Giro do Vale / Destaque / Geral

Governo prepara regras para liberação de eventos de maior porte no Rio Grande do Sul

Autorização, porém, está ligada ao retorno de aulas presenciais em cidades que estão nas regiões de bandeiras laranja e amarela

Fotos: Felipe Dalla Valle/ Palácio Piratini

O governo do Rio Grande do Sul planeja dar, na próxima semana, mais um passo no sentido de liberação de atividades de maior porte em meio à pandemia do novo coronavírus. De acordo com a administração de Eduardo Leite, novas regras para atividades culturais, feiras e shows estão sendo elaboradas. A autorização destes eventos, porém, só irá ocorrer para cidades que estão em regiões com bandeira laranja ou amarela há pelo menos duas semanas. O governador, no entanto, alertou que a liberação, além de estar relacionada às bandeiras laranja e amarela do Distanciamento Controlado, tem ligação com o retorno das aulas presenciais. 

“É importante também a gente salientar que tem uma ordem de prioridade nas liberações. Nós vamos fazer esta liberação para os municípios onde a educação já estiver retornando, porque não faz sentido haver autorização de eventos antes de ocorrerem as aulas. Vamos priorizar o ensino, priorizar a aprendizagem das nossas crianças e jovens antes de proceder para outras atividades”, disse Leite. 

Agosto com estabilidade 

Conforme o governo do Estado, a decisão de elaborar um novo ordenamento para a realização de eventos de maior porte foi possível a partir da redução de hospitalizações e de óbitos causados pela Covid-19 em todas as regiões. Nas últimas duas semanas, novos registros por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) que resultaram em diagnóstico confirmado de Covid-19 caíram 25%, de 1.016 para 793. Além disso, entre as duas últimas quintas-feiras, o número de óbitos causados pela doença reduziu 19%, de 338 para 273.

“O RS começou a observar, em agosto, estabilidade na demanda de leitos de UTI para pacientes confirmados de coronavírus. Em setembro, vimos uma redução da demanda por internações em leitos de UTI e clínicos e no número de óbitos. Há, portanto, uma clara redução na incidência da doença no Estado. Por isso, temos dado, passo a passo, algumas condições para o retorno de algo próximo à normalidade como conhecíamos”, destacou Eduardo Leite.

No começo desta semana, o Gabinete de Crise deu aval para a realização de quatro eventos de grande porte: Festival Internacional de Turismo (Festuris), a Feira de Calçados e Acessórios Zero Grau e o Natal Luz, todos em Gramado, e a Feira de Inovação Industrial (Mercopar), em Caxias do Sul. Com exceção do Natal Luz, os demais eventos ocorrem no mês de novembro.Playvolume00:00/01:17TruvidfullScreen

A autorização para a realização dos eventos foi publicada na segunda edição do Diário Oficial do Estado (DOE) de segunda-feira (28/9) e ocorrerá mediante envio de protocolos próprios.

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

São 3,5 milhões nascidos em novembro com direito ao depósito da 1ª à 5ª parcela de R$ 600 e da extra de R$ 300, além do grupo do Bolsa Família

Frente fria empurra massa de ar frio que deve provocar queda na temperatura no Estado

Com mudança de ponto facultativo, unidades não abrem na sexta-feira

Serão beneficiados 3,6 milhões nascidos em outubro, além do grupo do Bolsa Família, com final 8 do NIS, que recebe a parcela extra de R$ 300