Giro do Vale / Cruzeiro do Sul / Polícia

Polícia investiga possibilidade de morte violenta de caminhoneiro cruzeirense desaparecido

O caminhão dele foi encontrado com as peças trocadas e com manchas de sangue

Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Santa Catarina está investigando o desaparecimento de Ezequiel Fernando Schneider, 41 anos. Desde o último sábado, dia 5, a família não tem mais contato com o caminhoneiro, que é morador de Cruzeiro do Sul.

O caminhão dele foi encontrado com as peças trocadas e com manchas de sangue. Schneider saiu com o veículo de Itumbiara (GO) e tinha Chapecó, no Oeste catarinense, como destino final para a carga. No entanto, a rota foi alterada e o veículo abandonado no pátio de um posto de combustíveis, às margens da BR-282, em Saudades (SC), a cerca de 67 km de Chapecó.

Foto: Reprodução

A família encontrou o veículo por meio do GPS. A carga de cereais não foi roubada e o celular do cruzeirense ainda estava dentro da cabine. A única alteração, segundo a polícia, está nos pneus, que eram novos e foram trocados por velhos. De acordo com o delegado Arthur de Oliveira Lopes, por meio de fotos, foi verificado que o rodado do caminhão havia sido trocado. Além disso, uma quantidade muito grande de sangue foi encontrada no interior do mesmo. Diante isso, o delegado não descartada a possibilidade de ter ocorrido algum crime violento.

A polícia já ouviu testemunhas e parentes de Ezequiel. Nos próximos dias, também deve tomar o depoimento de pessoas que tiveram contato com o caminhoneiro em Goiás. Qualquer informação sobre o caso pode ser repassada para o telefone da Polícia Civil de Pinhalzinho, (49) 99833-8497.

 

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Outro envolvido, foi encaminhado ao hospital com ferimentos graves

Fatalidade ocorreu na Estrada Geral, da localidade de Posses

Estado contabiliza ao menos 178 mortes pelo coronavírus

No Vale do Taquari a temperatura irá variar entre 10ºC e 17C