Giro do Vale / Geral

Bolsonaro sanciona lei que confirma salário-mínimo em R$ 1.045

Valor era de R$ 1.039 em janeiro deste ano

Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta sexta-feira a lei que confirma o salário-mínimo em R$ 1.045 a partir de fevereiro de 2020. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), assinada por Bolsonaro e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo o texto, o mínimo passa a ser de R$ 34,83 por dia e R$ 4,75 por hora. O valor era de R$ 1.039 em janeiro deste ano. 

O Senado Federal aprovou em 27 de maio, por unanimidade, a Medida Provisória (MP) que fixou o valor do salário mínimo em R$ 1.045, que já tinha sido aprovada pela Câmara dos Deputados. 

Estimativas divulgadas pelo governo apontam que cada R$ 1 a mais no salário mínimo resulta em um aumento de R$ 355,5 milhões nas despesas públicas. Ao todo, o reajuste do salário mínimo de R$ 1.039 para R$ 1.045 terá impacto de R$ 2,13 bilhões para o governo neste ano.

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Ao todo, R$ 428,2 serão disponibilizados para beneficiários do programa com final 6 do Número de Identificação Social (NIS)

Máximas devem ficar na casa dos 30°C em boa parte do Estado

Pepê marcou o único gol na vitória do Tricolor, que agora divide com o rival a liderança do grupo E da competição

Com ele foi encontrada quantidade de crack, cocaína, maconha, e dinheiro