Giro do Vale / Geral

Municípios da Amvat atingidos pela enchente recebem mais de R$ 27 milhões do Ministério da Saúde

Valores devem custear despesas com medicação, testes rápidos, internações, entre outras

Nos dias 21 e 22 de julho, comitiva de prefeitos da região esteve em Brasília e teve audiência com equipe do Ministério da Saúde. (Foto: Divulgação)

Os 11 municípios da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat) que foram mais atingidos pela enchente do início do mês de julho, receberam o valor integral da Portaria 1666/20 do Ministério da Saúde – Custeio Covid-19. No total, foram liberados mais de 27 milhões para as 11 cidades da região, além de Santa Teresa, cidade que pertence à Associação dos Municípios da Encosta Superior Nordeste (Amesne), mas também sofreu grandes prejuízos com a inundação. A liberação foi intermediada pelo gabinete do senador Luiz Carlos Heinze (Progressistas).

Conforme o presidente da Amvat e prefeito de Imigrante, Celso Kaplan, os valores foram liberados por etapas. Na sexta-feira, dia 21, foram pagos os recursos que ainda faltavam para completar o recurso para Lajeado, Estrela e Encantado. Lajeado foi o município que recebeu a maior parcela, com um total de R$ 15.542.227,00. “Esta é uma ajuda muito importante, pois já enfrentávamos a questão da pandemia e ainda fomos atingidos por uma das piores enchentes da história da nossa região”, observa Kaplan.

No dia 8 de julho, a cheia do rio Taquari superou o nível histórico de 27,39 metros e deixou mais de 6,5 mil famílias desabrigadas na região, principalmente em 11 municípios mais atingidos, provocando a necessidade inevitável de aglomeração em abrigos públicos, além da exposição ao frio. A busca de recursos se deu para custear despesas como para aquisição de suprimentos, insumos e produtos hospitalares, medicação, testes rápidos, equipamentos de proteção individual e internações clínicas, já que, especialmente as aglomerações em abrigos, poderiam facilitar a proliferação de doenças respiratórias e a contaminação do novo coronavírus.

Nos dias 21 e 22 de julho, uma comitiva de 10 prefeitos da região, além de representantes da cidade de Santa Teresa, estiveram em Brasília buscando recursos para o enfrentamento da pandemia e para os prejuízos provocados pela enchente. Os chefes do Executivo tiveram reuniões com ministros e agendas em diversos gabinetes, acompanhados por assessores do senador Luiz Carlos Heinze.

Valores recebidos pelos municípios:

Arroio do Meio – R$ 1.274.333,00
Bom Retiro do Sul – R$ 355.052,00
Colinas – R$ 151.373,00
Cruzeiro do Sul – R$ 823.720,00
Encantado – R$ 2.617.055,00
Estrela – R$ 3.691.188,00
Imigrante – R$ 197.443,00
Lajeado – R$ 15.542.227,00
Muçum – R$ 599.514,00
Roca Sales – R$ 280.204,00
Taquari – R$ 1.475.711,00

O Informativo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Outras 29 pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para atendimento hospitalar

Mergulhadores trabalham para desobstruir a câmara de captação de água junto ao Rio Taquari

Vítima caiu de uma altura de aproximadamente 7 metros

Família conseguiu sair e pegar poucos pertences antes do fogo tomar conta do local