Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio só empata com Bahia na Arena e deixa o G-4

Juninho Capixaba e Jael, de pênalti, anotaram os gols do Tricolor.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Foi no sufoco, mas o Grêmio conseguiu evitar uma derrota que deixaria a briga pelo título do Brasileirão muito complicada. Na noite deste sábado, na Arena, o time de Renato Portaluppi perdia por 2 a 0 para o Bahia até os 38 do segundo tempo. Juninho Capixaba e Jael, de pênalti deixaram tudo igual para os aplausos da torcida gremista que compareceu ao jogo. Apesar do esforço, o resultado acabou tirando o time do G4.

Agora, o Tricolor tem uma semana para se preparar para o confronto contra o líder Palmeiras, domingo, em São Paulo. O time de Luiz Felipe Scolari tem 56 pontos, venceu nesta tarde o São Paulo por 2 a 0. O Grêmio chegou aos 51 pontos com o empate.

Bahia abre o placar cedo, Grêmio pressiona, mas cria pouco

O Grêmio partiu para o ataque após o apito inicial do paranaense Rodolpho Marques. Porém, foi o Bahia que abriu o placar. Aos três minutos, após cobrança de lateral da esquerda de ataque do Bahia, Nilton cabeceou para trás e a bola foi no segundo poste. Élber avançou em velocidade e cabeceou para o fundo das redes de Marcelo Grohe.

Depois de criar duas boas oportunidades com Alisson, mas com o jogador em impedimento e o lance anulado, o Tricolor por pouco não deixou tudo igual aos 16. Luan cobrou falta pela direita de ataque, e Cícero cabeceou próximo ao poste esquerdo de Douglas, mas para fora.

Aos 24, Luan cobrou falta da esquerda de ataque na área, Geromel desviou e Cícero, de cabeça, empurrou para o fundo das redes. Entretanto, o árbitro Rodolpho Marques anulou o lance atendendo marcação do auxiliar. O Tricolor pressionava e sofria poucos contra-ataques dos baianos. Aos 30, Everton arriscou de fora da área, a bola subiu e passou próximo ao travessão de Douglas.

Bahia responde

Oito minutos depois, Ramires avançou pela esquerda, driblou Léo Gomes, foi à linha de fundo e cruzou. Gregore apareceu de carrinho, na frente de Grohe, e não conseguiu tocar na bola. Aos 43, Everton fez jogada pela esquerda de ataque, adiantou a bola para passar pelo marcador e sentiu o posterior da coxa direita. O jogador imediatamente colocou a mão na perna, mas ficou no gramado. Após cobrança de escanteio, o atacante caiu no centro de campo e acabou deixando a partida para a entrada de Marinho.

No vestiário, o Grêmio teve mais uma baixa: Marcelo Grohe. Aos 20 minutos da primeira etapa, o goleiro cobrou um tiro de meta e sentiu dores musculares. Seguiu no jogo, mas acabou saindo no intervalo para a entrada de Paulo Victor.

Bahia amplia e Grêmio busca o empate na raça

O segundo tempo começou bastante nervoso e com o Grêmio pressionando o Bahia. Aos quatro minutos e aos sete, Luan cobrou falta próximo da grande área, pela esquerda de ataque, e, nas duas, Douglas espalmou. Aos 10, Jackson deu carrinho em Juninho Capixaba, recebeu o segundo amarelo no jogo e acabou expulso.

A primeira oportunidade dos visitantes ocorreu aos 19. Cícero tentou passe de peito para Luan na frente da área do Grêmio, mas o atacante perdeu a passada e a bola ficou com Gregore. O jogador do Bahia ajeitou e bateu, mas a bola saiu fraco e Paulo Victor fez a defesa. Um minuto depois, Élber ampliou. Zé Rafael chutou cruzado da esquerda para a direita, Élber, sem marcação, dentro da área, chutou para o fundo das redes. Marinho, próximo à linha de fundo, dava condições para o jogador do Bahia.

Aos 26, Marinho passou pelo marcador dentro da área e bateu, mas a bola saiu alta sobre a meta de Douglas. Um minuto depois, Renato Portaluppi retirou Maicon e colocou André. Grêmio ficava, então com dois centroavantes em campo. Atrás no placar e atuando em casa, o Tricolor aumentou a pressão, mas seguia errando nas finalizações.

Até que, aos 38, Alisson fez excelente lançamento para Juninho Capixaba, que entrava pela esquerda de ataque. O lateral chutou na saída de Douglas e descontou o placar. No lance seguinte, Marinho partiu para dentro da área, caiu dentro da área e o paranaense Rodolpho Marques marcou o pênalti. Aos 42, Jael cobrou a penalidade no canto direito de Douglas, que saltou para o lado esquerdo: 2 a 2.

Empurrado pelos mais de 31 mil torcedores, o Tricolor lutou até o final atrás da vitória, mas não conseguiu a virada. No último lance do jogo, Paulo Victor evitou o terceiro gol do Bahia em uma cobrança de falta de Zé Rafael. O jogador baiano bateu no ângulo esquerdo e o goleiro gremista espalmou. O próximo confronto é contra o líder Palmeiras, no dia 14, às 16h, em São Paulo.

Campeonato Brasileiro – 28ª rodada

Grêmio 2

Marcelo Grohe (Paulo Victor); Léo Gomes, Geromel, Kannemann, Juninho Capixaba; Maicon (André), Cícero; Alisson, Luan, Everton (Marinho); Jael.

Técnico: Renato Portaluppi.

Bahia 2

Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Jackson e Léo; Nilton (Elton), Gregore, Zé Rafael e Ramires (Inácio); Élber e Gilberto (Edigar Junio).

Técnico: Enderson Moreira

Gols: Élber (3min/1ºT e 20min/2ºT) e Juninho Capixaba (39min/2ºT) e Juninho Capixaba (39min/2ºT) e Jael (42min/2ºT)

Cartões amarelos: Gilberto, Jackson, Nino Paraíba e Ramires (B) e Juninho Capixaba e Kannemann (G)

Cartões vermelhos: Jackson (B)

Público: 31.516

Renda: R$ 992.980,00

Árbitro: Rodolpho Marques (Fifa/PR)

Auxiliares: Bruno Boschilia (Fifa) e Victor Hugo dos Santos (Ambos do PR)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Homem é apreendido com crack em Teutônia

Próximo a ele, enterrado em um monte de saibro, foram localizadas 21g de cocaína e 221g de maconha

Motoqueiro colidiu na lateral do automóvel na Avenida Benjamin Constant

Apostas podem ser feitas até às 19h

Escolas, creches e postos de saúde permanecerão com expediente normal