Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio vence o Ceará de virada na Arena

Geromel, Thonny Anderson e Luan marcaram os gols da vitória na Arena.

Foto: Lucas Uebel / Divulgação

O Grêmio venceu o Ceará, por 3 a 2, de virada, na manhã e tarde deste domingo, na Arena. A equipe de Renato Portaluppi chegou a ficar duas vezes atrás no placar, mas passou à frente em um lance de bola parada. Com a vitória, o Tricolor chegou a 47 pontos e, até os jogos das 16h, voltou a ocupar a quarta colocação. A partir das 16h, torce por um empate entre Flamengo, 45 pontos, e Atlético-MG, 42, no Maracanã, para permanecer no G-4 até o final da rodada.

No primeiro tempo, o Grêmio dominou as ações ofensivas, mas ficou duas vezes atrás do placar e conseguiu empatar com Geromel e Thonny Anderson, em duas jogadas de bola parada. O tricolor ainda teve um lance que a bola bateu na mão de um defensor, mas o árbitro entendeu como jogada normal. Na etapa final, Luan marcou, de falta, o gol da vitória.

O próximo compromisso do Grêmio no Campeonato Brasileiro é contra o Fluminense, no sábado, às 16h, no Engenhão. Já o Vovô recebe, no Castelão, a Chapecoense, no dia 30, às 19h.

Ceará passa duas vezes na frente, mas Grêmio iguala o placar

O Grêmio iniciou o jogo pressionando o adversário em seu campo defensivo. Usando as laterais e as triangulações no meio de campo, os comandados de Renato Portaluppi buscavam o gol inicial com infiltrações e também com cruzamentos para o meio da área. Já o Ceará, se defendia como podia e especulava em rápidos contra-ataques, mas sem conseguir furar o bloqueio gremista.

A primeira oportunidade ocorreu a quatro minutos, Grêmio roubou a esférica na intermediária e ela chegou a Thonny Anderson, que tirou o marcador e bateu rasteiro. A bola saiu fraca, mas perto do poste esquerdo de Everson. Quatro minutos depois foi a vez de Everton arriscar e levar perigo ao time cearense, mas, mais uma vez, a bola perto do poste.

Apesar da maior posse de bola gremista e maior presença ofensiva, foi o Ceará que abriu o placar. Aos 13, a Juninho Quixadá cruzou da esquerda de ataque, Geromel tentou cabecear, mas não encontrou a bola, que acabou batendo no joelho de Luiz Otávio e foi parar no fundo das redes. Atrás no placar, o Tricolor partiu para cima do adversário.

Sete minutos depois, após escanteio da direita de ataque cobrado por Luan, Geromel pulou sozinho, no marca do pênalti, e cabeceou no canto direito de Everson. Aos 27, sete depois do gol do Tricolor, Juninho Quixadá recebeu nas costas da defesa e chutou. Grohe espalmou para o meio da área e Arthur chutou para o fundo das redes.

Aos 32, Everton invadiu a área e, no momento do chute, caiu, pressionado pelo marcador, mas o paraense Dewson Fernando Freitas da Silva entendeu como jogada normal e mandou seguir. Quatro depois, Cícero bateu forte da intermediária e Everson espalmou para fora do gramado sobre o travessão. Everton ainda teve a oportunidade de empatar aos 40.

Após cruzamento da direita de ataque, o atacante matou no peito e chutou, sem deixar de cair, mas a bola passou rente ao poste superior de Everson. O gol de empate ocorreu aos 44. Léo Moura cruzou da direita e Thonny Anderson, sem marcação, cabeceou para o fundo das redes. Grêmio 2 a 2 Ceará.

Dois minutos depois, Luan, dentro da área, chutou e a bola bateu no braço do zagueiro de Tiago Alves. O árbitro entendeu como jogada normal e mandou seguir.

Luan garante a vitória com gol em cobrança de falta

A segunda etapa iniciou com um ritmo inferior ao primeiro, mas com as duas equipes buscando o gol. Posicionado em uma linha do gramado mais próximo do gol, o Ceará aumentou o bloqueio defensivo e obrigou ao tricolor arriscar chutes de fora da área. Cícero, Ramiro e Luan tentaram, mas com chutes desviados.

A melhor oportunidade ocorreu aos 16. Maicon rolou para a direita de ataque, na entrada da grande área, e Geromel mandou um chute forte no ângulo direito da meta do Ceará, mas Everson saltou e espalmou pela linha de fundo. Dois minutos depois, Renato retirou Ramiro e colocou o jovem Pepê.

O Grêmio seguia pressionando o Ceará, que diminuiu os contra-ataques, mas não conseguia criar oportunidades de gol. A virada ocorreu aos 24 em mais um lance de bola parada. uan cobrou falta na frente da área, pelo lado direito, e acertou o espaço entre a mão de Everson e o poste esquerdo da meta do Ceará. Grêmio 3 a 2.

Dois minutos depois, Thaciano entrou na vaga de Thonny Anderson, enquanto o Ceará tentava reagir, com mais posse de bola, mas sem criar chances claras de gols. Aos 39, Luan cruzou no segundo poste, Geromel ganhou da defesa e cabeceou perto do poste superior de Everson.

Aos 44 min, Tachiano avançou em velocidade pela esquerda de ataque e tocou para Everton, que ajeitou e bateu colocado. Everson saltou e impediu o quatro gol gremista. O Tricolor insistiu até o final, apesar do aparente cansaço pela longa série de jogos, mas não conseguiu ampliar.

Brasileirão 2018 – 26ª rodada

Grêmio 3

Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Kaio), Cícero, Ramiro (Pepê), Luan e Everton; Thonny Anderson (Thaciano).

Técnico: Renato Portaluppi.

Ceará 2

Everson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Edinho (Filipe Azevedo), Richardson, Calyson, e Juninho Quixadá (Robinho); Arthur e Leandro Carvalho (Pedro Ken).

Técnico: Lisca

Gols: Geromel (20min/1ºT), Thonny Anderson (40min/1ºT) e Luan (24min/2ºT); Luiz Otávio (13min/1ºT) e Arthur (27min/1ºT)

Cartões amarelos: Luan, Ramiro e Geromel (G) e Tiago Alves e Everson (C)

Cartões vermelhos: –

Público: 38.924

Renda: R$ 1.000.523,00

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)

Auxiliares: Helcio Araujo Neves e Luis Diego Nascimento Lopes (PA)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Condutor de um dos veículos envolvidos, fugiu do local

Ações foram na madrugada desta sexta, dia 19, na região central

Moto bateu em carro que estava parado, e condutor não resistiu aos ferimentos

Brigadiano teve fratura frontal do crânio. Ele está internado na UTI. Fato ocorreu após o Gre-Nal