Giro do Vale / Destaque / Lajeado / Polícia

Em nota, PRF diz que homem tentou matar a irmã e atentou contra policiais antes de ser baleado e morto

Versão da PRF diz que homem já teria ido na casa de sua irmã para atentar contra a mesma

Foto: Artur Dullius / Grupo Independente

A Polícia Rodoviária Federal divulgou uma nota trazendo sua versão dos fatos sobre a participação de seus agentes em uma ação que terminou com a morte de um homem na tarde da terça-feira, dia 2, em Lajeado, no Bairro Bom Pastor.

A nota traz uma versão diferente das informações iniciais, que davam conta de que o homem estaria indo para a casa de sua irmã atentar contra a mesma. Segundo o informativo da PRF, ele já teria ido até a residência dela.

Confira a nota da PRF na integra

“Por volta das 14h de terça-feira (02), a Polícia Rodoviária Federal foi chamada para atender uma ocorrência de uma denúncia sobre um homem que tinha tentado matar a própria irmã e estava fugindo em direção à rodovia federal em Lajeado.

Os agentes então se deslocaram até o local informado na BR-386 e encontraram o indivíduo denunciado dirigindo um trator e portando dois facões. Ordenaram que o homem parasse e descesse do veículo sem as armas, que resistiu e fugiu por uma via paralela.

Na sequência, o indivíduo investiu com um facão contra um dos agentes, que conseguiu desarmá-lo. Contudo, o homem sacou o outro facão e novamente atacou o policial, que precisou disparar com sua arma de fogo para cessar a agressão.

Os policiais acionaram imediatamente a equipe médica da concessionária da rodovia, que compareceu ao local para prestar socorro. O homem, que tem 44 anos e possui antecedentes policiais por ameaça e violência doméstica contra mulher, veio a óbito no local.

A perícia foi realizada no local e a ocorrência está sendo registrada na polícia judiciária de Santa Cruz do Sul.”

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Mapa preliminar aponta 75% do RS em bandeira vermelha

De acordo com a MetSul Meteorologia, deve chover mais nas áreas afetadas pelas enchentes, como os Vales e a Grande Porto Alegre

Prefeitos, secretários e assessores de cidades atingidas estiveram reunidos nesta manhã

Bombeiros não conseguiram chegar ao local em função da cheia do Rio Taquari