Giro do Vale / Destaque / Estado / Polícia

Julgamento do Caso Bernardo começa nesta segunda-feira

Julgamento deve durar a semana toda, já que há 18 testemunhas a serem ouvidas

Foto: Reprodução

Os quatro acusados pela morte do menino Bernardo Uglione Boldrini, crime que chocou o Rio Grande do Sul e o Brasil há cerca de cinco anos, começam a ser julgados nesta segunda-feira, dia 11, em Três Passos, no Noroeste do Estado.

O pai da vítima, Leandro Boldrini, a madrasta Graciele Ugulini, e a amiga dela Edelvânia Wirganovicz, além de Evandro Wirganovicz, irmão de Edelvânia, vão a Júri Popular. A previsão é de que o julgamento dure toda a semana, já que há um total de 18 testemunhas para serem ouvidas.

Bernardo Uglione Boldrini foi visto pela última vez no dia 4 de abril de 2014, uma sexta-feira, em Três Passos. Nas investigações, Edelvânia, amiga da madrasta, admitiu o crime e apontou o local onde a criança havia sido enterrada.

A denúncia, apresentada à Justiça em maio do mesmo ano, dá conta que a morte do menino começou por volta do meio-dia e terminou perto das 15h do dia do desaparecimento, em Frederico Westphalen. 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Também foram encontradas aproximadamente 20 buchas de crack, bem como dinheiro trocado, característico do tráfico de drogas

Estrutura tem condição de grave e iminente risco à saúde e à integridade física dos 353 trabalhadores

Criminosos, um homem e quatro mulheres, são de Porto Alegre