Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter vence o Caxias com gol de Guerrero e garante vaga na final do Gauchão

Além do peruano, Guilherme Parede marcou o segundo da vitória do Colorado

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

No dia de 50 anos da inauguração do estádio Beira-Rio, Paolo Guerrero fez a sua estreia com a camisa do Inter e marcou um dos gols da vitória, por 2 a 0, sobre o Caxias. Como resultado, o Colorado confirmou a vaga para a final do Gauchão, contra Grêmio ou São Luiz, que se enfrentam no domingo. Apesar de aparecer em poucas oportunidades, o peruano abriu o placar aos 36 minutos do primeiro de cabeça.

O segundo gol foi marcado por Guilherme Parede aos 22 minutos do segundo tempo. Ele, Camilo e Sarrafiore tiveram boas participações durante a partida decisiva da fase semifinal.

O Inter volta aos treinos no domingo, às 10h30min. Na ocasião, os jogadores do time principal farão o antepenúltimo trabalho antes de enfrentar o Palestino, na terça-feira, às 21h30min, no estádio Beira-Rio, pela quarta rodada da Libertadores. O primeiro jogo da final do Gauchão deve ocorrer no dia 14, mas ainda depende da definição da emissora que transmite pela televisão o campeonato.

Guerrero aparece pouco, mas marca gol de cabeça

Os comandados de Odair Hellmann iniciaram a partida pressionando o Caxias em seu campo defensivo. Aos dois minutos, Sarrafiore deu excelente passe para Guilherme Parede dentro da área e o atacante chutou para o fundo das redes, mas o auxiliar anulou o lance por impedimento. Um minuto depois, o argentino lançou Guerrero, em seu primeiro lance com a camisa do Inter, entre dos zagueiros do Caxias, mas a bola bateu na cabeça do peruano e a defesa afastou.

Parede aproveitou uma bola mal afastada pelo goleiro Luis Cetin, aos nove, ajeitou e bateu da intermediária. A esférica desviou em um marcador e caiu próximo ao travessão da meta caxiense. O Colorado seguiu comandando as ações ofensivas, em especial, pelas laterais do gramado, e voltou a criar importante oportunidade aos 21.

Sarrafiore passou para Parede, que devolveu de calcanhar, próximo a grande área, e o argentino chutou forte a meia altura. Cetin espalmou para o lado e evitou a abertura do placar. Visivelmente fora de ritmo de jogo, Guerrero se movimentava bem, mas aparecia em poucas oportunidades. Aos 31, Camilo arriscou de fora da área e o goleiro do Caxias espalmou para o lado direto pela linha de fundo.

No escanteio, o meia cobrou da esquerda de ataque em direção a marca do pênalti. Guerrero observou a bola passando por cima do marcador e, em cima da linha da pequena área, desviou com o pé direito a esférica, que foi na direção da meta do Caxias. Em cima da linha, Eduardo salvou com a barriga e afastou com o chute.

Quatro minutos depois, aos 36, o estreante abriu o placar de cabeça. Camilo cobrou escanteio da direita, Guerrero saltou mais alto que os marcadores, próximo à marca do pênalti, e cabeceou no canto direito de Cetin. Inter 1 a 0 Caxias.

Ao deixar o gramado para o intervalo, o peruano falou sobre os primeiros 45 minutos, com gol, no retorno aos gramados. “Quero agradecer ao Inter, a torcida, ao corpo técnico, aos funcionários e aos jogadores pelo acolhimento. Só quero focar em jogar, que é a minha vida”, disse Guerrero na saída do gramado”, disse Guerrero.

Aplausos para Guerrero e Parede amplia

O segundo tempo começou com o Caxias levando perigo a meta do Inter. Bruno Alves aparou cruzamento da esquerda de ataque de Balbino e bateu cruzado. A bola quicou dentro da área e passou próximo ao poste direito de Marcelo Lomba. Três minutos depois, o Colorado reagiu.

Parede recebeu bola na intermediária ofensiva passou por trás da zaga, bateu cruzado de direita e Cetin fez a defesa. Aos 8, Uendel fez grande jogada pela esquerda de ataque e cruzou. Com o goleiro batido, Sarrafiore chutou de primeira e a bola acertou o poste esquerdo da equipe grená.

A primeira participação de Guerrero com a camisa colorada terminou aos 16 minutos do segundo tempo com muitos aplausos dos torcedores presentes no Beira-Rio. Jonatan Álvez substituiu o centroavante. Conforme planejamento exposto pelo preparador físico Cristiano Nunes, o peruano esteve em campo durante 60 minutos e foi retirado para ser opção na terça-feira.

O segundo gol do Inter surgiu com um belo lançamento de Marcelo Lomba para Guilherme Parede. O atacante, com um jogo de corpo, tirou Foguinho da jogada, avançou todo o gramado ofensivo, invadiu a área e chutou no canto inferior direito de Cetin. Inter 2 a 0.

Aos 36, Neilton roubou a bola de Eliomar e lançou Jonatan Álvez. O uruguaio driblou Luís Cetin e, sem ângulo, bateu, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora. O Caxias reagiu aos 41 quando Léo Jaime acertou voleio dentro da área e a bola passou próximo ao travessão de Lomba. Dois minutos depois, Rithely errou dentro da área, a bola sobrou para Foguinho, que chutou forte no canto inferior esquerdo de Lomba, que saltou e espalmou para a linha de fundo.

Gauchão 2019 – Semifinal

Inter 2
Marcelo Lomba; Zeca, Emerson Santos, Roberto e Uendel; Rithely, Nonato (Rodrigo Lindoso), Camilo, Sarrafiore (Neilton) e Guilherme Parede; Guerrero (Jonatan Álvez). Técnico: Odair Hellmann

Caxias 0
Luís Cetin; Eduardo Diniz, Junior Alves, Thiago Sales e Samuel Balbino; Juliano, Foguinho, Caio Cézar (Léo Jaime) e Eliomar; Bruno Alves e Júnior Juazeiro. Técnico: Pingo

Gols: Guerrero (36min/1ºT) e Guilherme Parede (22min/2ºT)
Cartões amarelos: Foguinho, Eduardo e juliano (C) e Emerson Santos (I)
Cartões vermelhos: 

Árbitro: Jean Pierre de Lima
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.
Público: 32.067
Renda: R$ 1.103.490

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Distribuição para os Estados, começa neste sábado, dia 23

Há possibilidade de ocorrer pancadas de chuva no final do dia em várias regiões

A Polícia Civil abriu inquérito por crime de maus tratos após denúncia de ONG e pedido do MTG