Giro do Vale / Estado / Política

Confira quem são os deputados estaduais eleitos no RS

Tenente-coronel do Exército, Luciano Zucco (PSL) é o mais votado.

Com apoio do candidato à presidente Jair Bolsonaro, o Tenente Coronel Zucco (PSL) foi eleito deputado estadual no Rio Grande do Sul como campeão de votos. Ele assumirá sua cadeira na Assembleia Legislativa após receber mais de 165 mil votos.

Luciano Zucco, 44 anos, é membro do Exército e já participou de missões de segurança fora do país. O tenente-coronel, do Comando Militar do Sul – divisão que já foi chefiada pelo general Mourão – recebeu apoio do candidato à vice-presidência na campanha.

A lista de deputados pode mudar, devido ao eventual deferimento de candidaturas que estão com recursos no TSE.

Confira a lista com os 55 deputados que formariam a Assembleia Legislativa.

Silvana Covatti (PP)
Ernani Polo (PP)
Lara (PTB)
Sérgio Turra (PP)
Adolfo Brito (PP)
Kelly Moraes (PTB)
Classmann (PTB)
Dirceu do Busato (PTB)
Elizandro Sabino (PTB)
Professor Issur Koch (PP)
Frederico Antunes (PP)
Gabriel Souza (MDB)
Tiago Simon (MDB)
Edson Brum (MDB)
Costella (MDB)
Fábio Branco (MDB)
Zanchin (MDB)
Gilberto Capoani (MDB)
Sebastião Melo (MDB)
Edegar Pretto (PT)
Valdeci Oliveira (PT)
Jeferson Fernandes (PT)
Mainardi (PT)
Pepe Vargas (PT)
Zé Nunes (PT)
Sofia Cavedon (PT)
Fernando Marroni (PT)
Tenente Coronel Zucco (PSL)
Ruy Irigaray (PSL)
Dr. Thiago (DEM)
Eric Lins (DEM)
Vilmar Lourenço (PSL)
Capitão Macedo (PSL)
Any Ortiz (PPS)
Pedro Pereira (PSDB)
Mateus Wesp (PSDB)
Viana (PSDB)
Zilá Breitenbach (PSDB)
Eduardo Loureiro (PDT)
Juliana Brizola (PDT)
Gerson Burmann (PDT)
Luiz Marenco (PDT)
Gaúcho da Geral (PSD)
Paparico Bacchi (PR)
Airton Lima (PR)
Elton Weber (PSB)
Franciane Bayer (PSB)
Dalciso Oliveira (PSB)
Fábio Ostermann (Novo)
Giuseppe Riesgo (Novo)
Sergio Peres (PRB)
Francis Somensi (PRB)
Luciana Genro (PSOL)
Rodrigo Maroni (Podemos)
Neri O Carteiro (Solidariedade)

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Dois carros incendiaram após a colisão

Porém, o pedido foi negado pela Justiça, mesmo com parecer favorável do Ministério Público (MP)

Previsão é que a Draco comece a operar em maio de 2019, a partir do ingresso de novos servidores na corporação

Ministério da Saúde ampliou prazo para até terça-feira, na tentativa de preencher vagas que faltam