou um chute forte no ângulo direito da meta do Ceará, mas Everson saltou e espalmou pela linha de fundo. Dois minutos depois, Renato retirou Ramiro e colocou o jovem Pepê.

O Grêmio seguia pressionando o Ceará, que diminuiu os contra-ataques, mas não conseguia criar oportunidades de gol. A virada ocorreu aos 24 em mais um lance de bola parada. uan cobrou falta na frente da área, pelo lado direito, e acertou o espaço entre a mão de Everson e o poste esquerdo da meta do Ceará. Grêmio 3 a 2.

Dois minutos depois, Thaciano entrou na vaga de Thonny Anderson, enquanto o Ceará tentava reagir, com mais posse de bola, mas sem criar chances claras de gols. Aos 39, Luan cruzou no segundo poste, Geromel ganhou da defesa e cabeceou perto do poste superior de Everson.

Aos 44 min, Tachiano avançou em velocidade pela esquerda de ataque e tocou para Everton, que ajeitou e bateu colocado. Everson saltou e impediu o quatro gol gremista. O Tricolor insistiu até o final, apesar do aparente cansaço pela longa série de jogos, mas não conseguiu ampliar.

Brasileirão 2018 – 26ª rodada

Grêmio 3

Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Kaio), Cícero, Ramiro (Pepê), Luan e Everton; Thonny Anderson (Thaciano).

Técnico: Renato Portaluppi.

Ceará 2

Everson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Edinho (Filipe Azevedo), Richardson, Calyson, e Juninho Quixadá (Robinho); Arthur e Leandro Carvalho (Pedro Ken).

Técnico: Lisca

Gols: Geromel (20min/1ºT), Thonny Anderson (40min/1ºT) e Luan (24min/2ºT); Luiz Otávio (13min/1ºT) e Arthur (27min/1ºT)

Cartões amarelos: Luan, Ramiro e Geromel (G) e Tiago Alves e Everson (C)

Cartões vermelhos: –

Público: 38.924

Renda: R$ 1.000.523,00

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)

Auxiliares: Helcio Araujo Neves e Luis Diego Nascimento Lopes (PA)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Homem é apreendido com crack em Teutônia

Próximo a ele, enterrado em um monte de saibro, foram localizadas 21g de cocaína e 221g de maconha

Motoqueiro colidiu na lateral do automóvel na Avenida Benjamin Constant

Apostas podem ser feitas até às 19h

Escolas, creches e postos de saúde permanecerão com expediente normal