Giro do Vale / Destaque / Lajeado / Saúde

Lajeado anuncia fechamento do comércio e indústria de sexta a domingo

Decreto regulamentando a medida deve ser publicado nesta quarta-feira, dia 29

Foto: Divulgação

O Prefeito de Lajeado Marcelo Caumo anunciou na tarde desta terça-feira, dia 28, novas medidas restritivas para o combate ao coronavírus, na tentativa de controlar o avanço do número de pessoas infectadas pelo covid-19 no município.

O novo decreto que será publicado nesta quarta-feira, dia 29, determinará o fechamento de todos os estabelecimentos, com exceção daqueles considerados serviços essenciais. A medida passará a valer de sexta-feira, dia 1º, até domingo, dia 3.

Comércio, frigoríficos e lojas de conveniência, que haviam sido liberadas, não poderão abrir nesses dias. Permanecem com atendimento supermercados, farmácias e postos de combustíveis.

Serão apertadas as medidas que restringirão, também, as saídas dos idosos que, segundo o prefeito, representam 50% da utilização dos leitos de UTI. 

 Vagas

 O prefeito ainda destacou que o município está buscando a ampliação da oferta de leitos de UTI. No plano inicial estavam disponíveis 13 leitos, mas esses já estão ocupados, e assim o chefe do Executivo não descarta que pacientes tenham que ser transferidos para outras cidades para receberem o atendimento necessário.

Caumo também falou que o município está aumentando o número de quartos de internação a serem oferecidos, que eram 34 no segundo plano, e caso necessário há a estrutura da Univates.

Novos casos na Região

Lajeado teve nesta terça-feira a confirmação de mais sete casos positivos para covid-19, chegando assim a 63 casos positivos, sendo 40 já recuperados, e três óbitos. O Vale do Taquari ainda contabilizou mais cinco casos positivos em Arroio do Meio, que chega agora a 11 casos no total. Colinas também teve mais um caso confirmado, e agora soma dois pacientes positivados.

Giro do Vale

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

São 3,5 milhões nascidos em novembro com direito ao depósito da 1ª à 5ª parcela de R$ 600 e da extra de R$ 300, além do grupo do Bolsa Família

Frente fria empurra massa de ar frio que deve provocar queda na temperatura no Estado

Com mudança de ponto facultativo, unidades não abrem na sexta-feira

Serão beneficiados 3,6 milhões nascidos em outubro, além do grupo do Bolsa Família, com final 8 do NIS, que recebe a parcela extra de R$ 300