Giro do Vale / Destaque / Geral / País

Petrobras registra lucro anual pela primeira vez em quatro anos

Companhia fechou 2018 com faturamento líquido de R$ 25,8 bilhões

Foto: Divulgação

A Petrobras divulgou, nesta quarta-feira, balanço anual. O relatório mostrou que a companhia voltou a dar lucro pela primeira vez em quatro anos. O faturamento líquido foi de R$ 25,8 bilhões, o maior desde 2011.

“A empresa registrou dois recordes financeiros: Ebitda (Lucros antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização) ajustado de R$ 114,9 bilhões e, pelo quarto ano consecutivo, fluxo de caixa livre positivo, de R$ 54,6 bilhões”, diz nota da estatal.

Em carta enviada ao mercado, o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, comentou o bom resultado. “A performance da Petrobras, em 2018, foi indiscutivelmente a melhor em muitos anos, o que inclui a obtenção de alguns recordes históricos, envolvendo fluxo de caixa livre e Ebitda ajustado, e a interrupção de quatro anos seguidos de prejuízos”, ponderou.

De acordo com a Petrobras, o resultado reflete fatores como maiores margens nas vendas de derivados no Brasil e nas exportações de petróleo, acompanhando o aumento da cotação do Brent e a valorização do dólar. “Houve, ainda, recuperação de participação de mercado no diesel e queda de despesas gerais e administrativas. Também contribuíram para o resultado a redução de gastos com juros, fruto da queda do endividamento, e a regularização de créditos com a Eletrobras.”

Ainda segundo a nota, a remuneração total aos acionistas relativa ao exercício de 2018 alcançará R$ 7,1 bilhões, considerando as antecipações feitas durante o ano. No ano passado, a Petrobras gerou R$ 151,5 bilhões em tributos municipais, estaduais e federais, além das participações governamentais. Também será paga participação nos resultados para os empregados.

Correio do Povo

Comentários

  1. amonimo disse:

    as custas do trabalhador

Publicidade

Últimas Notícias

Populares disseminaram nas redes sociais informação sobre supostos assassinatos, levando BM, Bombeiros e ambulâncias ao local indicado

Vítima foi morta quando chegava em casa, no bairro Imigrante

Instabilidade deve predominar no RS ao menos até sexta-feira

Tricolor dominou as ações ofensivas, mas não conseguiu transformar em gols