Giro do Vale / Destaque / Lajeado / Saúde

Lajeado anuncia fechamento do comércio e indústria de sexta a domingo

Decreto regulamentando a medida deve ser publicado nesta quarta-feira, dia 29

Foto: Divulgação

O Prefeito de Lajeado Marcelo Caumo anunciou na tarde desta terça-feira, dia 28, novas medidas restritivas para o combate ao coronavírus, na tentativa de controlar o avanço do número de pessoas infectadas pelo covid-19 no município.

O novo decreto que será publicado nesta quarta-feira, dia 29, determinará o fechamento de todos os estabelecimentos, com exceção daqueles considerados serviços essenciais. A medida passará a valer de sexta-feira, dia 1º, até domingo, dia 3.

Comércio, frigoríficos e lojas de conveniência, que haviam sido liberadas, não poderão abrir nesses dias. Permanecem com atendimento supermercados, farmácias e postos de combustíveis.

Serão apertadas as medidas que restringirão, também, as saídas dos idosos que, segundo o prefeito, representam 50% da utilização dos leitos de UTI. 

 Vagas

 O prefeito ainda destacou que o município está buscando a ampliação da oferta de leitos de UTI. No plano inicial estavam disponíveis 13 leitos, mas esses já estão ocupados, e assim o chefe do Executivo não descarta que pacientes tenham que ser transferidos para outras cidades para receberem o atendimento necessário.

Caumo também falou que o município está aumentando o número de quartos de internação a serem oferecidos, que eram 34 no segundo plano, e caso necessário há a estrutura da Univates.

Novos casos na Região

Lajeado teve nesta terça-feira a confirmação de mais sete casos positivos para covid-19, chegando assim a 63 casos positivos, sendo 40 já recuperados, e três óbitos. O Vale do Taquari ainda contabilizou mais cinco casos positivos em Arroio do Meio, que chega agora a 11 casos no total. Colinas também teve mais um caso confirmado, e agora soma dois pacientes positivados.

Giro do Vale

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Prefeitos, secretários e assessores de cidades atingidas estiveram reunidos nesta manhã

Bombeiros não conseguiram chegar ao local em função da cheia do Rio Taquari

Treinos com contato físico voltam na próxima segunda

Até o momento, mais de 5,3 milhões de trabalhadores já se cadastraram nessa modalidade