Giro do Vale / Geral / Vale do Taquari

RGE Sul tem dez dias para apresentar plano de ação para o Vale do Taquari

Procon-RS notificou a empresa depois de receber inúmeras reclamações de municípios da região

O secretário de Justiça do Rio Grande do Sul, Catarina Paladini, reforçou a grande representação política que a audiência teve. (Foto: Divulgação)

A RGE Sul, responsável pela distribuição de energia em grande parte dos municípios do Vale do Taquari, tem dez dias para apresentar esclarecimentos ao Procon-RS sobre as medidas que serão adotadas para sanar os problemas que vem ocorrendo na região e também um plano de ação para que o serviço prestado seja eficaz.  A decisão foi tomada em reunião realizada na tarde desta quarta-feira, dia 13, na sede do órgão, em Porto Alegre, a pedido da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat).

A decisão, lida ao final do encontro pela diretora do Procon-RS, Maria Elisabeth Pereira, leva em conta a demora no atendimento, não cumprimento de prazos agendados para o restabelecimento de energia, entre outras situações que foram relatadas pelos representantes dos 20 municípios presentes.  Leva em conta o fato de tratar-se de um serviço que, por sua natureza e essencialidade, deve ser contínuo, havendo falhas no atendimento, e também o que dispõe o Código de Defesa do Consumidor, que estabelece uma prestação de serviço público adequado e eficaz.

O gerente de relações da RGE, Edson Braz, fez a defesa divulgando os valores que a empresa vem investindo no Vale do Taquari.  Também destacou que em cinco anos todos os postes de madeira devem ser substituídos por concreto.  Citou ainda as podas de árvores, que trazem risco à rede, lembrando que é uma medida necessária para não haver risco em áreas próximas às fiações.

Representantes de 20 municípios estiveram presentes. (Foto: Divulgação)

Para o presidente da Amvat e prefeito de Teutônia Jonatan Brönstrup, graças à mobilização regional a concessionária tem prazo para apresentar o plano de ações para a região. “Esta reunião deixa evidente que, quando unimos forças, conseguimos resultados efetivos em nossas demandas. Precisávamos de respostas nesta questão dos problemas de abastecimento da energia elétrica, que estava impactando economicamente em diversos municípios. Agora, contamos novamente a com a união dos demais prefeitos nas demais demandas do Vale do Taquari”, coloca.

Também esteve presente o secretário de Justiça do Rio Grande do Sul, Catarina Paladini, que reforçou a grande representação política que a audiência teve. Os prefeitos do Vale voltam a se reunir nesta sexta-feira, dia 15, às 9h, na sede, em Estrela, na primeira assembleia geral do ano. O encontro terá a presença do deputado federal Lucas Redecker.

AI

Veja mais imagens

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Quina teve 17 acertadores com direito a prêmio superior a R$ 113 mil

Manhã poderá ter formação isolada de neblina, com mínimas de 13°C em Porto Alegre

Ele teria sido arrastado por uma correnteza e não foi mais visto

Entre o material apreendido está um pen drive com conteúdo nazista e pornografia infantil