Giro do Vale / Destaque / Lajeado / Polícia

Quarto homicídio é registrado em três dias, em Lajeado

Provável carro utilizado no crime foi encontrado incendiado

Foto: Divulgação

Mais um homicídio foi registrado no final da madrugada desta segunda-feira, dia 3, no Bairro Santo Antônio, em Lajeado. No final de semana já haviam ocorrido outras duas execuções no mesmo Bairro e mais um no Bairro Conservas.

Por volta das 4h25 desta segunda-feira uma quadrilha, a bordo de um automóvel Fluence de cor preta, teria chegado na casa da vítima, na Rua Ibiaçú, e desferindo diversos disparos de arma de fogo contra do homem, de 35 anos, identificado como Josué da Silva Gonçalves. Os tiros teriam partido de uma pistola e de uma espingarda calibre 12. A vítima morreu no local.

No início da manhã um automóvel suspeito de ter sido o utilizado na ação criminosa foi encontrado, incendiado, em meio a uma lavoura, no Bairro Floresta, também em Lajeado.

Outros três casos

O primeiro se passou por volta das 3h30 de sábado, dia 1º, quando uma mulher foi morta a tiros, no Santo Antônio. Marciana Vedoy (36), estava na casa de amigos quando o crime aconteceu. Um homem armado invadiu a residência. O suspeito disparou contra a vítima, que tentou fugir, mas foi alvejada no banheiro da casa.

A segunda situação ocorreu em via pública por volta das 20h50 de sábado, no Bairro Conservas. O homem estava caminhando na rua quando foi atingido por disparos de arma de fogo na cabeça. A vítima foi identificada como Andrei Max de Oliveira Freitas (24). O homem, que é natural de São Gabriel, estava morando em Lajeado.

O terceiro crime se passou por volta das 9h do último domingo, dia 2, no Bairro Santo Antônio. Alex Paulo Rode (37), foi morto com disparos de arma de fogo na Rua São Leopoldo. Uma vizinha relatou à Brigada Militar que ouviu cinco tiros.

Todos os casos estão sendo investigados pela Polícia Civil.

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Prefeitos, secretários e assessores de cidades atingidas estiveram reunidos nesta manhã

Bombeiros não conseguiram chegar ao local em função da cheia do Rio Taquari

Treinos com contato físico voltam na próxima segunda

Até o momento, mais de 5,3 milhões de trabalhadores já se cadastraram nessa modalidade