Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter cede empate ao Corinthians e desperdiça chance de reassumir liderança

Inter cede empate ao Corinthians e desperdiça chance de reassumir liderança.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter esteve na frente do Corinthians, mas cedeu o empate por 1 a 1 na tarde deste domingo na Arena Itaquera e acabou perdendo a oportunidade de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro. Leandro Damião marcou o gol colorado aos 45 do primeiro tempo enquanto Douglas igualou aos 4 da etapa final.

Com o empate, o Inter caiu para o terceiro lugar na tabela do Brasileirão, com 50 pontos, um a menos que o líder São Paulo – e foi ultrapassado pelo Palmeiras, que venceu o Sport. O Colorado volta a campo no próximo domingo, às 16h, quando recebe o Vitória no Beira-Rio. Patrick, suspenso, será desfalque. Victor Cuesta, que cumpriu suspensão diante do Corinthians, voltará a ficar à disposição de Odair Hellmann.

Susto no começo do jogo

A partida começou com um susto para a torcida colorada. Logo no primeiro lance, a zaga – totalmente reserva – do Inter se atrapalhou em uma bola lançada para a área. Klaus não conseguiu cortar no primeiro momento e, depois, Emerson Santos tentou deixar para Marcelo Lomba, mas o corintiano Douglas conseguiu dar um toque por cima do goleiro colorado e quase abriu o placar.

O erro da defesa reserva parece ter deixado nervoso o time colorado, que errou bastante nos primeiros minutos. O Inter não conseguia ter a bola e nem a habitual eficiência defensiva. Em novo erro de marcação, aos 7 minutos, o Corinthians teve sua segunda chance de gol. Dessa vez, Fagner apareceu livre pelo lado direito e chutou no canto para grande defesa de Marcelo Lomba.

O Inter foi ter sua primeira chance em lance fortuito aos 14 minutos. Cássio foi dar o balão e acertou as costas de Leandro Damião, a bola voltou e quase entrou no gol. Apesar de não ter sido uma jogada trabalhada, o lance serviu para recolocar o time gaúcho no jogo.

Gol no final do primeiro tempo

Após esse lance, o Inter foi encaixando seu jogo e conseguiu acertar a marcação. O Corinthians não chegou mais com perigo no primeiro tempo, com Lomba trabalhando apenas em saídas do gol para cortar cruzamentos. Faltava ao time de Odair Hellmann finalizar com perigo. Patrick teve boa chance aos 28 após cobrança de lateral para a área, mas finalizou com o pé direito e mandou longe. Depois, Iago tocou para Nico e o uruguaio não conseguiu o chute na marca do pênalti.

O Inter conseguiu chegar ao gol aos 45 minutos. E em um lance polêmico. Edenilson bateu falta para a área e Leandro Damião apareceu no segundo pau para empurrar a bola para as redes e abrir o placar em Itaquera. O centroavante, porém, estava em impedimento, que não foi visto pela arbitragem.

Corinthians empata no começo do segundo tempo

A vantagem do Inter durou pouco. Contando o tempo corrido foram apenas seis minutos – dois dos acréscimos da primeira etapa e mais quatro no segundo tempo. Aos 4 da etapa final, a defesa colorada marcou mal em escanteio. Na bola batida por Jádson, Romero desviou de cabeça a acertou o travessão. A bola sobrou para Douglas, que, completamente sozinho, só teve o trabalho de empurrar para as redes, 1 a 1.

Com o empate, o jogo voltou a ficar parecido com o primeiro tempo. O Inter recuou sua marcação e deu a posse de bola para o Corinthians na tentativa de aproveitar o espaço para as saídas rápidas. Odair Hellmann ainda mostrou preocupação em ganhar maior poder de marcação atrás e colocou Fabinho no lugar de Zeca na lateral direita aos 12 minutos. Jair Ventura fez sua primeira mudança logo depois com Pedrinho no lugar de Mateus Vidal.

Mudanças nos ataques, mas nada de efetividade

A partida entrou em uma fase em que passou a prevalecer as marcações contra os ataques. Raras foram as chances de gols criadas. Cássio e Lomba apareciam apenas para intervenções. Os dois treinadores voltaram a mexer com o cronômetro já passando dos 30 minutos. Rossi e D’Alessandro entraram nos lugares de Nico López e Pottker no Inter. No Corinthians, o chileno Araos e Emerson Sheik entraram para movimentar o setor ofensivo.

Uma cena curiosa ocorreu no momento da entrada de D’Alessandro, aos 34 minutos. O argentino estava na beira do campo no momento em que Rossi foi derrubado na entra da área. O camisa 10 começou a gritar desesperado para a troca ocorrer antes da falta ser batida. E foi o que aconteceu. D’Ale entrou a tempo de fazer a cobrança, mas acabou pegando mal na bola e acertou a barreira.

O Inter teve uma maior posse de bola e buscou o gol nos minutos finais diante de um Corinthians mais preocupado em manter o empate. Mesmo com volume, o Colorado atacou pouco e não conseguiu o gol que daria a liderança do Brasileirão. A partida terminou mesmo em 1 a 1 e o Inter segue sem vencer em Itaquera.

Brasileirão 2018 – 26ª rodada

Corinthians (1) 

Cássio, Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel e Douglas (Araos); Romero (Emerson Sheik), Jadson, Mateus Vital (Pedrinho) e Clayson. Técnico: Jair Ventura.

Inter (1)

Lomba; Zeca (Fabiano), Klaus, Emerson Santos e Iago; Dourado, Edenilson, Patrick e Nico López (Rossi); Damião e Pottker (D’Alessandro). Técnico: Odair Hellmann.

Gols: Douglas (4min/2T); Leandro Damião (45min/1T)

Cartões amarelos: Dourado, Patrick (INT)

Árbitro: Eduardo Valadão (GO).

Local: Arena Itaquera, em SP.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Homem é apreendido com crack em Teutônia

Próximo a ele, enterrado em um monte de saibro, foram localizadas 21g de cocaína e 221g de maconha

Motoqueiro colidiu na lateral do automóvel na Avenida Benjamin Constant

Apostas podem ser feitas até às 19h

Escolas, creches e postos de saúde permanecerão com expediente normal