Giro do Vale / Destaque / Estado / Polícia

Julgamento do Caso Bernardo começa nesta segunda-feira

Julgamento deve durar a semana toda, já que há 18 testemunhas a serem ouvidas

Foto: Reprodução

Os quatro acusados pela morte do menino Bernardo Uglione Boldrini, crime que chocou o Rio Grande do Sul e o Brasil há cerca de cinco anos, começam a ser julgados nesta segunda-feira, dia 11, em Três Passos, no Noroeste do Estado.

O pai da vítima, Leandro Boldrini, a madrasta Graciele Ugulini, e a amiga dela Edelvânia Wirganovicz, além de Evandro Wirganovicz, irmão de Edelvânia, vão a Júri Popular. A previsão é de que o julgamento dure toda a semana, já que há um total de 18 testemunhas para serem ouvidas.

Bernardo Uglione Boldrini foi visto pela última vez no dia 4 de abril de 2014, uma sexta-feira, em Três Passos. Nas investigações, Edelvânia, amiga da madrasta, admitiu o crime e apontou o local onde a criança havia sido enterrada.

A denúncia, apresentada à Justiça em maio do mesmo ano, dá conta que a morte do menino começou por volta do meio-dia e terminou perto das 15h do dia do desaparecimento, em Frederico Westphalen. 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Três veículos se envolveram no acidente na altura do Km 344, próximo ao Guinhos Sansão

A vítima foi espancada, torturada, jogada em um terreno baldio e queimada

Com a colisão, a carreta ficou atravessada na rodovia. O trânsito chegou a ficar interrompido em ambos os sentidos

Uma van do transporte universitário de Boqueirão do Leão, com destino a Lajeado, e uma Saveiro e uma Saveiro se envolveram no acidente