Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Morre Valdir Espinosa aos 72 anos

Campeão do Mundo e da Libertadores com o Grêmio em 1983, treinador estava internado em hospital no Rio de Janeiro

Foto: Divulgação

O técnico Valdir Espinosa morreu aos 72 anos, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira. Ele havia sido internado para uma cirurgia na região do abdômen, e não conseguiu se recuperar. Treinador campeão da Libertadores e do Mundo com o Grêmio em 1983, ele estava trabalhando como coordenador técnico do Botafogo, até se licenciar por problemas de saúde.  

Espinosa teve uma longa e vitoriosa história ligada ao Grêmio. Foi lateral direito do Tricolor entre 1970 e 1973, depois passou pelo CSA, Esportivo, de Bento Gonçalves e Vitória. Ao sair do clube baiano, em 1979, assumiu como técnico do Esportivo. Antes de voltar ao Grêmio no comando técnico, passou pelo Ceará e Londrina.

Em 1982, chegou ao Tricolor gaúcho e participou da montagem de um dos maiores times da história do clube. No ano seguinte, conquistou a Copa Libertadores da América e a Copa Intercontinental. Em 1984, partiu para a primeira experiência no exterior e treinou o Al-Hilal, Arábia Saudita. Dois anos depois, voltou ao Grêmio e conquistou o Campeonato Gaúcho.

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Unidades da JBS e BRF foram alvo da decisão por contaminações da Covid-19

Fenômeno deve atingir o Estado na terça-feira

Instabilidade ocorre desde cedo no Oeste, Sul e Centro do Estado e alcança as demais regiões no decorrer do dia

Conforme a Caixa, 75 apostas ganharam R$ 36,9 mil na quina neste sábado