Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Morre Valdir Espinosa aos 72 anos

Campeão do Mundo e da Libertadores com o Grêmio em 1983, treinador estava internado em hospital no Rio de Janeiro

Foto: Divulgação

O técnico Valdir Espinosa morreu aos 72 anos, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira. Ele havia sido internado para uma cirurgia na região do abdômen, e não conseguiu se recuperar. Treinador campeão da Libertadores e do Mundo com o Grêmio em 1983, ele estava trabalhando como coordenador técnico do Botafogo, até se licenciar por problemas de saúde.  

Espinosa teve uma longa e vitoriosa história ligada ao Grêmio. Foi lateral direito do Tricolor entre 1970 e 1973, depois passou pelo CSA, Esportivo, de Bento Gonçalves e Vitória. Ao sair do clube baiano, em 1979, assumiu como técnico do Esportivo. Antes de voltar ao Grêmio no comando técnico, passou pelo Ceará e Londrina.

Em 1982, chegou ao Tricolor gaúcho e participou da montagem de um dos maiores times da história do clube. No ano seguinte, conquistou a Copa Libertadores da América e a Copa Intercontinental. Em 1984, partiu para a primeira experiência no exterior e treinou o Al-Hilal, Arábia Saudita. Dois anos depois, voltou ao Grêmio e conquistou o Campeonato Gaúcho.

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Crédito cairá na conta indicada na declaração do IR 2020

Base de cálculo para o exercício de 2021 vai ser publicada até 30 de novembro

Fim de semana pode ter muito granizo pelo Estado

Cartão vermelho de Leandro Fernández comprometeu atuação da equipe de Eduardo Coudet, que ficou no 0 a 0 na Colômbia